Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mutirão fará teste de visão para 1.700 crianças


Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

22/04/2010 | 07:08


Amanhã, cerca de 1.700 crianças da região serão atendidas no mutirão oftalmológico da Faculdade de Medicina do ABC (Avenida Princesa Isabel, 821 - Vila Príncipe de Gales), em Santo André, das 8h às 17h. Na iniciativa, em comemoração aos 25 anos do Departamento de Oftalmologia da faculdade, serão doados óculos gratuitamente.

Durante todo o dia, mais de 100 médicos e estudantes da Faculdade de Medicina farão as consultas. O objetivo deles é identificar jovens com problemas de visão, como refração ou outras enfermidades oculares, e encaminhá-los para tratamento.

"Geralmente cerca de 10% das crianças de qualquer cidade têm problemas oftalmológicos. Com esse mutirão, vamos ajudar a intensificar os cuidados dos pais e incentivar eles a levar os filhos ao oftalmologista com frequência", disse o professor titular e chefe da Disciplina de Oftalmologia José Ricardo Rehder.

As crianças passarão por vários exames. A estimativa é que muitos problemas sejam resolvidos durante o mutirão.

TRIAGEM
Os alunos que serão examinados foram previamente selecionados nas escolas municipais de algumas cidades da região durante o mês de março. Eles devem ter idades de 6 a 7 anos. Para participar, as crianças receberão camisetas coloridas. Outras pessoas não serão atendidas.

Como maneira de incentivar a prevenção de doenças oculares entre as crianças, a faculdade distribuiu para as escolas tabelas de acuidade visual e um questionário que foi aplicado para identificar perfis de risco para a saúde ocular, entre eles hereditariedade ou traumatismos.

RIBEIRÃO PIRES
Ribeirão Pires foi a cidade que encaminhou mais alunos para verificação ocular com 682 casos, representando 30% de todos as crianças examinadas na cidade e 40% do todas que serão atendidas no mutirão. Em número de atendimentos, em seguida, vem Mauá, com 549 crianças, São Caetano, 396, e Rio Grande da Serra com 74 crianças completam a lista do mutirão de amanhã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mutirão fará teste de visão para 1.700 crianças

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

22/04/2010 | 07:08


Amanhã, cerca de 1.700 crianças da região serão atendidas no mutirão oftalmológico da Faculdade de Medicina do ABC (Avenida Princesa Isabel, 821 - Vila Príncipe de Gales), em Santo André, das 8h às 17h. Na iniciativa, em comemoração aos 25 anos do Departamento de Oftalmologia da faculdade, serão doados óculos gratuitamente.

Durante todo o dia, mais de 100 médicos e estudantes da Faculdade de Medicina farão as consultas. O objetivo deles é identificar jovens com problemas de visão, como refração ou outras enfermidades oculares, e encaminhá-los para tratamento.

"Geralmente cerca de 10% das crianças de qualquer cidade têm problemas oftalmológicos. Com esse mutirão, vamos ajudar a intensificar os cuidados dos pais e incentivar eles a levar os filhos ao oftalmologista com frequência", disse o professor titular e chefe da Disciplina de Oftalmologia José Ricardo Rehder.

As crianças passarão por vários exames. A estimativa é que muitos problemas sejam resolvidos durante o mutirão.

TRIAGEM
Os alunos que serão examinados foram previamente selecionados nas escolas municipais de algumas cidades da região durante o mês de março. Eles devem ter idades de 6 a 7 anos. Para participar, as crianças receberão camisetas coloridas. Outras pessoas não serão atendidas.

Como maneira de incentivar a prevenção de doenças oculares entre as crianças, a faculdade distribuiu para as escolas tabelas de acuidade visual e um questionário que foi aplicado para identificar perfis de risco para a saúde ocular, entre eles hereditariedade ou traumatismos.

RIBEIRÃO PIRES
Ribeirão Pires foi a cidade que encaminhou mais alunos para verificação ocular com 682 casos, representando 30% de todos as crianças examinadas na cidade e 40% do todas que serão atendidas no mutirão. Em número de atendimentos, em seguida, vem Mauá, com 549 crianças, São Caetano, 396, e Rio Grande da Serra com 74 crianças completam a lista do mutirão de amanhã.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;