Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Os 37 candidatos a prefeito em 1976

Eram permitidas três sublegendas por partido e no Grande ABC até a pequena Rio Grande da Serra preencheu as seis chapas possíveis na sua terceira eleição municipal. Mas houve exceções


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

04/03/2021 | 07:00


ELEIÇÃO 33
No Grande ABC, deu oposição, com a vitória do MDB de Lincoln Grillo em Santo André, Tito Costa em São Bernardo, Raimundo da Cunha Leite em São Caetano, Lauro Michels em Diadema, Dorival Rezende em Mauá e o jovem Aarão Teixeira em Rio Grande da Serra.
A Arena ganhou com Luiz Carlos Grecco em Ribeirão Pires.
Total de eleitores em 1976 na região: 632.938, segundo levantamento do Diário do Grande ABC à época.

Grillo e a vitória sobre Brandão.

Tito suplanta o velho Pinotti.

Raimundo vence Dall’Anese e Tortorello.

Michels ganha do eterno adversário Evandro

Dorival supera Bernardi e Leonel Damo.

Romaldini ganha, Grecco assume.

Aarão Teixeira, a vitória da juventude.

511 – Lincoln Grillo foi eleito prefeito de Santo André, com Timóteo Moya Sanches de vice: 73,8 mil votos contra 54,1 mil obtidos por Newton Brandão. Por legenda, MDB, 116,2 mil votos, Arena, 77,4 mil.
Pelo MDB, três sublegendas: Grillo/Timóteo, Torquato Ribeiro/Antonio Razzopi; José Sampaio/Crolinda Sampaio.
Pela Arena, também três sublegendas: Brandão/Henrique Calderazzo, Álvaro Nosé/ Ranulpho Ferreira Rocha e Norberto Fernandes/Serafim Vicente.
Composição da CMSA: MDB 12, Arena 7.
512 – Tito Costa, suplente do senador Franco Montoro, ganhou em São Bernardo, com Mario Ladeia de vice: 60,2 mil votos; o segundo colocado, Elcio Candido, o Macalé, pela Arena, apoiado pelo prefeito Geraldo Faria e com Mauricio de Castro de vice, obteve 31,4 mil votos.
Pelo MDB, três chapas: Tito/Ladeia, Odemir Furlan/Domingos Gutierrez e José Eduardo Fornari Novo/Tércio Nelli.
Pela Arena, duas chapas: Élcio/Mauricio e Aldino Pinotti/Antonio Dias Amorim.
Por legenda: MDB, 73,5 mil votos; Arena, 51,8 mil.
Composição da CMSBC: MDB 10; Arena, 9.
513 – Em São Caetano, Raimundo da Cunha Leite foi eleito prefeito, com João Dal’Mas vice-prefeito. A dobradinha recebeu 32,2 mil votos; em segundo lugar, Gentil Pelo MDB, três sublegendas: Raimundo/Dal’Mas, Oscar Leite/Francisco Campanella e José Jayme Tavares/José Alt.
Pela Arena, também três sublegendas: Antonio José Dall’Anese/João Bonaparte; Gentil Monte/Luiz Olinto Tortorello; Odilon de Souza Mello/Maria Teresa de Souza Mello.
Composição da CMSCS: MDB 10; Arena 7.
514 – Em Diadema, Lauro Michels/Romeu da Costa Pereira foram eleitos prefeito e vice com 16,9 mil votos; em segundo lugar, Marion/Adolfo, com 8,4 mil votos.
Pelo MDB, três sublegendas: Michels/Romeu, Marion Magali de Oliveira/Adolfo Alves de Oliveira; e Manoel da Rocha Miranda/Helio Fonseca.
Pela Arena, duas sublegendas: Francisco Villas Boas/João Gerizani; Evandro Esquivel/Nelson Esquerdo.
Composição da CMD: MDB 9; Arena 6.
515 – Em Mauá, Dorival Rezende/Eden Brasil eleitos, com 12,5 mil votos, seguidos por Leonel Damo/Boscariol com 11,9 mil votos.
Pelo MDB, duas sublegendas: Dorival/Eden; Manoel Moreira/João Sérgio Rimazza.
Pela Arena, três sublegendas: Leonel Damo/José Boscariol; Elio Bernardi/Waldemar Coppini; Nelson Polydoro/Geraldo Cavalcanti.
Composição da CMM: MDB 9, Arena 6.
516 – Em Ribeirão Pires, vitória de Luiz Carlos Grecco/João Mazziero, com 4.000 votos; Waldemar Romaldini/Odani João de Lima foram os mais votados, com 7.300 votos; perderam na soma dos votos das sublegendas da Arena.
A Arena concorreu com três sublegendas: Grecco/Mazziero, Antonio Simões/Welson dos Santos Ferreira e Santinho Carnavale/Waldir Paterli.</CW>
Pelo MDB, sublegenda única: Romaldini/Odani.
517 – Em Rio Grande da Serra, vitória do MDB de Aarão Edmundo Jardim Teixeira com Francisco Aparecido da Silva de vice, com 1.359 votos.
O MDB apresentou três sublegendas: Aarão/Francisco; José Gomes Leão/Ariovaldo dos Santos; José Franco/Eliezer Menezes.
Também a Arena concorreu com três chapas: Onei Figueiredo/Dario Bello; Waldemar Asnar Pirilo/Oswaldo Pereira e Benedito Rezende/Alvino Godoi.
518 – Os vereadores mais votados em 1976, em cada uma das sete cidades:
- Santo André: Antonio Maria Filho (Arena): 5.806 votos.
- São Bernardo: Aron Galante (MDB): 5.999 votos.
- São Caetano: Roberto Leandrini (MDB): 3.391 votos.
- Diadema: Maugério de Oliveira (MDB): 1.857.
- Mauá: Alexandre Marciano Ratti (MDB): 1.920.
- Ribeirão Pires: João Batista Rocha (MDB): 636 votos.
- Rio Grande da Serra: João Antonio de Oliveira: 248 votos.</CW>
519 – “A vitória não deve ser creditada ao MDB, nem à qualidade de seus candidatos, mas sim à demagogia, porque não prevaleceram as credenciais dos postulantes”.
Prefeito Antonio Pezzolo, que apoiou o secretário Álvaro Nosé à sua sucessão.
520 – Já no País, a vitória numérica da Arena deu ao presidente Geisel condições para o início das reformas eleitorais pleiteadas tanto pela situação como pela oposição – é o que veremos na sequência desta série.

Diário há meio século

Quinta-feira, 4 de março de 1971 – ano 13, edição 1476

Manchete – Via Anchieta já com tráfego normalizado
Com a paralisação das chuvas, voltou à normalidade o tráfego de veículos leves na Via Anchieta, que corria o risco de ser interditado devido às constantes quedas de barreiras.

Em 4 de março de...
1956 –Sobe o nível da Represa Billings, a maior da Light para a produção de energia elétrica.
- Lançada em São Paulo, antes mesmo de sua apresentação no Rio, o filme Rio, 40 graus, de Nelson Pereira dos Santos.

Santo do Dia

CASIMIRO (1458-1484).Ao falecer, bastante jovem, passou a ser venerado pelos povos polonês, lituano, húngaro, russo e depois em toda a Europa e mundo afora<



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Os 37 candidatos a prefeito em 1976

Eram permitidas três sublegendas por partido e no Grande ABC até a pequena Rio Grande da Serra preencheu as seis chapas possíveis na sua terceira eleição municipal. Mas houve exceções

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

04/03/2021 | 07:00


ELEIÇÃO 33
No Grande ABC, deu oposição, com a vitória do MDB de Lincoln Grillo em Santo André, Tito Costa em São Bernardo, Raimundo da Cunha Leite em São Caetano, Lauro Michels em Diadema, Dorival Rezende em Mauá e o jovem Aarão Teixeira em Rio Grande da Serra.
A Arena ganhou com Luiz Carlos Grecco em Ribeirão Pires.
Total de eleitores em 1976 na região: 632.938, segundo levantamento do Diário do Grande ABC à época.

Grillo e a vitória sobre Brandão.

Tito suplanta o velho Pinotti.

Raimundo vence Dall’Anese e Tortorello.

Michels ganha do eterno adversário Evandro

Dorival supera Bernardi e Leonel Damo.

Romaldini ganha, Grecco assume.

Aarão Teixeira, a vitória da juventude.

511 – Lincoln Grillo foi eleito prefeito de Santo André, com Timóteo Moya Sanches de vice: 73,8 mil votos contra 54,1 mil obtidos por Newton Brandão. Por legenda, MDB, 116,2 mil votos, Arena, 77,4 mil.
Pelo MDB, três sublegendas: Grillo/Timóteo, Torquato Ribeiro/Antonio Razzopi; José Sampaio/Crolinda Sampaio.
Pela Arena, também três sublegendas: Brandão/Henrique Calderazzo, Álvaro Nosé/ Ranulpho Ferreira Rocha e Norberto Fernandes/Serafim Vicente.
Composição da CMSA: MDB 12, Arena 7.
512 – Tito Costa, suplente do senador Franco Montoro, ganhou em São Bernardo, com Mario Ladeia de vice: 60,2 mil votos; o segundo colocado, Elcio Candido, o Macalé, pela Arena, apoiado pelo prefeito Geraldo Faria e com Mauricio de Castro de vice, obteve 31,4 mil votos.
Pelo MDB, três chapas: Tito/Ladeia, Odemir Furlan/Domingos Gutierrez e José Eduardo Fornari Novo/Tércio Nelli.
Pela Arena, duas chapas: Élcio/Mauricio e Aldino Pinotti/Antonio Dias Amorim.
Por legenda: MDB, 73,5 mil votos; Arena, 51,8 mil.
Composição da CMSBC: MDB 10; Arena, 9.
513 – Em São Caetano, Raimundo da Cunha Leite foi eleito prefeito, com João Dal’Mas vice-prefeito. A dobradinha recebeu 32,2 mil votos; em segundo lugar, Gentil Pelo MDB, três sublegendas: Raimundo/Dal’Mas, Oscar Leite/Francisco Campanella e José Jayme Tavares/José Alt.
Pela Arena, também três sublegendas: Antonio José Dall’Anese/João Bonaparte; Gentil Monte/Luiz Olinto Tortorello; Odilon de Souza Mello/Maria Teresa de Souza Mello.
Composição da CMSCS: MDB 10; Arena 7.
514 – Em Diadema, Lauro Michels/Romeu da Costa Pereira foram eleitos prefeito e vice com 16,9 mil votos; em segundo lugar, Marion/Adolfo, com 8,4 mil votos.
Pelo MDB, três sublegendas: Michels/Romeu, Marion Magali de Oliveira/Adolfo Alves de Oliveira; e Manoel da Rocha Miranda/Helio Fonseca.
Pela Arena, duas sublegendas: Francisco Villas Boas/João Gerizani; Evandro Esquivel/Nelson Esquerdo.
Composição da CMD: MDB 9; Arena 6.
515 – Em Mauá, Dorival Rezende/Eden Brasil eleitos, com 12,5 mil votos, seguidos por Leonel Damo/Boscariol com 11,9 mil votos.
Pelo MDB, duas sublegendas: Dorival/Eden; Manoel Moreira/João Sérgio Rimazza.
Pela Arena, três sublegendas: Leonel Damo/José Boscariol; Elio Bernardi/Waldemar Coppini; Nelson Polydoro/Geraldo Cavalcanti.
Composição da CMM: MDB 9, Arena 6.
516 – Em Ribeirão Pires, vitória de Luiz Carlos Grecco/João Mazziero, com 4.000 votos; Waldemar Romaldini/Odani João de Lima foram os mais votados, com 7.300 votos; perderam na soma dos votos das sublegendas da Arena.
A Arena concorreu com três sublegendas: Grecco/Mazziero, Antonio Simões/Welson dos Santos Ferreira e Santinho Carnavale/Waldir Paterli.</CW>
Pelo MDB, sublegenda única: Romaldini/Odani.
517 – Em Rio Grande da Serra, vitória do MDB de Aarão Edmundo Jardim Teixeira com Francisco Aparecido da Silva de vice, com 1.359 votos.
O MDB apresentou três sublegendas: Aarão/Francisco; José Gomes Leão/Ariovaldo dos Santos; José Franco/Eliezer Menezes.
Também a Arena concorreu com três chapas: Onei Figueiredo/Dario Bello; Waldemar Asnar Pirilo/Oswaldo Pereira e Benedito Rezende/Alvino Godoi.
518 – Os vereadores mais votados em 1976, em cada uma das sete cidades:
- Santo André: Antonio Maria Filho (Arena): 5.806 votos.
- São Bernardo: Aron Galante (MDB): 5.999 votos.
- São Caetano: Roberto Leandrini (MDB): 3.391 votos.
- Diadema: Maugério de Oliveira (MDB): 1.857.
- Mauá: Alexandre Marciano Ratti (MDB): 1.920.
- Ribeirão Pires: João Batista Rocha (MDB): 636 votos.
- Rio Grande da Serra: João Antonio de Oliveira: 248 votos.</CW>
519 – “A vitória não deve ser creditada ao MDB, nem à qualidade de seus candidatos, mas sim à demagogia, porque não prevaleceram as credenciais dos postulantes”.
Prefeito Antonio Pezzolo, que apoiou o secretário Álvaro Nosé à sua sucessão.
520 – Já no País, a vitória numérica da Arena deu ao presidente Geisel condições para o início das reformas eleitorais pleiteadas tanto pela situação como pela oposição – é o que veremos na sequência desta série.

Diário há meio século

Quinta-feira, 4 de março de 1971 – ano 13, edição 1476

Manchete – Via Anchieta já com tráfego normalizado
Com a paralisação das chuvas, voltou à normalidade o tráfego de veículos leves na Via Anchieta, que corria o risco de ser interditado devido às constantes quedas de barreiras.

Em 4 de março de...
1956 –Sobe o nível da Represa Billings, a maior da Light para a produção de energia elétrica.
- Lançada em São Paulo, antes mesmo de sua apresentação no Rio, o filme Rio, 40 graus, de Nelson Pereira dos Santos.

Santo do Dia

CASIMIRO (1458-1484).Ao falecer, bastante jovem, passou a ser venerado pelos povos polonês, lituano, húngaro, russo e depois em toda a Europa e mundo afora<

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;