Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Naomi Campbell é condenada a cinco dias de trabalhos comunitários


Da AFP

16/01/2007 | 16:23


A modelo britânica Naomi Campbell, acusada de agressão contra uma empregada doméstica, foi condenada nesta terça-feira a cinco dias de trabalhos comunitários, após se declarar culpada, perante um tribunal de Nova York, de ter jogado um telefone celular na mulher.

Esperada por um enxame de fotógrafos e cinegrafistas em sua chegada, Campbell se desculpou por ter causado mal à empregada, Ana Scolavino. "Fiquei surpresa de que Ana tivesse se machucado. Sinto muito", disse, descrevendo o episódio como um acidente.

A modelo, 36 anos, foi ordenada a assistir a um curso de dois dias para evitar acessos de raiva e pagar US$ 350 a Scolavino a título de despesas médicas. Se Campbell não tivesse admitido a culpa, o caso teria ido a julgamento e a modelo correria o risco de ser condenada por agressão em segundo grau.

Em 2006, a modelo foi detida em seu apartamento, na Park Avenue, em Manhattan, depois que Scolavino, com 42 anos na época, chamou a polícia do hospital onde estava, acusando a patroa de tê-la atacado.

A empregada, que tinha um ferimento na cabeça que precisou de quatro pontos, afirmou que Campbell se enfureceu ao não encontrar um par de calças jeans, acusando-a de tê-lo roubado.

Uma das maiores modelos do mundo, conhecida pelo temperamento irascível, Campbell tem sido alvo de vários processos por agressões contra pessoas de seu entorno. O último episódio ocorreu no fim de outubro, quando ela foi detida em Londres por ter supostamente agredido uma colaboradora.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Naomi Campbell é condenada a cinco dias de trabalhos comunitários

Da AFP

16/01/2007 | 16:23


A modelo britânica Naomi Campbell, acusada de agressão contra uma empregada doméstica, foi condenada nesta terça-feira a cinco dias de trabalhos comunitários, após se declarar culpada, perante um tribunal de Nova York, de ter jogado um telefone celular na mulher.

Esperada por um enxame de fotógrafos e cinegrafistas em sua chegada, Campbell se desculpou por ter causado mal à empregada, Ana Scolavino. "Fiquei surpresa de que Ana tivesse se machucado. Sinto muito", disse, descrevendo o episódio como um acidente.

A modelo, 36 anos, foi ordenada a assistir a um curso de dois dias para evitar acessos de raiva e pagar US$ 350 a Scolavino a título de despesas médicas. Se Campbell não tivesse admitido a culpa, o caso teria ido a julgamento e a modelo correria o risco de ser condenada por agressão em segundo grau.

Em 2006, a modelo foi detida em seu apartamento, na Park Avenue, em Manhattan, depois que Scolavino, com 42 anos na época, chamou a polícia do hospital onde estava, acusando a patroa de tê-la atacado.

A empregada, que tinha um ferimento na cabeça que precisou de quatro pontos, afirmou que Campbell se enfureceu ao não encontrar um par de calças jeans, acusando-a de tê-lo roubado.

Uma das maiores modelos do mundo, conhecida pelo temperamento irascível, Campbell tem sido alvo de vários processos por agressões contra pessoas de seu entorno. O último episódio ocorreu no fim de outubro, quando ela foi detida em Londres por ter supostamente agredido uma colaboradora.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;