Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Esposa de Lucio Gutiérrez renuncia ao cargo de deputada


Da AFP

24/04/2005 | 16:07


A ex-primeira-dama do Equador, a deputada Ximena Bohórquez, esposa do deposto presidente Lucio Gutiérrez, renunciou neste domingo a seu cargo pelo SPS (Partido Sociedade Patriótica) por meio de uma carta que foi divulgada pela rádio 'Ecuadorradio'.

Médica de profissão, Bohórquez, 47 anos, junto com a filha Viviana, 15 , viajou neste domingo acompanhando Gutiérrez em um avião da Força Aérea brasileira com destino ao Brasil, que lhes concedeu asilo político.

Em sua demissão, Bohórquez afirma que, nos dois anos em que atuou como legisladora da República, pôde constatar o denegrir da política na atividade legislativa, onde - afirma - primam os interesses individuais e de partido.

"Tenho minha consciência tranqüila", afirma Bohórquez, acrescentando que trabalhou "intensamente e com paixão, amor e total desinteresse em favor do povo equatoriano, em especial dos mais carentes".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Esposa de Lucio Gutiérrez renuncia ao cargo de deputada

Da AFP

24/04/2005 | 16:07


A ex-primeira-dama do Equador, a deputada Ximena Bohórquez, esposa do deposto presidente Lucio Gutiérrez, renunciou neste domingo a seu cargo pelo SPS (Partido Sociedade Patriótica) por meio de uma carta que foi divulgada pela rádio 'Ecuadorradio'.

Médica de profissão, Bohórquez, 47 anos, junto com a filha Viviana, 15 , viajou neste domingo acompanhando Gutiérrez em um avião da Força Aérea brasileira com destino ao Brasil, que lhes concedeu asilo político.

Em sua demissão, Bohórquez afirma que, nos dois anos em que atuou como legisladora da República, pôde constatar o denegrir da política na atividade legislativa, onde - afirma - primam os interesses individuais e de partido.

"Tenho minha consciência tranqüila", afirma Bohórquez, acrescentando que trabalhou "intensamente e com paixão, amor e total desinteresse em favor do povo equatoriano, em especial dos mais carentes".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;