Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Trabalhe mais, eles têm de gastar

Os juízes paulistas passam a receber auxílio-alimentação de R$ 29 diários, com pagamento retroativo a abril de 2006. São R$ 12,5 milhões


Carlos Brickmann

28/03/2012 | 00:00


1 - Os juízes paulistas passam a receber auxílio-alimentação de R$ 29 diários, com pagamento retroativo a abril de 2006. São R$ 12,5 milhões, só de atrasados.

2 - a Câmara Federal contratou uma empresa de análise de produtos, a SFDK, naturalmente sem concorrência, para analisar o cafezinho consumido por suas excelências. Não basta comprar café com selo de pureza: é preciso pagar por uma garantia ao fino paladar parlamentar. No caso, é baratinho; R$ 3.700.

3 - agora deixa de ser baratinho: os dois candidatos à presidência da Câmara Federal, Marco Maia (PT gaúcho) e Sandro Mabel (PR goiano) prometem gastar R$ 310 milhões em ampliações e novas construções, para aumentar o conforto oferecido a quem tanto se sacrifica pelo País e que desfruta de tão pouco espaço. A ampliação do Anexo 4 permitirá construir mais gabinetes, garagens etc.; a nova construção, do Anexo 5, deverá abrigar biblioteca e museu. Nada mais justo: como pode um parlamentar como Tiririca trabalhar longe de uma biblioteca?

4 -também não é baratinho: o Tribunal de Justiça de São Paulo quer construir três torres, para abrigar suas instalações, por R$ 800 milhões. É o preço do estádio de abertura da Copa, para 45 mil pessoas, feito conforme exigiu a Fifa.

5 - o caro leitor lembra, claro, que parlamentares ganham 14º e 15º salários. Mas a Receita tinha esquecido! Desde 1995, quando surgiram os salários a mais, ninguém recolhia impostos sobre eles. A quantia é enorme - e fica maior se lembrarmos que deputados estaduais e vereadores também estavam livres do Leão.

DETALHES CURIOSOS

Um grande jornalista, Ricardo Sérgio Mendes, criou a tese de que um Congresso, quanto mais luxuoso, menos poder tem. O Capitólio norte-americano é um prédio grande, mas antigo; já o Soviete Supremo, que seguia fielmente as ordens do secretário-geral do Partido Comunista Soviético, ficava num prédio suntuoso. A Câmara dos Comuns, inglesa, o mais antigo Parlamento do mundo, não tem poltronas suficientes para todos os congressistas. Se houver mais gente do que cadeiras, alguns parlamentares ficam de pé. Já o Congresso brasileiro, nessa nova reforma, receberá 87 novos gabinetes, mais amplos que os atuais; 40 mil m² de garagens subterrâneas; dois restaurantes, novas lanchonetes, prestadores de serviços como agências bancárias e empresas aéreas. Pague e fique quieto.

SAÚDE PARA TODOS ELES

O caro leitor sabe perfeitamente que o plano de saúde dos senhores senadores é muito bom: além do atendimento normal, paga despesas sem limite em hospitais de primeira linha. E é não apenas extensivo à família como também vitalício. É, em suma, como gostaríamos que fossem todos os planos de saúde. Mas tem seus concorrentes: o atual ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, do PP paraibano, recebeu R$ 137 mil da Assembleia de seu Estado para tratar da saúde em São Paulo. Na época, 2008 e 2009, Aguinaldo Ribeiro era deputado estadual. E, sem dúvida, pobre é que Aguinaldo Ribeiro não era, nem é.

ROLA PELO RALO

Este caso vem rolando há muito tempo mas só apareceu agora, quando a pouca vergonha ficou grande demais. Irailton Lima de Souza cursa a Faculdade de Ciências Sociais da UFAC (Universidade Federal do Acre), pública e gratuita - isso desde 1991. Exato: há 21 anos, desde que Fernando Collor era presidente da República, desde que Dunga era jogador da Seleção brasileira, Orestes Quércia era governador de São Paulo, Neymar ainda nem tinha nascido, nossa moeda era o cruzeiro e o real surgiria depois de alguns anos. Pois bem: Irailton, que até agora frequentou a universidade pública às nossas custas, sem conseguir concluí-la, foi indicado para assumir uma diretoria no Ministério da Educação. Acredite: Irailton foi indicado para a diretoria de integração das redes de educação profissional e tecnológica do Ministério da Educação, seja lá isso o que for. Irailton, militante do PT de Rio Branco, tem o aval de dois petistas ilustres: o ex-governador do Acre Binho Marques e o atual governador, Tião Viana.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;