Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Normalizado abastecimento de água no Batistini e Alvarenga


Angela Martins
Especial para o Diário

04/04/2006 | 08:14


O abastecimento de água nos bairros Alvarenga e Batistini, em São Bernardo, foi normalizado na manhã de segunda-feira, de acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e moradores do bairro. A população daquela área ficou sem água por dois dias, depois que uma adutora da companhia rompeu.

A tubulação estourou na noite de sexta-feira, na altura do Jardim do Lago, no mesmo município. Por conta do acidente, quatro residências e uma avicultura ficaram alagadas. Mais de 60 mil pessoas ficaram sem água, cortada por volta da 1h de sábado para que fossem feitos reparos.

No entanto, só na manhã de sábado a Sabesp começou a fazer a troca de parte da tubulação e a contabilizar os danos materiais sofridos pelos moradores. Nos imóveis atingidos pela água, os moradores perderam móveis, roupas, eletrodomésticos e alimentos.

Na ocasião, o técnico Roger Gregório, da Sabesp, explicou que os moradores que tiveram prejuízos por conta do alagamento deveriam reunir documentos pessoais e providenciar três orçamentos de avaliação dos danos e entregar à companhia. Assim que a documentação for entregue à Sabesp, a indenização deverá saie no prazo de até 60 dias. Segunda-feira, porém, os moradores ainda não tinham providenciado a documentação necessária. (Supervisão de Andrea Catão)


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Normalizado abastecimento de água no Batistini e Alvarenga

Angela Martins
Especial para o Diário

04/04/2006 | 08:14


O abastecimento de água nos bairros Alvarenga e Batistini, em São Bernardo, foi normalizado na manhã de segunda-feira, de acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e moradores do bairro. A população daquela área ficou sem água por dois dias, depois que uma adutora da companhia rompeu.

A tubulação estourou na noite de sexta-feira, na altura do Jardim do Lago, no mesmo município. Por conta do acidente, quatro residências e uma avicultura ficaram alagadas. Mais de 60 mil pessoas ficaram sem água, cortada por volta da 1h de sábado para que fossem feitos reparos.

No entanto, só na manhã de sábado a Sabesp começou a fazer a troca de parte da tubulação e a contabilizar os danos materiais sofridos pelos moradores. Nos imóveis atingidos pela água, os moradores perderam móveis, roupas, eletrodomésticos e alimentos.

Na ocasião, o técnico Roger Gregório, da Sabesp, explicou que os moradores que tiveram prejuízos por conta do alagamento deveriam reunir documentos pessoais e providenciar três orçamentos de avaliação dos danos e entregar à companhia. Assim que a documentação for entregue à Sabesp, a indenização deverá saie no prazo de até 60 dias. Segunda-feira, porém, os moradores ainda não tinham providenciado a documentação necessária. (Supervisão de Andrea Catão)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;