Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Poemas homéricos são bons para o coração, diz pesquisa


Da AFP

06/08/2004 | 13:55


Uma pesquisa feita por médicos das universidades de Witten (oeste da Alemanha) e Berna (Suíça) revela que os versos do poeta épico grego Homero, a quem se atribui a autoria da Ilíada e da Odisséia, não só reconfortam o espírito, mas também são bons para a circulação sangüínea e o coração.

O ritmo especial dos antigos versos tem efeitos positivos nas relações entre os sistemas cardíaco e respiratório e pode inclusive reduzir a pressão arterial, disse o cientista, Dirk Cysarz.

O ritmo respiratório lento condicionado pela leitura dos hexâmetros homéricos produz uma seqüência de batidas harmoniosa e regular do coração. "Aparentemente, o hexâmetro ajuda o organismo a encontrar seu próprio ritmo ideal", disse Cysarz.

Os médicos constataram ainda que rezar o rosário (na religião católica) e a pronúncia da sílaba "om" nos ritos hindus ou budistas têm efeitos positivos no organismo humano, motivo pelo qual continuarão suas investigações sobre sua influência na pressão arterial.

"Logicamente, os médicos não deixarão de receitar medicamentos aos pacientes para suas doenças. Mas esta terapia pode ser adicional e não pode causar dano algum", disse o cientista.

O pesquisador advertiu ainda que os versos homéricos têm efeitos secundários na educação porque podem "exercer grande influência em filósofos, escritores e na cultura em geral".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;