Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Chácara Silvestre é o local, diz Dib


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

28/04/2007 | 07:04


O prefeito de São Bernardo, William Dib (PSB) bateu o martelo: a Escola de Educação Ecológica será na Chácara Silvestre. O Consórcio Cronacon-Logic, responsável pela obra, recebeu a ordem de serviço para fazer estudo no local, a fim de apresentar um número final de árvores a ser replantadas. “Acredito que não deva chegar a 50 a serem removidas e replantadas”, diz o prefeito.

Ainda citando números, Dib garante que a ordem é que nenhuma planta nativa seja removida. “Um estudo mais apurado pode nos dar a possibilidade de remover até menos que isso. O ideal seria não mexer em nenhuma.” O prefeito acredita que até o final deste semestre a obra tenha início.

Já o secretário especial de Assuntos Voltados à Comunidade, Admir Ferro, diz que a empresa terá um mês para finalizar o projeto de paisagismo. “Enquanto não tiver um laudo técnico do replantio das árvores, a obra não começa.”

Segundo ele, finalizado o estudo, será preciso solicitar novo licenciamento ambiental junto ao governo do Estado. “Porque o documento que temos era apenas da proposta inicial, quando sugerimos o plantio de mudas no lugar das árvores.”

O secretário acredita que das 111 árvores apontadas em uma conversa inicial com a empresa, o número cairá. “Mas é importante esta visita ao local, para falarmos com precisão sobre o projeto para a Escola de Educação Ambiental.”

Mudança - A mudança de rumos foi resultado do protesto de ambientalistas contra o corte de 341 árvores nativas da Chácara. Com abaixo-assinados e manifestações, a administração recuou e determinou que as espécies não poderiam ser prejudicadas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chácara Silvestre é o local, diz Dib

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

28/04/2007 | 07:04


O prefeito de São Bernardo, William Dib (PSB) bateu o martelo: a Escola de Educação Ecológica será na Chácara Silvestre. O Consórcio Cronacon-Logic, responsável pela obra, recebeu a ordem de serviço para fazer estudo no local, a fim de apresentar um número final de árvores a ser replantadas. “Acredito que não deva chegar a 50 a serem removidas e replantadas”, diz o prefeito.

Ainda citando números, Dib garante que a ordem é que nenhuma planta nativa seja removida. “Um estudo mais apurado pode nos dar a possibilidade de remover até menos que isso. O ideal seria não mexer em nenhuma.” O prefeito acredita que até o final deste semestre a obra tenha início.

Já o secretário especial de Assuntos Voltados à Comunidade, Admir Ferro, diz que a empresa terá um mês para finalizar o projeto de paisagismo. “Enquanto não tiver um laudo técnico do replantio das árvores, a obra não começa.”

Segundo ele, finalizado o estudo, será preciso solicitar novo licenciamento ambiental junto ao governo do Estado. “Porque o documento que temos era apenas da proposta inicial, quando sugerimos o plantio de mudas no lugar das árvores.”

O secretário acredita que das 111 árvores apontadas em uma conversa inicial com a empresa, o número cairá. “Mas é importante esta visita ao local, para falarmos com precisão sobre o projeto para a Escola de Educação Ambiental.”

Mudança - A mudança de rumos foi resultado do protesto de ambientalistas contra o corte de 341 árvores nativas da Chácara. Com abaixo-assinados e manifestações, a administração recuou e determinou que as espécies não poderiam ser prejudicadas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;