Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Partida Sport x Santo André foi marcada por 'duelo de bolivianos'


Dérek Bittencourt
Enviado a Recife

28/09/2009 | 07:00


A partida entre Sport e Santo André teve um confronto especial entre dois compatriotas. De um lado o entusiasmado meia Pablo Escobar, que há uma semana havia garantido o empate em partida contra o São Paulo. Do outro o atacante Arce, ex-Corinthians, que busca cair nas graças da exigente torcida rubro-negra.

E nesse duelo, melhor para o boliviano do time de Pernambuco, que marcou o gol que abriu o caminho para a vitória rubro-negra e deixou a Ilha do Retiro com os três pontos.

Para Escobar, sofrer o segundo gol abateu o Santo André. "Estávamos em um momento bom quando tomamos o segundo gol, e o time sentiu. Até tivemos chances de marcar depois disso, mas erramos demais na finalização", comentou o paraguaio naturalizado boliviano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Partida Sport x Santo André foi marcada por 'duelo de bolivianos'

Dérek Bittencourt
Enviado a Recife

28/09/2009 | 07:00


A partida entre Sport e Santo André teve um confronto especial entre dois compatriotas. De um lado o entusiasmado meia Pablo Escobar, que há uma semana havia garantido o empate em partida contra o São Paulo. Do outro o atacante Arce, ex-Corinthians, que busca cair nas graças da exigente torcida rubro-negra.

E nesse duelo, melhor para o boliviano do time de Pernambuco, que marcou o gol que abriu o caminho para a vitória rubro-negra e deixou a Ilha do Retiro com os três pontos.

Para Escobar, sofrer o segundo gol abateu o Santo André. "Estávamos em um momento bom quando tomamos o segundo gol, e o time sentiu. Até tivemos chances de marcar depois disso, mas erramos demais na finalização", comentou o paraguaio naturalizado boliviano.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;