Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Megaliquidações de inverno invadem o comércio regional


Hugo Cilo
Do Diário do Grande ABC

20/07/2005 | 08:28


Promoções e liquidações tomaram conta do comércio da região na primeira quinzena de julho, e mantiveram em alta as vendas em diversos setores do varejo. De pequenas lojas de rua a grandes redes de hipermercados, o receio de encalhe de mercadorias - em razão do atraso da chegada do frio - estimula ações promocionais. Os descontos variam entre 5% - caso de artigos como livros, CDs e eletroeletrônicos - e 60%, no setor de vestuário.

A combinação estoque excessivo e crédito farto é o principal argumento de lojistas para liquidar roupas de frio, por exemplo, em pleno meio de inverno. "Já estávamos conscientes há dois meses de que as vendas seriam ruins, mas ficaram abaixo das previsões mais pessimistas. Tivemos de oferecer descontos de 50% em praticamente todas as linhas para não perder", afirmou Joo Ranya, proprietária da Modas Ópera, no calçadão da Oliveira Lima, em Santo André.

Lojistas afirmam que o corte antecipado dos preços se inspira na experiência de fracasso de anos anteriores, causado por invernos semelhantes ao deste ano, mais curtos que o esperado.

"Precisamos com urgência desovar os produtos da coleção outono-inverno para começar a receber a linha primavera-verão. Embora tenhamos reduzido o estoque em 20%, em relação ao inverno do ano passado, baseado em invernos ruins anteriores, as vendas estão muito abaixo das expectativas", disse Regina de Freitas, vendedora da Wrangler, de shopping de Santo André.

Segundo ela, os preços dos principais artigos da loja estão até 30% menores que em julho de 2004 - caso de camisas, calças jeans e blusas de moletom -, além do desconto médio de 5% para clientes que possuem o Cartão Fidelidade do shopping. "Não podemos baixar mais os preços. Estão realmente para vender", completou Regina.

Na Far-Way Confecções, de Santo André, toda a linha de frio está em liquidação. As roupas que tiveram maior redução nos preços foram os moletons infantis. "Os conjuntos que custavam de R$ 30 a R$ 40, no ano passado, estão agora por R$ 10 a R$ 12. Apesar da visível melhora nas vendas, o volume está longe do ideal. Tivemos de reduzir as margens de lucro e comprar marcas mais baratas para garantir que não haverá encalhes", garantiu a gerente Francisca Rodrigues.

De olho num possível encalhe generalizado no comércio, a Alshop (Associação dos Lojistas de Shoppings) preparou megaliquidação conjunta entre pelo menos 22 shoppings associados à entidade na Grande São Paulo, dos dias 4 a 7 de agosto. No entanto, o presidente da entidade, Nabil Sahyoun, reconhece que o sucesso da promoção pode ser comprometido pela liquidação antecipada de muitas lojas, motivadas pelo estoque até 25% acima do mesmo período de 2004.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;