Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Norah Jones é a grande vencedora do Grammy


Do Diário OnLine

24/02/2003 | 09:00


Foto:AFPA grande vencedora do 45º Grammy Awards foi a estreante Norah Jones, premiada em oito categorias. O Brasil perdeu nas duas categorias em que concorria – a cantora Luciana Souza disputava melhor álbum de jazz vocal e o percussionista Duduka da Fonseca, de melhor álbum de jazz latino. Os prêmios foram, respectivamente, para Diana Krall e o Caribbean Jazz Project.

Norah Jones ficou com os prêmios de melhor álbum do ano e melhor álbum de pop vocal, por “Come Away With Me”, escolhida ainda melhor faixa do ano. Também foi premiada como melhor intérprete pop feminina, por "Don't Know Why" e melhor artista estreante. “Nunca pensei que a música que faço seria considerada música popular", disse Jones, 23 anos, que concorria com o veterano Bruce Springsteen por melhor álbum.

Springsteen levou três estatuetas, por “The Rising”, disco inspirado nos ataques de 11 de Setembro. Foi premiado por melhor álbum de rock, melhor intérprete vocal rock masculino e melhor canção rock do ano.

Na categoria rock, o destaque foi a banda britânica Coldplay, que ficou com os prêmios de melhor intérprete rock, na categoria grupos por “In my place”, e melhor álbum alternativo por “A Rush of Blood to the Head”.

A cantora de country Dixie Chicks recebeu quatro prêmios, incluindo melhor álbum country, por “Home” e melhor intérprete country por um dueto ou grupo. O rapper Eminem ganhou o Grammy de melhor álbum de rap. O prêmio de melhor intérprete vocal pop masculino foi para John Mayer, por “Your Body is a Wonderland”.

Também foram premiados o astro do R&B Arie, por melhor álbum (“Voyage to India”) e melhor interpretação alternativa/urbana ("Little Things"), e o grupo pop No Doubt, por melhor interpretação pop em grupo (“Hey Baby”). O Foo Figthers levou o de melhor interpretação de hard rock, por “All my Life”.

Veja os prêmios nas principais categorias:

Single do ano:
"Don't Know Why", Norah Jones

Álbum do ano:
"Come Away With Me", Norah Jones

Música do ano (para o compositor):
"Don't Know Why", Norah Jones, escrita por Jesse Harris

Melhor artista novo:
Norah Jones

Melhor interpretação de pop feminina:
"Don't Know Why", Norah Jones

Melhor interpretação de pop masculina:
"Your Body Is A Wonderland", John Mayer

Melhor álbum pop:
"Come Away With Me", Norah Jones

Melhor interpretação de rock masculina:
"The Rising", Bruce Springsteen

Melhor interpretação de rock feminina:
"Steve McQueen", Sheryl Crow

Melhor álbum de rock:
"The Rising", Bruce Springsteen

Melhor álbum de rap
"The Eminem Show", Eminem

Melhor álbum pop latino:
"Caraluna", Bacilos

Melhor interpretação de country feminina
"Cry", Faith Hill

Melhor interpretação de country masculina
"Give My Love to Rose", Johnny Cash

Melhor álbum de country
"Home", The Dixie Chicks

Melhor álbum de rock latino
"Revolución de Amor", Maná



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Norah Jones é a grande vencedora do Grammy

Do Diário OnLine

24/02/2003 | 09:00


Foto:AFPA grande vencedora do 45º Grammy Awards foi a estreante Norah Jones, premiada em oito categorias. O Brasil perdeu nas duas categorias em que concorria – a cantora Luciana Souza disputava melhor álbum de jazz vocal e o percussionista Duduka da Fonseca, de melhor álbum de jazz latino. Os prêmios foram, respectivamente, para Diana Krall e o Caribbean Jazz Project.

Norah Jones ficou com os prêmios de melhor álbum do ano e melhor álbum de pop vocal, por “Come Away With Me”, escolhida ainda melhor faixa do ano. Também foi premiada como melhor intérprete pop feminina, por "Don't Know Why" e melhor artista estreante. “Nunca pensei que a música que faço seria considerada música popular", disse Jones, 23 anos, que concorria com o veterano Bruce Springsteen por melhor álbum.

Springsteen levou três estatuetas, por “The Rising”, disco inspirado nos ataques de 11 de Setembro. Foi premiado por melhor álbum de rock, melhor intérprete vocal rock masculino e melhor canção rock do ano.

Na categoria rock, o destaque foi a banda britânica Coldplay, que ficou com os prêmios de melhor intérprete rock, na categoria grupos por “In my place”, e melhor álbum alternativo por “A Rush of Blood to the Head”.

A cantora de country Dixie Chicks recebeu quatro prêmios, incluindo melhor álbum country, por “Home” e melhor intérprete country por um dueto ou grupo. O rapper Eminem ganhou o Grammy de melhor álbum de rap. O prêmio de melhor intérprete vocal pop masculino foi para John Mayer, por “Your Body is a Wonderland”.

Também foram premiados o astro do R&B Arie, por melhor álbum (“Voyage to India”) e melhor interpretação alternativa/urbana ("Little Things"), e o grupo pop No Doubt, por melhor interpretação pop em grupo (“Hey Baby”). O Foo Figthers levou o de melhor interpretação de hard rock, por “All my Life”.

Veja os prêmios nas principais categorias:

Single do ano:
"Don't Know Why", Norah Jones

Álbum do ano:
"Come Away With Me", Norah Jones

Música do ano (para o compositor):
"Don't Know Why", Norah Jones, escrita por Jesse Harris

Melhor artista novo:
Norah Jones

Melhor interpretação de pop feminina:
"Don't Know Why", Norah Jones

Melhor interpretação de pop masculina:
"Your Body Is A Wonderland", John Mayer

Melhor álbum pop:
"Come Away With Me", Norah Jones

Melhor interpretação de rock masculina:
"The Rising", Bruce Springsteen

Melhor interpretação de rock feminina:
"Steve McQueen", Sheryl Crow

Melhor álbum de rock:
"The Rising", Bruce Springsteen

Melhor álbum de rap
"The Eminem Show", Eminem

Melhor álbum pop latino:
"Caraluna", Bacilos

Melhor interpretação de country feminina
"Cry", Faith Hill

Melhor interpretação de country masculina
"Give My Love to Rose", Johnny Cash

Melhor álbum de country
"Home", The Dixie Chicks

Melhor álbum de rock latino
"Revolución de Amor", Maná

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;