Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Nova animação da Disney chega à telona

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em Aviões, animação que chega sexta (13) aos cinemas, o protagonista Dusty sonha participar de uma corrida internacional


Juliana Ravelli
Do Diário do Grande ABC

08/09/2013 | 07:00


Dusty acha que a gente pode fazer o que quiser, basta ter coragem e se esforçar bastante para atingir um objetivo. Ele é o protagonista de Aviões, animação que chega sexta (13) aos cinemas brasileiros.

Seu maior sonho é participar de uma corrida aérea internacional, como as que acompanha pela TV. O problema é que Dusty é avião pulverizador, fabricado apenas para jogar vitaminas sobre plantações. Nunca voou muito alto, e seu motor não foi feito para atingir altas velocidades. Na verdade, tem medo de altura! Por isso, quase ninguém acredita que ele consiga vencer uma competição.

Mas, assim como na vida real, o impossível pode acontecer. Para superar suas dificuldades e ficar veloz, o pequeno pulverizador convence Skipper, antigo e experiente avião da marinha, a treiná-lo. Também recebe ajuda do caminhão Chug e da empilhadeira Dottie.

Assim, o aviãozinho conquista inesperada vaga numa supercorrida, na qual vai concorrer com seus ídolos. Ao conhecer alguns deles, porém, se decepciona. Além de nada simpáticas, as aeronaves famosas importam-se apenas com elas mesmas. Também desprezam Dusty porque vive no campo e não foi feito para voar rápido.

Pensa que ele desanima? Não mesmo. O pulverizador supera desafios – alguns provocados por concorrentes – e prova que um grande competidor não precisa trapacear e maltratar ninguém.

A animação (com cópias em 3D e 4D) se passa no universo de Carros. Em algumas cenas parece que estamos realmente dentro das aeronaves. Em outras é fácil se emocionar com os personagens. Porque, no fundo, sempre torcemos para que o bem vença no final.


Diretor é apaixonado por aviões

O diretor da animação, Klay Hall, adora aviões. Por isso, fazer filme sobre eles foi experiência inesquecível. “É como se meu sonho se tornasse realidade”, disse Klay em entrevista por telefone ao Diarinho.

Mas desenvolver longa-metragem para o público infantil não é moleza. Segundo a produtora de Aviões, Traci Balthazor-Flynn, existem muitas etapas difíceis, como criar piadas e fazer com que os personagens sejam capazes de encantar o público.

No desenho, há uma brasileira: Carolina Santos Duavião, dublada por Ivete Sangalo. Mas ela aparece só na versão que chega ao País. No original a personagem é canadense. Ivete esteve na estreia em Los Angeles, Estados Unidos. “Ela é muito legal. Tivemos a sorte de tê-la trabalhando com a gente”, elogiou Klay.

Alguns personagens não se parecem só com aeronaves de verdade, mas também têm personalidade semelhante à de pessoas conhecidas pela equipe. “Posso falar pessoalmente. Skipper (treinador de Dusty) é um pouco parecido com meu pai. Ele era piloto da marinha (norte-americana)”, afirmou Klay.

Assim como Carros, Aviões deve ganhar continuação. Mas ainda não há detalhes sobre o próximo filme. Depois da trabalheira que a animação deu, o diretor e a equipe estão mesmo ansiosos por uma coisa: férias!


Inspirados em aeronaves reais

Alguns personagens de Aviões foram completamente inventados. Outros são inspirados em aeronaves reais. É o caso de Dusty, cuja forma foi baseada nos modelos Air Tractor 502, Air Dromader (usados na agricultura) e Cessna. El Chupacabra, representante mexicano na competição, é semelhante ao Gee Bee, avião fabricado nos anos 1930, quando as corridas aéreas começaram.

Já Skipper, o treinador do protagonista, é um caça Corsair F4U, construído na mesma década. Foi usado pela marinha dos Estados Unidos, inicialmente na Segunda Guerra Mundial.


Conheça os personagens

Dusty é o avião pulverizador que espalha vitaminas pelas plantações de milho. Sonhador, acredita que com muita dedicação poderá realizar o desejo de participar de uma corrida internacional.

Skipper Riley é o antigo avião, integrante da famosa Esquadrilha da Fuzarca, que não voa há décadas. Após muita insistência de Dusty, ele aceita treinar o pequeno pulverizador.

Chug é o caminhão de combustível e superamigo de Dusty. É quem mais incentiva o aviãozinho a participar de competições. Apesar de não voar, foi o primeiro treinador do companheiro.

Dottie é a empilhadeira que trabalha com Chug e amiga de Dusty. Ótima mecânica, sempre conserta o pulverizador e o alerta sobre o perigo de voar bem rápido. Mesmo assim, vai apoiá-lo.

Ripslinger é o maior vencedor de corridas aéreas. Metido, o campeão mundial não se importa em trapacear para ganhar dos adversários. É um dos ídolos de Dusty, mas maltrata o aviãozinho.

Carolina Santos Duavião é a competidora brasileira. Dublada por Ivete Sangalo, é durona e muito determinada. É por ela que o engraçado avião mexicano El Chupacabra se apaixona.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Nova animação da Disney chega à telona

Em Aviões, animação que chega sexta (13) aos cinemas, o protagonista Dusty sonha participar de uma corrida internacional

Juliana Ravelli
Do Diário do Grande ABC

08/09/2013 | 07:00


Dusty acha que a gente pode fazer o que quiser, basta ter coragem e se esforçar bastante para atingir um objetivo. Ele é o protagonista de Aviões, animação que chega sexta (13) aos cinemas brasileiros.

Seu maior sonho é participar de uma corrida aérea internacional, como as que acompanha pela TV. O problema é que Dusty é avião pulverizador, fabricado apenas para jogar vitaminas sobre plantações. Nunca voou muito alto, e seu motor não foi feito para atingir altas velocidades. Na verdade, tem medo de altura! Por isso, quase ninguém acredita que ele consiga vencer uma competição.

Mas, assim como na vida real, o impossível pode acontecer. Para superar suas dificuldades e ficar veloz, o pequeno pulverizador convence Skipper, antigo e experiente avião da marinha, a treiná-lo. Também recebe ajuda do caminhão Chug e da empilhadeira Dottie.

Assim, o aviãozinho conquista inesperada vaga numa supercorrida, na qual vai concorrer com seus ídolos. Ao conhecer alguns deles, porém, se decepciona. Além de nada simpáticas, as aeronaves famosas importam-se apenas com elas mesmas. Também desprezam Dusty porque vive no campo e não foi feito para voar rápido.

Pensa que ele desanima? Não mesmo. O pulverizador supera desafios – alguns provocados por concorrentes – e prova que um grande competidor não precisa trapacear e maltratar ninguém.

A animação (com cópias em 3D e 4D) se passa no universo de Carros. Em algumas cenas parece que estamos realmente dentro das aeronaves. Em outras é fácil se emocionar com os personagens. Porque, no fundo, sempre torcemos para que o bem vença no final.


Diretor é apaixonado por aviões

O diretor da animação, Klay Hall, adora aviões. Por isso, fazer filme sobre eles foi experiência inesquecível. “É como se meu sonho se tornasse realidade”, disse Klay em entrevista por telefone ao Diarinho.

Mas desenvolver longa-metragem para o público infantil não é moleza. Segundo a produtora de Aviões, Traci Balthazor-Flynn, existem muitas etapas difíceis, como criar piadas e fazer com que os personagens sejam capazes de encantar o público.

No desenho, há uma brasileira: Carolina Santos Duavião, dublada por Ivete Sangalo. Mas ela aparece só na versão que chega ao País. No original a personagem é canadense. Ivete esteve na estreia em Los Angeles, Estados Unidos. “Ela é muito legal. Tivemos a sorte de tê-la trabalhando com a gente”, elogiou Klay.

Alguns personagens não se parecem só com aeronaves de verdade, mas também têm personalidade semelhante à de pessoas conhecidas pela equipe. “Posso falar pessoalmente. Skipper (treinador de Dusty) é um pouco parecido com meu pai. Ele era piloto da marinha (norte-americana)”, afirmou Klay.

Assim como Carros, Aviões deve ganhar continuação. Mas ainda não há detalhes sobre o próximo filme. Depois da trabalheira que a animação deu, o diretor e a equipe estão mesmo ansiosos por uma coisa: férias!


Inspirados em aeronaves reais

Alguns personagens de Aviões foram completamente inventados. Outros são inspirados em aeronaves reais. É o caso de Dusty, cuja forma foi baseada nos modelos Air Tractor 502, Air Dromader (usados na agricultura) e Cessna. El Chupacabra, representante mexicano na competição, é semelhante ao Gee Bee, avião fabricado nos anos 1930, quando as corridas aéreas começaram.

Já Skipper, o treinador do protagonista, é um caça Corsair F4U, construído na mesma década. Foi usado pela marinha dos Estados Unidos, inicialmente na Segunda Guerra Mundial.


Conheça os personagens

Dusty é o avião pulverizador que espalha vitaminas pelas plantações de milho. Sonhador, acredita que com muita dedicação poderá realizar o desejo de participar de uma corrida internacional.

Skipper Riley é o antigo avião, integrante da famosa Esquadrilha da Fuzarca, que não voa há décadas. Após muita insistência de Dusty, ele aceita treinar o pequeno pulverizador.

Chug é o caminhão de combustível e superamigo de Dusty. É quem mais incentiva o aviãozinho a participar de competições. Apesar de não voar, foi o primeiro treinador do companheiro.

Dottie é a empilhadeira que trabalha com Chug e amiga de Dusty. Ótima mecânica, sempre conserta o pulverizador e o alerta sobre o perigo de voar bem rápido. Mesmo assim, vai apoiá-lo.

Ripslinger é o maior vencedor de corridas aéreas. Metido, o campeão mundial não se importa em trapacear para ganhar dos adversários. É um dos ídolos de Dusty, mas maltrata o aviãozinho.

Carolina Santos Duavião é a competidora brasileira. Dublada por Ivete Sangalo, é durona e muito determinada. É por ela que o engraçado avião mexicano El Chupacabra se apaixona.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;