Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Bar gay é incendiado em Jerusalém


Da AFP

24/04/2005 | 15:38


Um grupo de desconhecidos incendiou neste domingo um bar de homossexuais em Jerusalém (Oeste), o único estabelecimento desse tipo na Cidade Santa, informou a polícia local.

Os desconhecidos tentaram destruir o Bar Shushan, mas só causaram danos menores, segundo o porta-voz da polícia, que anunciou o início de uma investigação.

O bar pertence a um conselheiro municipal do partido de esquerda Mertz, que é um dos organizadores do Festival Gay Mundial, explicou o jornal 'Haaretz' em seu site. Contudo, a celebração prevista deste festival em Jerusalém provocou a indignação por parte dos religiosos.

Os chefes espirituais das três religiões monoteístas protestaram, em 30 de março, em uma manifestação unitária sem precedentes, contra a celebração do festival na Cidade Santa.

A próxima manifestação 'Gay Pride' mundial está prevista para agosto, em Jerusalém, e deve durar dez dias. O último festival aconteceu em Roma, em 2000, onde reuniu cerca de 250 mil pessoas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bar gay é incendiado em Jerusalém

Da AFP

24/04/2005 | 15:38


Um grupo de desconhecidos incendiou neste domingo um bar de homossexuais em Jerusalém (Oeste), o único estabelecimento desse tipo na Cidade Santa, informou a polícia local.

Os desconhecidos tentaram destruir o Bar Shushan, mas só causaram danos menores, segundo o porta-voz da polícia, que anunciou o início de uma investigação.

O bar pertence a um conselheiro municipal do partido de esquerda Mertz, que é um dos organizadores do Festival Gay Mundial, explicou o jornal 'Haaretz' em seu site. Contudo, a celebração prevista deste festival em Jerusalém provocou a indignação por parte dos religiosos.

Os chefes espirituais das três religiões monoteístas protestaram, em 30 de março, em uma manifestação unitária sem precedentes, contra a celebração do festival na Cidade Santa.

A próxima manifestação 'Gay Pride' mundial está prevista para agosto, em Jerusalém, e deve durar dez dias. O último festival aconteceu em Roma, em 2000, onde reuniu cerca de 250 mil pessoas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;