Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Polícia italiana detém mais de 30 supostos mafiosos calabreses


Da AFP

30/08/2007 | 09:45


Mais de 30 supostos membros de clãs do crime organizado na Calábria, três deles encontrados em um esconderijo, foram detidos na quinta-feira nessa região do sul da Itália, durante uma investigação sobre uma chacina na Alemanha, informou o coronel Antonio Fiano.

Entre os detidos estão cinco mulheres, assim como três homens que estavam em um esconderijo e cujos nomes figuram entre os 40 que tiveram suas detenções ordenadas pela Promotoria de Reggio de Calabria, informou o coronel. Cerca de 350 "carabinieri" tentam cumprir essa ordem, informou a fonte.

A operação é parte da investigação da chacina de seis pessoas em Duisburg (oeste da Alemanha), atribuída a uma vingança entre famílias mafiosas, segundo a imprensa italiana.

Na lista de procurados estão dois irmãos de duas das vítimas na Alemanha e um dos chefes dos clãs envolvidos na 'vendetta de San Luca', cidade da qual são originários os dois clãs da máfia da Calábria, a 'Ndrangheta, que travam uma guerra de vinganças sanguinárias desde 1991. 

Esta é a primeira grande operação contra as famílias mafiosas da Calábria depois dessa matança que a Polícia italiana atribui a uma nova represália da 'vendetta de San Luca'.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia italiana detém mais de 30 supostos mafiosos calabreses

Da AFP

30/08/2007 | 09:45


Mais de 30 supostos membros de clãs do crime organizado na Calábria, três deles encontrados em um esconderijo, foram detidos na quinta-feira nessa região do sul da Itália, durante uma investigação sobre uma chacina na Alemanha, informou o coronel Antonio Fiano.

Entre os detidos estão cinco mulheres, assim como três homens que estavam em um esconderijo e cujos nomes figuram entre os 40 que tiveram suas detenções ordenadas pela Promotoria de Reggio de Calabria, informou o coronel. Cerca de 350 "carabinieri" tentam cumprir essa ordem, informou a fonte.

A operação é parte da investigação da chacina de seis pessoas em Duisburg (oeste da Alemanha), atribuída a uma vingança entre famílias mafiosas, segundo a imprensa italiana.

Na lista de procurados estão dois irmãos de duas das vítimas na Alemanha e um dos chefes dos clãs envolvidos na 'vendetta de San Luca', cidade da qual são originários os dois clãs da máfia da Calábria, a 'Ndrangheta, que travam uma guerra de vinganças sanguinárias desde 1991. 

Esta é a primeira grande operação contra as famílias mafiosas da Calábria depois dessa matança que a Polícia italiana atribui a uma nova represália da 'vendetta de San Luca'.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;