Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Powell tenta apoio alemão para suspender embargo ao Iraque


Da AFP

15/05/2003 | 13:36


Os Estados Unidos insistem no fim das sanções internacionais contra o Iraque, mas tenta conseguir unanimidade do Conselho de Segurança da OUN, declarou nesta quinta-feira o secretário de Estado americano, Colin Powell, aos jornalistas que o acompanhavam no avião que o levou a Berlim.

Powell chegou às 17h locais (12h de Brasília) na capital alemã, onde se reunirá com o chanceler Gerhard Schroeder para tentar solucionar a crise sem precedentes que divide os Estados Unidos e a Alemanha, país que foi contrário à guerra no Iraque.

A reunião de Powell com Schroeder na manhã de sexta-feira e em seguida com o chefe da diplomacia alemã, Joschka Fischer, estarão relacionadas com a situação do pós-guerra no Iraque e o fim das sanções desejado por Washington.

Numa coletiva após chegar a Berlim, Powell destacou que pretende obter a unanimidade dos 15 membros do Conselho. "Queremos conseguir um 15 a 0, tal como obtemos para a resolução 1.441 sobre o desarmamento do Iraque", disse. "Washington examinará a idéia de suspender em breve as sanções internacionais, inclusive se seu desejo é que sejam definitivamente levantadas", acrescentou.

Berlim é a última etapa de uma viagem de uma semana que levou Powell a Israel, Cisjordânia, Cairo (Egito), Amã (Jordânia), Riad (Arábia Saudita), Moscou (Rússia) e Sófia (Biulgária).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Powell tenta apoio alemão para suspender embargo ao Iraque

Da AFP

15/05/2003 | 13:36


Os Estados Unidos insistem no fim das sanções internacionais contra o Iraque, mas tenta conseguir unanimidade do Conselho de Segurança da OUN, declarou nesta quinta-feira o secretário de Estado americano, Colin Powell, aos jornalistas que o acompanhavam no avião que o levou a Berlim.

Powell chegou às 17h locais (12h de Brasília) na capital alemã, onde se reunirá com o chanceler Gerhard Schroeder para tentar solucionar a crise sem precedentes que divide os Estados Unidos e a Alemanha, país que foi contrário à guerra no Iraque.

A reunião de Powell com Schroeder na manhã de sexta-feira e em seguida com o chefe da diplomacia alemã, Joschka Fischer, estarão relacionadas com a situação do pós-guerra no Iraque e o fim das sanções desejado por Washington.

Numa coletiva após chegar a Berlim, Powell destacou que pretende obter a unanimidade dos 15 membros do Conselho. "Queremos conseguir um 15 a 0, tal como obtemos para a resolução 1.441 sobre o desarmamento do Iraque", disse. "Washington examinará a idéia de suspender em breve as sanções internacionais, inclusive se seu desejo é que sejam definitivamente levantadas", acrescentou.

Berlim é a última etapa de uma viagem de uma semana que levou Powell a Israel, Cisjordânia, Cairo (Egito), Amã (Jordânia), Riad (Arábia Saudita), Moscou (Rússia) e Sófia (Biulgária).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;