Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Punido, Corinthians entra com recurso

Clube espera cassar liminar que impede a presença de torcida nos jogos iniciais na Libertadores


das Agências

23/02/2013 | 07:30


O Corinthians recorreu ontem, no fim da tarde, da punição recebida da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) pela morte do boliviano Kevin Douglas Beltrán Espada, 14 anos, vítima de sinalizador soltado pela torcida corintiana no empate (1 a 1) com o San José, quarta-feira, em Oruro, na estreia da Libertadores. A entidade determinou que o clube não poderá receber torcedores nos jogos da primeira fase ou até que o caso seja julgado.

Os advogados do Corinthians mostraram inconformismo com a decisão e bastante otimismo em reverter a situação. "Temos certeza de que nós vamos conseguir reverter essa liminar que, ao nosso ver, é totalmente descabida e abrupta. Não tivemos chance de defesa. O inquérito policial na Bolívia ainda não terminou. Não se apurou a responsabilidade individual", explicou o diretor jurídico do clube, Luiz Alberto Bussab, que espera resposta até segunda-feira.

A linha de defesa adotada pelo Corinthians é a de que o clube não pode ser responsabilizado por atos da sua torcida. "Não houve nenhuma ajuda financeira, nenhuma contribuição, nenhum incentivo sequer. Não existe relação econômica ou de subvenção entre torcida organizada e Corinthians. Só existe respeito e diálogo", ressaltou o dirigente.

 

TORCEDORES PRESOS

Enquanto o Corinthians luta para anular a punição aplicada pela Conmebol, os 12 torcedores retidos ao fim da partida continuam presos na Bolívia. Depois de indiciados - dois como autores e dez como cúmplices -, ontem eles tiveram a prisão decretada e foram transferidos para a penitenciária de Oruro, que fica a 200 metros do Estádio Jesus Bermudez, onde ocorreu a tragédia.

Na segunda-feira, o advogado boliviano Jaime Luiz Flores - oferecido pela Embaixada Brasileira - vai entrar com recurso para suspender a prisão preventiva, decretada ontem pelo juiz Julio Guarachi. Mesmo que seja acatado, os torcedores deverão ficar na Bolívia até o fim das investigações, que podem levar seis meses.

De acordo com o ministro conselheiro da Embaixada Brasileira na Bolívia, Eduardo Saboya, que teve contato com o grupo preso, todos querem colaborar com as investigações. "Eles reclamaram que não tiveram acesso às imagens para que pudessem ajudar a identificar o autor do disparo do sinalizador. Eles estão nervosos e abalados, e reafirmam que são inocentes", declarou o embaixador.

 

Torcida promete cercar estádio em dia de jogo

Horas depois de oficializada a punição ao Corinthians, as principais torcidas organizadas do clube já se articularam nas redes sociais para assistir ao jogo contra o Milionários, na quarta-feira, nos arredores do Pacaembu, caso não possam entrar no estádio.

"Não pode ser toda a Fiel que pague por uma fatalidade. Se o Coringão realmente for punido, é critério da Justiça, não dá para a gente palpitar. Mas vamos ver o que as torcidas vão decidir. A gente vai estar lá, dentro ou fora de campo, vamos dar um jeito", afirmou Diego Batista, diretor da Camisa 12, ao portal UOL.

Se tiver de jogar sem torcida, o Corinthians promete devolver o dinheiro das mais de 85 mil pessoas que compraram antecipadamente os bilhetes. Ontem, o clube suspendeu oficialmente as vendas.

A punição pode gerar prejuízo de cerca de R$ 15 milhões só com a bilheteria. O valor é superior a um terço do que o clube investiu na contratação do atacante Alexandre Pato, avaliada em R$ 42 milhões. Se a punição ficar restrita à fase de grupos, o prejuízo cai para R$ 7 milhões. A suspensão vale até que a Conmebol tome a decisão final.(das Agências)

 

Tite deve escalar time misto amanhã, diante do Bragantino

De olho no jogo de quarta-feira contra o Milionários, pela Libertadores, o Corinthians deve pegar o Bragantino, amanhã, pelo Paulistão, com time cheio de reservas. Estão confirmadas as ausências de Alessandro, Danilo e Emerson, poupados, além de Jorge Henrique, com lesão na coxa direita.

O técnico Tite vai confirmar a escalação após o treino de hoje. Nas vagas de Alessandro, Jorge Henrique e Emerson, devem entrar Edenílson, Renato Augusto e Pato. A dúvida está em quem ocupará o lugar de Danilo. O meia Douglas é a primeira opção, mas Tite pode optar por reforçar a marcação. O volante Guilherme aparece como opção, assim Paulinho teria mais liberdade.

Ontem, Tite comandou trabalho leve. Em clima descontraído, os jogadores participaram de ‘rachão' por 25 minutos. Por causa da forte chuva que chegou a alagar algumas áreas do CT Joaquim Grava, os corintianos fizeram exercícios na academia e demoraram uma hora para ir ao gramado. O zagueiro Chicão, recuperado após cirurgia no joelho direito, participou e marcou dois gols. (das Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;