Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Dilma no volume morto na região

Em reunião com líderes religiosos, o ex-presidente Lula disse que sua sucessora, Dilma Rousseff, estava no volume morto, ao lado do PT, em referência às baixíssimas taxas de popularidade


Do Diário do Grande ABC

26/06/2015 | 07:00


Em reunião com líderes religiosos, o ex-presidente Lula disse que sua sucessora, Dilma Rousseff, estava no volume morto, ao lado do PT, em referência às baixíssimas taxas de popularidade. Citou até mesmo uma pesquisa interna feita no Grande ABC, que mostra: 75% dos moradores da região reprovam o governo Dilma. Sinal de alerta está mais do que ligado no PT. E sobrou para os deputados petistas das sete cidades para tentar amenizar o clima. O PT tem três prefeitos – Carlos Grana (Santo André), Luiz Marinho (São Bernardo) e Mauá (Donisete Braga) – e conta com plano de, pelo menos, manter essa base. Só que já sabe que será difícil, pois as mesmas sondagens apresentam a oposição favorita ou incomodando. Os deputados estaduais Teonílio Barba, Luiz Fernando Teixeira, Luiz Turco e Ana do Carmo, além do federal Vicentinho, terão de ir às ruas para falar bem de Dilma. Serão obrigados a tirá-la do volume morto, pelo menos na popularidade no Grande ABC. Estranho mesmo é o fato de Marinho, que foi coordenador de campanha de Dilma no Estado e que se gabava pelo status, não estar inserido nesta pressão feita pela cúpula da legenda para que os números da presidente da República melhorem na região.

Mateus Prado, de novo
O educador Mateus Prado decidiu ser candidato a prefeito de Mauá, de novo, desta vez pela Rede Sustentabilidade, partido idealizado pela ex-senadora Marina Silva, presidenciável pelo PSB. Mateus Prado concorreu em 2008 e já transitou por quase todas as alas políticas da cidade, passando por PSDB, PT e Psol. E promete dar trabalho.

De saída
Os vereadores tucanos Hiroyuki Minami e Juarez Tudo Azul, de São Bernardo, acham estranha a ausência política do ex-prefeito William Dib no PSDB local. Desde que o deputado estadual Orlando Morando assumiu a comissão da cidade, Dib não é mais visto em atividades políticas. Nem mesmo chamou a bancada para conversar sobre seu futuro. Será prenúncio de saída do PSDB?

Rasteira
Mensagem da ex-primeira-dama de Santo André Denise Ravin no Facebook deixou a cúpula do PSB andreense ressabiada. Ela escreveu ‘verde que te quero, verde’, em comentário direcionado ao marido, o ex-prefeito Aidan Ravin (PSB). Aidan negocia com o PV a mudança partidária, mas ele nega publicamente. O PSB, que ainda espera, parece que será passado para trás. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dilma no volume morto na região

Em reunião com líderes religiosos, o ex-presidente Lula disse que sua sucessora, Dilma Rousseff, estava no volume morto, ao lado do PT, em referência às baixíssimas taxas de popularidade

Do Diário do Grande ABC

26/06/2015 | 07:00


Em reunião com líderes religiosos, o ex-presidente Lula disse que sua sucessora, Dilma Rousseff, estava no volume morto, ao lado do PT, em referência às baixíssimas taxas de popularidade. Citou até mesmo uma pesquisa interna feita no Grande ABC, que mostra: 75% dos moradores da região reprovam o governo Dilma. Sinal de alerta está mais do que ligado no PT. E sobrou para os deputados petistas das sete cidades para tentar amenizar o clima. O PT tem três prefeitos – Carlos Grana (Santo André), Luiz Marinho (São Bernardo) e Mauá (Donisete Braga) – e conta com plano de, pelo menos, manter essa base. Só que já sabe que será difícil, pois as mesmas sondagens apresentam a oposição favorita ou incomodando. Os deputados estaduais Teonílio Barba, Luiz Fernando Teixeira, Luiz Turco e Ana do Carmo, além do federal Vicentinho, terão de ir às ruas para falar bem de Dilma. Serão obrigados a tirá-la do volume morto, pelo menos na popularidade no Grande ABC. Estranho mesmo é o fato de Marinho, que foi coordenador de campanha de Dilma no Estado e que se gabava pelo status, não estar inserido nesta pressão feita pela cúpula da legenda para que os números da presidente da República melhorem na região.

Mateus Prado, de novo
O educador Mateus Prado decidiu ser candidato a prefeito de Mauá, de novo, desta vez pela Rede Sustentabilidade, partido idealizado pela ex-senadora Marina Silva, presidenciável pelo PSB. Mateus Prado concorreu em 2008 e já transitou por quase todas as alas políticas da cidade, passando por PSDB, PT e Psol. E promete dar trabalho.

De saída
Os vereadores tucanos Hiroyuki Minami e Juarez Tudo Azul, de São Bernardo, acham estranha a ausência política do ex-prefeito William Dib no PSDB local. Desde que o deputado estadual Orlando Morando assumiu a comissão da cidade, Dib não é mais visto em atividades políticas. Nem mesmo chamou a bancada para conversar sobre seu futuro. Será prenúncio de saída do PSDB?

Rasteira
Mensagem da ex-primeira-dama de Santo André Denise Ravin no Facebook deixou a cúpula do PSB andreense ressabiada. Ela escreveu ‘verde que te quero, verde’, em comentário direcionado ao marido, o ex-prefeito Aidan Ravin (PSB). Aidan negocia com o PV a mudança partidária, mas ele nega publicamente. O PSB, que ainda espera, parece que será passado para trás. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;