Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Taxa de desemprego na França sobe pela 1ª vez em mais de 2 anos



16/11/2017 | 05:48


A taxa de desemprego na França subiu no terceiro trimestre, em seu primeiro avanço em mais de dois anos, gerando temores de que o mercado de trabalho do país não esteja acompanhando a recuperação geral da economia francesa.

Pesquisa do Insee, como é conhecido o instituto de estatísticas francês, mostra que a taxa de desemprego aumentou para 9,7% no período de julho a setembro, de 9,5% no segundo trimestre.

Desde que havia atingido o pico de 10,5% no segundo trimestre de 2015, o desemprego vinha numa trajetória constante de baixa.

O resultado é particularmente negativo para o presidente Emmanuel Macron, que vem tentando reformar as leis trabalhistas da França com o intuito de tornar o mercado de trabalho mais flexível. Sindicatos alegam que os planos de reformas de Macron, cuja popularidade diminuiu nos últimos meses, irão agravar o desemprego. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Taxa de desemprego na França sobe pela 1ª vez em mais de 2 anos


16/11/2017 | 05:48


A taxa de desemprego na França subiu no terceiro trimestre, em seu primeiro avanço em mais de dois anos, gerando temores de que o mercado de trabalho do país não esteja acompanhando a recuperação geral da economia francesa.

Pesquisa do Insee, como é conhecido o instituto de estatísticas francês, mostra que a taxa de desemprego aumentou para 9,7% no período de julho a setembro, de 9,5% no segundo trimestre.

Desde que havia atingido o pico de 10,5% no segundo trimestre de 2015, o desemprego vinha numa trajetória constante de baixa.

O resultado é particularmente negativo para o presidente Emmanuel Macron, que vem tentando reformar as leis trabalhistas da França com o intuito de tornar o mercado de trabalho mais flexível. Sindicatos alegam que os planos de reformas de Macron, cuja popularidade diminuiu nos últimos meses, irão agravar o desemprego. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;