Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Dupla 100% 'empurra' o Ramalhão em todos os duelos do Paulistão

Jogadores Esquerdinha e Renato chegam a 22 jogos domingo; andreenses voltam a campo às 16h, pelo Campeonato Paulista


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

28/04/2010 | 07:00


"Santo André da minha fé!". Esse verso do hino do Ramalhão ilustra perfeitamente o sentimento de dois torcedores que seguiram o Ramalhão por todo o Estado durante o Paulistão e agora preparam-se para a segunda partida decisiva, contra o Santos, domingo, no Pacaembu. O guerreiro Renato Ramos e o emblemático Esquerdinha se orgulham por terem presenciado os 22 jogos do time no torneio e prometem ver de perto no domingo, quando a expectativa é assistir a equipe levantar a taça.

"Mais do que presentes, estamos representando todos os torcedores, coisa que nenhuma outra torcida do Grande ABC nunca fez. Mantemos essa regularidade e queremos completar também todos os jogos da Série B", disse Ramos, que preside a Fúria Andreense. "É uma vitória para nós, uma satisfação", emendou Esquerdinha.

Com o rebaixamento à Segunda Divisão Nacional no fim de 2009, os torcedores contam que iniciaram o Paulistão com o pé atrás. "A gente não acreditava muito, achava que ia brigar para não cair. Mas o Sérgio Soares montou um esquema que deu certo, a diretoria trouxe jogadores que se dedicaram e hoje sentimos um time unido, o que não existia no ano passado", afirmou Esquerdinha, que é fã do "pulmão e raçudo" Gil. Renato Ramos, por sua vez, prefere Bruno César e Rodriguinho. "Eles deram a volta por cima, mas todos estão de parabéns."

As semifinais contra o Grêmio Prudente foram, para ambos, os jogos mais marcantes do campeonato. "Aquela vitória em Presidente Prudente (2 a 1) relembrou o jogo contra o XV de Campo Bom (jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, quando o Ramalhão foi ao Sul e bateu o adversário, indo à final)", disse Esquerdinha. "E o segundo jogo aqui, apesar da derrota (2 a 1), foi muito bonito ver o Brunão novamente cheio depois de tanto tempo", emendou Ramos.

Para domingo, ambos acreditam no título andreense. "Será 2 a 0", prevê Renato Ramos. "Sonhei com quem vai fazer o gol do título e prometo fazer alguma coisa. Só não vou a pé a Juazeiro (do Norte, no Ceará, local da estreia do Ramalhão na Série B, contra o Icasa, dia 8), porque não vou chegar a tempo", concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dupla 100% 'empurra' o Ramalhão em todos os duelos do Paulistão

Jogadores Esquerdinha e Renato chegam a 22 jogos domingo; andreenses voltam a campo às 16h, pelo Campeonato Paulista

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

28/04/2010 | 07:00


"Santo André da minha fé!". Esse verso do hino do Ramalhão ilustra perfeitamente o sentimento de dois torcedores que seguiram o Ramalhão por todo o Estado durante o Paulistão e agora preparam-se para a segunda partida decisiva, contra o Santos, domingo, no Pacaembu. O guerreiro Renato Ramos e o emblemático Esquerdinha se orgulham por terem presenciado os 22 jogos do time no torneio e prometem ver de perto no domingo, quando a expectativa é assistir a equipe levantar a taça.

"Mais do que presentes, estamos representando todos os torcedores, coisa que nenhuma outra torcida do Grande ABC nunca fez. Mantemos essa regularidade e queremos completar também todos os jogos da Série B", disse Ramos, que preside a Fúria Andreense. "É uma vitória para nós, uma satisfação", emendou Esquerdinha.

Com o rebaixamento à Segunda Divisão Nacional no fim de 2009, os torcedores contam que iniciaram o Paulistão com o pé atrás. "A gente não acreditava muito, achava que ia brigar para não cair. Mas o Sérgio Soares montou um esquema que deu certo, a diretoria trouxe jogadores que se dedicaram e hoje sentimos um time unido, o que não existia no ano passado", afirmou Esquerdinha, que é fã do "pulmão e raçudo" Gil. Renato Ramos, por sua vez, prefere Bruno César e Rodriguinho. "Eles deram a volta por cima, mas todos estão de parabéns."

As semifinais contra o Grêmio Prudente foram, para ambos, os jogos mais marcantes do campeonato. "Aquela vitória em Presidente Prudente (2 a 1) relembrou o jogo contra o XV de Campo Bom (jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, quando o Ramalhão foi ao Sul e bateu o adversário, indo à final)", disse Esquerdinha. "E o segundo jogo aqui, apesar da derrota (2 a 1), foi muito bonito ver o Brunão novamente cheio depois de tanto tempo", emendou Ramos.

Para domingo, ambos acreditam no título andreense. "Será 2 a 0", prevê Renato Ramos. "Sonhei com quem vai fazer o gol do título e prometo fazer alguma coisa. Só não vou a pé a Juazeiro (do Norte, no Ceará, local da estreia do Ramalhão na Série B, contra o Icasa, dia 8), porque não vou chegar a tempo", concluiu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;