Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

IPI, carroças e descaramento

De acordo com o dicionário Aurélio, descaramento quer dizer falta de...


Dgabc

28/03/2012 | 00:00


Artigo

De acordo com o dicionário Aurélio, descaramento quer dizer falta de vergonha, desaforo, insolência, atrevimento e outros adjetivos. O que isso tem a ver com o IPI? No fim do ano, o governo brasileiro passou a cobrar alíquota de impostos maior em 30% para veículos importados e que tenham menos de 65% de componentes nacionais.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, explicou que a decisão do governo teve o objetivo de privilegiar os trabalhadores brasileiros e que o cidadão é visto prioritariamente pelo governo como trabalhador e depois como consumidor. Quando questionado sobre os altos preços dos carros nacionais, sua péssima qualidade e que esta medida poderia representar reserva de mercado para a indústria automotiva nacional, teve a brilhante resposta de que nos últimos anos os carros subiram menos que a inflação. Também refutou a reserva, pois disse que as montadoras estrangeiras podem vir se instalar e produzir no Brasil. Bem, quem acompanha o mercado sabe que os preços praticados no País são os mais altos do mundo e quanto à qualidade, já foram chamados de carroças até por antigo presidente.

Pouco depois, a presidente Dilma defendeu o aumento do imposto seguindo o mesmo raciocínio da defesa dos empregos nacionais. Até aqui, tudo bem e vamos acreditar no discurso. O problema é que apenas alguns meses após, o gabinete de segurança da Presidência da República adquiriu frota de dez veículos blindados Ford Edge V6 a gasolina, num total de R$ 1,7 milhão, para uso em viagens e tarefas de rotina como escoltas, transporte de familiares etc. Tudo bem, não fosse um detalhe: todos os veículos são importados do Canadá. Nessa hora, algumas perguntas saltam à nossa vista: Como fica o discurso sobre a mão de obra brasileira? E o álcool como combustível nacional? Por que não compraram moderno carro com motor flex fabricado aqui no Brasil? Por que o governo faz um discurso e pratica outra realidade? Isso é descaramento.

Nessa hora, lembrei-me das palavras de meu avô quando dizia em sua simplicidade que as carroças eram feitas para os burros. Hoje entendo melhor essa frase e quando olho para todos os lados, também me lembro de Tancredo Neves, que falou um dia que "o processo ditatorial, o processo autoritário, traz consigo o germe da corrupção. O que existe de ruim é que ele começa desfigurando as instituições e acaba desfigurando o caráter do cidadão".

Célio Pezza é escritor.

PALAVRA DO LEITOR

Lei da Copa

É lastimável saber que com tantas necessidades da população a serem votadas no Congresso Nacional, os parlamentares se debrucem e gastem o maior tempo para votar a lei da Copa somente para beneficiar empresas produtoras de bebidas alcoólicas e futuras patrocinadoras de suas eleições. Quantas pessoas são vítimas dessa droga aprovada pelo governo diariamente? Isso dá nojo, pior que isso é saber que a presidente Dilma vai defender a venda de bebidas nos estádios. A Fifa está mandando mais que muita gente neste País. Com essa gente no governo jamais seremos respeitados como deveríamos, qualquer estrangeiro vem aqui faz o que quer, desmoraliza o ministro do Esporte e depois tudo acaba em pizza. Este é o Brasil, um país de poucos.

Ailton Gomes, Ribeirão Pires

Resposta

Em relação à carta da leitora Elisabeth Buss (Caótico, dia 23), a Prefeitura de São Bernardo, por meio do Departamento de Engenharia de Tráfego, informa que diariamente são realizadas operações de trânsito, principalmente nos horários de pico, no entorno da Praça Miguel Etchinique. No local ficam seis agentes orientando os motoristas. Já as obras do viaduto do km 22,5 têm previsão de conclusão até maio. Quando entregue, a via será alternativa para o motorista que precisa acessar a Via Anchieta e hoje utiliza o viaduto do km 23 da rodovia. As melhorias para o trânsito também se estenderão aos moradores dos bairros Centro, Ferrazópolis, Assunção, Demarchi, dos Casa, Batistini, Alvarenga, entre outros.

Prefeitura de São Bernardo

Sem licitação

Na sessão do dia 21 na Câmara de Santo André, que começou com 43 minutos de atraso, o vereador Pinheirinho passou vídeo, hilário e pertinente, sobre os problemas na demora da reforma do Estádio Bruno Daniel. E após exposição, outros vereadores apoiaram sua preocupação e fala. Exceção feita a Israel Zekcer, que oportunamente e defendendo o prefeito Aidan Ravin, se contrapôs ao apelo de Pinheirinho em razão de a verba para a reforma ter sido deslocada, prioritariamente, para aquisição dos uniformes escolares da rede de ensino do município. Funcionários, imprensa e alguns já conformados munícipes puderam ouvir do também vereador Paulinho Serra que os equipamentos das academias ao ar livre nas 48 praças estão sendo adquiridos ao custo de aproximadamente R$ 1 milhão, sem o devido e constitucional instrumento de licitação pública. Será que vi e ouvi corretamente ou foi fruto de minha imaginação?

Cecél Garcia, Santo André

Ignorância

Futebol e violência. Até quando teremos que enterrar nossos mortos em batalhas estúpidas, cruéis como a de domingo no clássico Palmeiras e Corinthians? O forte massacrando o fraco, covardia que não para, como não para a sede de sangue. Com a morte vai-se um sonho. Jovem de 21 anos que amanhã ou depois poderia ser advogado, jornalista, engenheiro ou qualquer outra profissão gratificante e ganhar a vida honestamente! E com as mortes todos perdem, não só as famílias. Os pais desses jovens assassinados, que com carinho os criaram, para dar em nada! Barbárie. Lastimável!

Edson Rodrigues, Santo André

Chico Anysio

Uma das principais virtudes de Chico Anysio, além de seu inigualável humor, foi a notória solidariedade que prestava a seus colegas de serviço. A inesquecível Escolinha do Professor Raimundo é um exemplo disso. Após o término da temporada de apresentação do programa, muitos de seus ‘alunos' ficaram à deriva, sem destino. Mas Chico estava lá para ajudá-los e orientá-los com sua singular benevolência. É uma imensa perda, sem dúvida.

Habib Saguiah Neto, Marataízes (ES) 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;