Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cerezo deixa Guarani após 1º jogo


Bignardi Junior
Especial para o Diário
Com Agências

15/04/2006 | 09:46


A trupe paulista entra no Campeonato Brasileiro da Série B como o Estado que tem o maior número de participantes da competição. No entanto, as equipes não se reforçaram muito. Quem mais contratou foi o Marília, inclusive com ex-jogadores de Santo André e São Caetano.

Rebaixado no Campeonato Paulista, o Guarani estréia no Campeonato Brasileiro da Série B contra o CRB, hoje à noite, no Brinco de Ouro, em Campinas, mas continua com seu inferno astral. A cada dia acontece um fato diferente. Ontem, o técnico Toninho Cerezo - contratado pela parceira do Guarani por vultosos R$ 170 mil - jogou ainda mais lenha na fogueira. Sobrou para todo mundo: elenco, diretoria e já avisou que não vai continuar no clube. No entanto, vai dirigir o time hoje. "Vou fazer minha obrigação", diz. As dificuldades e problemas do clube são grandes, segundo o técnico. "Nunca vi tanta bagunça e confusão dentro do futebol. O time é fraco, faltam salários, sobram problemas pessoais. Todo dia é preciso apagar fogueira. Não vou colocar a cara para bater, porque não vejo saída e não se tem auxílio de nenhum lado", desabafou.

Cerezo disse ainda que o clube não tem comando "e que até funcionário dá palpite". E ironizou a situação: "Do jeito que está, nem folha de arruda vai adiantar porque vai secar em 20 minutos". Com relação ao elenco, confirmou que há uma ampla divisão, pelo menos em quatro grupos.

Marília - Nada mais, nada menos, que 14 jogadores foram contratados pela diretoria do Marília, com vistas ao Campeonato Brasileiro da Série B. Entre eles, Júlio César, ex-goleiro do Santo André, Marcio Richards e Neto Potiguar, ex-São Caetano. Outros nomes já bastante conhecidos pela torcida paulista atuarão pelo MAC: os atacantes Marcos Dener, ex-Flamengo, e Creedence, ex-Guarani, além do meia Moscatelli, que estava jogando no futebol da Bélgica. O provável time que enfrenta o Atlético-MG, no Bento de Abreu, em casa, terá Bruno, Rafael Mineiro, Gum, Alex Mineiro e Tidão; Fernando, Jéferson, David e Eder; Wellington Amorin e Sandro Gaúcho.

Lusa - Após amargar a queda para a Segunda Divisão do Campeonato Paulista, a Portuguesa de Desportos trouxe o zagueiro Santiago, jogador do América, revelação do Campeonato Carioca de 2006. O técnico Edinho acredita que será de fundamental importância começar o campeonato com vitória contra o São Raimundo, de Manaus, hoje à tarde, no Canindé. "Temos de vencer em casa de qualquer jeito. É de extrema importância iniciarmos com os três pontos", afirmou o treinador.

Ituano - O Ituano vai até o Rio Grande do Norte para enfrentar o América já sabendo que na segunda rodada, quando jogaria em casa, ao lado da torcida, terá de enfrentar o Paulista, de Jundiaí, em Americana. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) resolveu acatar a punição da FPF (Federação Paulista de Futebol), quando o rubro-negro jogou contra o São Paulo, pela última partida do Paulistão, em Mogi Mirim, por não contar com boa iluminação no estádio Novelli Junior, em Itu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cerezo deixa Guarani após 1º jogo

Bignardi Junior
Especial para o Diário
Com Agências

15/04/2006 | 09:46


A trupe paulista entra no Campeonato Brasileiro da Série B como o Estado que tem o maior número de participantes da competição. No entanto, as equipes não se reforçaram muito. Quem mais contratou foi o Marília, inclusive com ex-jogadores de Santo André e São Caetano.

Rebaixado no Campeonato Paulista, o Guarani estréia no Campeonato Brasileiro da Série B contra o CRB, hoje à noite, no Brinco de Ouro, em Campinas, mas continua com seu inferno astral. A cada dia acontece um fato diferente. Ontem, o técnico Toninho Cerezo - contratado pela parceira do Guarani por vultosos R$ 170 mil - jogou ainda mais lenha na fogueira. Sobrou para todo mundo: elenco, diretoria e já avisou que não vai continuar no clube. No entanto, vai dirigir o time hoje. "Vou fazer minha obrigação", diz. As dificuldades e problemas do clube são grandes, segundo o técnico. "Nunca vi tanta bagunça e confusão dentro do futebol. O time é fraco, faltam salários, sobram problemas pessoais. Todo dia é preciso apagar fogueira. Não vou colocar a cara para bater, porque não vejo saída e não se tem auxílio de nenhum lado", desabafou.

Cerezo disse ainda que o clube não tem comando "e que até funcionário dá palpite". E ironizou a situação: "Do jeito que está, nem folha de arruda vai adiantar porque vai secar em 20 minutos". Com relação ao elenco, confirmou que há uma ampla divisão, pelo menos em quatro grupos.

Marília - Nada mais, nada menos, que 14 jogadores foram contratados pela diretoria do Marília, com vistas ao Campeonato Brasileiro da Série B. Entre eles, Júlio César, ex-goleiro do Santo André, Marcio Richards e Neto Potiguar, ex-São Caetano. Outros nomes já bastante conhecidos pela torcida paulista atuarão pelo MAC: os atacantes Marcos Dener, ex-Flamengo, e Creedence, ex-Guarani, além do meia Moscatelli, que estava jogando no futebol da Bélgica. O provável time que enfrenta o Atlético-MG, no Bento de Abreu, em casa, terá Bruno, Rafael Mineiro, Gum, Alex Mineiro e Tidão; Fernando, Jéferson, David e Eder; Wellington Amorin e Sandro Gaúcho.

Lusa - Após amargar a queda para a Segunda Divisão do Campeonato Paulista, a Portuguesa de Desportos trouxe o zagueiro Santiago, jogador do América, revelação do Campeonato Carioca de 2006. O técnico Edinho acredita que será de fundamental importância começar o campeonato com vitória contra o São Raimundo, de Manaus, hoje à tarde, no Canindé. "Temos de vencer em casa de qualquer jeito. É de extrema importância iniciarmos com os três pontos", afirmou o treinador.

Ituano - O Ituano vai até o Rio Grande do Norte para enfrentar o América já sabendo que na segunda rodada, quando jogaria em casa, ao lado da torcida, terá de enfrentar o Paulista, de Jundiaí, em Americana. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) resolveu acatar a punição da FPF (Federação Paulista de Futebol), quando o rubro-negro jogou contra o São Paulo, pela última partida do Paulistão, em Mogi Mirim, por não contar com boa iluminação no estádio Novelli Junior, em Itu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;