Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras busca outra pré-Libertadores


Divanei Guazzelli
Do Diário do Grande ABC

25/11/2005 | 08:40


Se o Palmeiras conseguir a vaga para a repescagem da Copa Libertadores da América, o futebol paulista igualará um recorde na próxima edição do torneio continental. Pela segunda vez consecutiva, um Estado brasileiro será representado por quatro times na Libertadores. O Corinthians, como campeão ou vice brasileiro; o São Paulo, vencedor da última competição sul-americana, e o Paulista, de Jundiaí, campeão da Copa do Brasil, já estão assegurados na fase de grupos. Em 2006, o Brasil terá duas vagas diretas (campeão e vice do Brasileiro), duas na repescagem (terceiro e quarto colocados), além do São Paulo e do Paulista. A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) eliminou uma vaga direta do Brasil por causa do título obtido pelo São Paulo.

Na edição de 2005, quando o São Paulo obteve o tricampeonato, o futebol paulista teve quatro representantes. Além do próprio São Paulo, o Estado cedeu Santos (campeão brasileiro de 2004), Palmeiras (quarto colocado nacional em 2004, com direito a um lugar na pré-Libertadores) e o Santo André, campeão da Copa do Brasil de 2004. O quinto representante do Brasil foi o Atlético-PR, na condição de vice nacional.

Trajetória – Na fase preliminar de 2005, o Palmeiras eliminou o Tacuary, do Paraguai, e passou à etapa de grupos com Santo André, Cerro Porteño (Paraguai) e Deportivo Tachira (Venezuela). Mas foi eliminado nas oitavas-de-final pelo São Paulo.

Com 67 pontos ganhos, o Palmeiras está muito próximo de tomar o lugar do Fluminense, que tem 68. No domingo, o time paulista enfrenta o Internacional, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, e o Fluminense recebe o Juventude, em São Januário. Na última rodada, os dois concorrentes se enfrentam no Parque Antártica. O Goiás, com 70 pontos, está em situação mais confortável, virtualmente assegurado na pré-Libertadores.

Além de quatro brasileiros (três paulistas por enquanto e o Internacional, que está garantido pelo menos na repescagem), a Libertadores de 2006 já tem como certos Estudiantes de La Plata, Rosario Central, Newell‘s Old Boys, Velez Sarsfield e River Plate (Argentina); Caracas, Maracaibo e Deportivo Tachira (Venezuela); Bolívar, Oriente Petrolero e The Strongest (Bolívia); Unión Española (Chile); Nacional de Medellin (Colômbia); Nacional (Uruguai); Liga Deportiva Universitária (Equador); Cienciano (Peru) e Cerro Porteño (Paraguai). O sorteio dos grupos está marcado para o dia 1º de dezembro, em Assunção (Paraguai).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palmeiras busca outra pré-Libertadores

Divanei Guazzelli
Do Diário do Grande ABC

25/11/2005 | 08:40


Se o Palmeiras conseguir a vaga para a repescagem da Copa Libertadores da América, o futebol paulista igualará um recorde na próxima edição do torneio continental. Pela segunda vez consecutiva, um Estado brasileiro será representado por quatro times na Libertadores. O Corinthians, como campeão ou vice brasileiro; o São Paulo, vencedor da última competição sul-americana, e o Paulista, de Jundiaí, campeão da Copa do Brasil, já estão assegurados na fase de grupos. Em 2006, o Brasil terá duas vagas diretas (campeão e vice do Brasileiro), duas na repescagem (terceiro e quarto colocados), além do São Paulo e do Paulista. A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) eliminou uma vaga direta do Brasil por causa do título obtido pelo São Paulo.

Na edição de 2005, quando o São Paulo obteve o tricampeonato, o futebol paulista teve quatro representantes. Além do próprio São Paulo, o Estado cedeu Santos (campeão brasileiro de 2004), Palmeiras (quarto colocado nacional em 2004, com direito a um lugar na pré-Libertadores) e o Santo André, campeão da Copa do Brasil de 2004. O quinto representante do Brasil foi o Atlético-PR, na condição de vice nacional.

Trajetória – Na fase preliminar de 2005, o Palmeiras eliminou o Tacuary, do Paraguai, e passou à etapa de grupos com Santo André, Cerro Porteño (Paraguai) e Deportivo Tachira (Venezuela). Mas foi eliminado nas oitavas-de-final pelo São Paulo.

Com 67 pontos ganhos, o Palmeiras está muito próximo de tomar o lugar do Fluminense, que tem 68. No domingo, o time paulista enfrenta o Internacional, no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, e o Fluminense recebe o Juventude, em São Januário. Na última rodada, os dois concorrentes se enfrentam no Parque Antártica. O Goiás, com 70 pontos, está em situação mais confortável, virtualmente assegurado na pré-Libertadores.

Além de quatro brasileiros (três paulistas por enquanto e o Internacional, que está garantido pelo menos na repescagem), a Libertadores de 2006 já tem como certos Estudiantes de La Plata, Rosario Central, Newell‘s Old Boys, Velez Sarsfield e River Plate (Argentina); Caracas, Maracaibo e Deportivo Tachira (Venezuela); Bolívar, Oriente Petrolero e The Strongest (Bolívia); Unión Española (Chile); Nacional de Medellin (Colômbia); Nacional (Uruguai); Liga Deportiva Universitária (Equador); Cienciano (Peru) e Cerro Porteño (Paraguai). O sorteio dos grupos está marcado para o dia 1º de dezembro, em Assunção (Paraguai).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;