Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Paulo visa vantagens na Libertadores

Já classificado às oitavas-de-final da competição,
o Tricolor quer esquecer a eliminação no Paulista



22/04/2009 | 07:00


O São Paulo recebe o América de Cali nesta quarta-feira, às 21h50, no Morumbi, na expectativa de vencer, melhorar sua pontuação no Grupo 4 da Libertadores e ficar com alguma vantagem nas fases seguintes, de confrontos mata-mata.

Mesmo com uma vitória, porém, a campanha são-paulina não será suficiente para garantir todos os jogos decisivos em casa mais adiante. O time fará no máximo 13 pontos e outros adversários devem ultrapassá-lo.

A situação ficou um pouco mais difícil quando a comissão técnica decidiu dar maior importância à fase semifinal do Paulista. O São Paulo acabou eliminado diante do Corinthians, perdeu para o Independiente Medellín (2 a 1) na semana passada com time praticamente reserva e a pressão por vencer um campeonato decidido no mata-mata aumentou - o clube acumula nove eliminações seguidas em competições nesse formato.

"No mata-mata, o meu currículo mostra que ganhei muito mais títulos do que perdi", defende-se o técnico Muricy Ramalho. "Temos três títulos brasileiros, não é porque perdemos que não prestamos mais."

A confiança são-paulina anda abalada depois da eliminação no Paulista. A última vez que o time havia sido derrotado três vezes consecutivas foi em outubro de 2007 - para Flamengo e Corinthians, pelo Nacional, e para o Millionarios, da Colômbia, pela Copa Sul-Americana, todas por 1 a 0. Mas, na ocasião, o peso das derrotas não foi tão grande, pois o São Paulo acabaria sendo campeão brasileiro.

"Este é um time que está triste, mas não se abate. Temos o ano todo ainda pela frente", lembra Muricy. "Não estamos acostumados com as derrotas, mas também não é o fim do mundo", completa Washington.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;