Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Acordo evita greve do setor de metalurgia na Alemanha


Da AFP

22/04/2006 | 10:46


Trabalhadores e empresários do setor alemão de metalurgia concluíram na manhã deste sábado um acordo de aumento salarial de 3% em favor dos 3,4 milhões de trabalhadores da área, o que evita a possibilidade de greve.

O acordo fechado depois de dez semanas de negociações e de uma última sessão de discussões de 18 horas entre sexta-feira e sábado diz respeito, em um primeiro momento, aos trabalhadores da Renânia do Norte-Westfalia, o Estado regional mais populoso da Alemanha, onde 700 mil pessoas estão empregadas no setor metalúrgico.

Como é habitual, este acordo deve servir de modelo para outras regiões do país. O aumento geral de salários entrará em vigor no dia 1º de junho e o acordo deve durar 13 meses.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Acordo evita greve do setor de metalurgia na Alemanha

Da AFP

22/04/2006 | 10:46


Trabalhadores e empresários do setor alemão de metalurgia concluíram na manhã deste sábado um acordo de aumento salarial de 3% em favor dos 3,4 milhões de trabalhadores da área, o que evita a possibilidade de greve.

O acordo fechado depois de dez semanas de negociações e de uma última sessão de discussões de 18 horas entre sexta-feira e sábado diz respeito, em um primeiro momento, aos trabalhadores da Renânia do Norte-Westfalia, o Estado regional mais populoso da Alemanha, onde 700 mil pessoas estão empregadas no setor metalúrgico.

Como é habitual, este acordo deve servir de modelo para outras regiões do país. O aumento geral de salários entrará em vigor no dia 1º de junho e o acordo deve durar 13 meses.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;