Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Irã assina na 5ª tratado de não-proliferação nuclear


Da AFP

17/12/2003 | 16:41


O Irã anunciou que vai assinar na quinta-feira o protocolo adicional ao Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP), que autoriza um maior controle de suas instalações e locais suspeitos por parte da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Ao aceitar o protocolo adicional, o Irã consente, depois de vários meses de resistência, em atender um dos pedidos mais insistentes da comunidade internacional. O regime islâmico anunciou diversas vezes que o texto deveria ser submetido à aprovação do Parlamento e advertiu que esta ratificação poderia demorar meses.

O porta-voz da agência da Organização das Nações Unidas, Peter Rickwood, destacou que o evento se trata de um "acontecimento histórico".

A assinatura acontecerá na sede da AIEA, na presença do diretor-geral da agência, Mohamed ElBaradei. O nome do representante iraniano ainda não foi divulgado.

Depois que assinar o documento o Irã passa a aceitar que os especialistas da AIEA executem inspeções imprevistas em todas as suas instalações nucleares.

A decisão iraniana era esperada com ansiedade pela comunidade internacional. Os Estados Unidos e a França acusavam o país de tentar fabricar armamento atômico sob a cobertura de um programa nuclear civil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Irã assina na 5ª tratado de não-proliferação nuclear

Da AFP

17/12/2003 | 16:41


O Irã anunciou que vai assinar na quinta-feira o protocolo adicional ao Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP), que autoriza um maior controle de suas instalações e locais suspeitos por parte da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Ao aceitar o protocolo adicional, o Irã consente, depois de vários meses de resistência, em atender um dos pedidos mais insistentes da comunidade internacional. O regime islâmico anunciou diversas vezes que o texto deveria ser submetido à aprovação do Parlamento e advertiu que esta ratificação poderia demorar meses.

O porta-voz da agência da Organização das Nações Unidas, Peter Rickwood, destacou que o evento se trata de um "acontecimento histórico".

A assinatura acontecerá na sede da AIEA, na presença do diretor-geral da agência, Mohamed ElBaradei. O nome do representante iraniano ainda não foi divulgado.

Depois que assinar o documento o Irã passa a aceitar que os especialistas da AIEA executem inspeções imprevistas em todas as suas instalações nucleares.

A decisão iraniana era esperada com ansiedade pela comunidade internacional. Os Estados Unidos e a França acusavam o país de tentar fabricar armamento atômico sob a cobertura de um programa nuclear civil.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;