Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Governador do Paraná se reúne com FHC


Do Diário do Grande ABC

22/07/2000 | 00:17


O governador Jaime Lerner se reuniu nesta sexta-feira com o presidente Fernando Henrique Cardoso, em Brasília. No encontro, o governador fez um relato sobre as duas tragédias que aconteceram no Paraná nos últimos dias: o vazamento de óleo da refinaria da Petrobras, em Araucária, e as geadas que atingiram as lavouras de café, milho safrinha e trigo do Estado. "O presidente se mostrou receptivo e garantiu todo o apoio necessário ao Estado", afirmou Lerner ao final da reuniao.

Lerner disse ao presidente que os agricultores paranaenses precisam de apoio do governo federal, já que 90% das plantaçoes de café, 70% das lavouras de milho e 35% do trigo foram afetadas pelas geadas. "Propus ao presidente uma série de alternativas para socorrer nossa agricultura, como a prorrogaçao das dívidas dos agricultores e o financiamento em melhores condiçoes para as próximas safras", disse o governador ao final do encontro.

O presidente, segundo Lerner, pediu que o Governo do Paraná encaminhe rapidamente o levantamento completo das perdas na agricultura com as geadas, que deverá ser levado aos ministérios que atendem a área - Agricultura e Desenvolvimento Agrário. O levantamento está sendo feito por 600 técnicos da Secretaria da Agricultura, que estao a campo colhendo os dados. "Isso é necessário para que as situaçoes sejam resolvidas o mais rápido possível", afirmou o governador.

Enquanto isso, técnicos da Secretaria da Agricultura, entidades ligadas ao setor e representantes do Ministério da Agricultura estudam novas medidas de apoio ao produtor. O Governo do Paraná já liberou R$ 13 milhoes, em recursos do programa Paraná 12 Meses, como ajuda ao produtor. Além disso, o governador obteve o compromisso do ministro da Agricultura, Marcus Vinicius Pratini de Moraes, de prorrogaçao das dívidas dos agricultores, liberaçao dos recursos do Proagro e Cosesp e novos créditos para o plantio da próxima safra.

Levantamento preliminar da Secretaria da Agricultura, aponta que as perdas com as geadas podem chegar a R$ 1 bilhao, somando os prejuízos do café (para a próxima safra), milho safrinha, trigo e cana-de-açúcar. "Depois que tivermos o relatório completo dos prejuízos, cultura por cultura, vamos fazer parcerias e trabalhar pela reconstruçao das lavouras", disse o secretário da Agricultura, Antonio Poloni.

O secretário lembrou que, no caso do milho, há a promessa do governo federal de antecipar a liberaçao de créditos para plantio da cultura já a partir do mês que vem. No caso do café, cujas perdas vao se refletir na próxima safra, já há uma verba de R$ 4 milhoes liberada pelo Governo do Estado para compra de mudas para o replantio. "O café é fundamental para gerar empregos e riqueza", disse o governador Jaime Lerner.

"É estratégico que o Paraná continue firme no programa de recuperaçao da cafeicultura, que iniciamos há cinco anos", acrescentou o governador. Segundo Lerner, "o Paraná foi construído em grande parte com o café, que criou mais de 100 cidades em 50 anos". O governador pediu aos cafeicultores que nao desistam da cultura. "O café ainda tem muito futuro no Paraná". As geadas causaram danos também ao trigo, cana, frutas e hortaliças.

Oleo - O governador também mostrou a Fernando Henrique a atual situaçao do acidente ecológico causada pela Petrobras, com o vazamento de 4 milhoes de litros de óleo da Refinaria Presidente Getúlio Vargas, em Araucária. Lerner disse que o governo estadual quer uma apuraçao rigorosa das responsabilidades, mas que a hora é de resolver o problema. Na quinta-feira à noite o governador do Paraná fez o mesmo relato ao ministro das Minas e Energia, Rodolfo Tourinho que, a pedido de Lerner, visitou nesta sexta-feira a regiao afetada pelo vazamento de óleo.

"Precisamos agora é resolver a situaçao e tomá-la como exemplo para que o país nunca mais repita esta vergonha", disse. "O Brasil tem competência e auto-estima suficiente para fazer a recuperaçao de todo impacto ambiental causado pela Petrobras".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;