Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Vendas do varejo registram alta de 3,3% em agosto


Michele Loureiro
Do Diário do Grande ABC

09/10/2009 | 07:00


Em agosto, o comércio varejista paulistano teve alta de 3,3% nas vendas, em comparação a agosto do ano passado. Segundo a PCCV (Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista) da Fecomercio, no acumulado de janeiro a agosto deste ano, a taxa de crescimento do setor é de 0,7%.

O segmento de supermercados puxou a alta do resultado geral, com 15,4%, em comparação com o mesmo mês do ano passado. "Isso demonstra a retomada do poder de consumo. As famílias estão voltando aos hábitos pré-crise e consumindo os itens de supermercado normalmente", assinalou o economista da Fecomercio, Altamiro Carvalho.

Em contrapartida, o segmento que registrou maior queda foi o comércio automotivo, com baixa de 12,2% em agosto. "Este dado pode parecer curioso, afinal temos notícia de que as vendas de automóveis estão em bom patamar, porém, o período de comparação (agosto de 2008) foi recorde e fica difícil atingir os mesmos números", explicou Carvalho.

Ele afirmou que a falta de estoques também contribuiu para a queda nas vendas. "A projeção para o segmento é boa, tendo em vista que os estoques estão normalizados agora e os consumidores podem realizar as aquisições."

A perspectiva é que o ano seja encerrado com alta de até 2% nas vendas. "O terceiro semestre será a prova da retomada da economia", disse o economista.

Cesta básica fica R$ 1,72 mais barata no Grande ABC

Os preços da cesta básica apresentaram queda de 0,53% nesta semana e o conjunto de alimentos passou a custar R$ 322,85 no Grande ABC. Pesquisa da Craisa (Central Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) revela economia de R$ 1,72 em relação à semana passada, quando a cesta era comercializada a R$ 324,57.

Os principais responsáveis pela baixa foram a batata e o leite, com queda de 13,95% e 5,81%, respectivamente.

Em contrapartida, os vilões da semana foram a cebola, com alta de 10,47% e o tomate, com aumento de 5,36%. A pesquisa também registrou 3,28% de aumento no valor do açúcar, que teve preço médio de R$ 1,89 na região.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vendas do varejo registram alta de 3,3% em agosto

Michele Loureiro
Do Diário do Grande ABC

09/10/2009 | 07:00


Em agosto, o comércio varejista paulistano teve alta de 3,3% nas vendas, em comparação a agosto do ano passado. Segundo a PCCV (Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista) da Fecomercio, no acumulado de janeiro a agosto deste ano, a taxa de crescimento do setor é de 0,7%.

O segmento de supermercados puxou a alta do resultado geral, com 15,4%, em comparação com o mesmo mês do ano passado. "Isso demonstra a retomada do poder de consumo. As famílias estão voltando aos hábitos pré-crise e consumindo os itens de supermercado normalmente", assinalou o economista da Fecomercio, Altamiro Carvalho.

Em contrapartida, o segmento que registrou maior queda foi o comércio automotivo, com baixa de 12,2% em agosto. "Este dado pode parecer curioso, afinal temos notícia de que as vendas de automóveis estão em bom patamar, porém, o período de comparação (agosto de 2008) foi recorde e fica difícil atingir os mesmos números", explicou Carvalho.

Ele afirmou que a falta de estoques também contribuiu para a queda nas vendas. "A projeção para o segmento é boa, tendo em vista que os estoques estão normalizados agora e os consumidores podem realizar as aquisições."

A perspectiva é que o ano seja encerrado com alta de até 2% nas vendas. "O terceiro semestre será a prova da retomada da economia", disse o economista.

Cesta básica fica R$ 1,72 mais barata no Grande ABC

Os preços da cesta básica apresentaram queda de 0,53% nesta semana e o conjunto de alimentos passou a custar R$ 322,85 no Grande ABC. Pesquisa da Craisa (Central Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) revela economia de R$ 1,72 em relação à semana passada, quando a cesta era comercializada a R$ 324,57.

Os principais responsáveis pela baixa foram a batata e o leite, com queda de 13,95% e 5,81%, respectivamente.

Em contrapartida, os vilões da semana foram a cebola, com alta de 10,47% e o tomate, com aumento de 5,36%. A pesquisa também registrou 3,28% de aumento no valor do açúcar, que teve preço médio de R$ 1,89 na região.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;