Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Faenac debate redução da maioridade penal


Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

15/04/2007 | 07:14


A Faenac (Faculdade Editora Nacional) de São Caetano promoveu neste sábado um debate organizado pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para tratar da redução da maioridade penal. As discussões se concentraram entre o diretor da instituição de ensino, Márcio Magalhães Fontoura, e o ativista Jorge Damus, pai de Rodrigo Damus, estudante de jornalismo morto por um menor durante um latrocínio (assalto seguido de assassinato) em São Paulo, em 1999. O evento ocorreu no campus Guido Aliberti da faculdade.

O debate teve por objetivo mostrar pontos de vista diferentes sobre o assunto. Fontoura e Damos concordaram na vontade de ter uma sociedade mais segura e justa, mas têm visões diferentes quanto ao método mais adequado para resolver as questões relativas à segurança da população.

Damus acredita que é preciso reformular a legislação existente, separando menores que cometeram infrações leves daqueles que cometem crimes cruéis. Ele disse que é preciso, antes de tudo, uma mudança dura para coibir a prática de crimes. Já Fontoura, citando sociedades antigas, demonstrou que espera, antes de qualquer medida punitiva, esforços para o resgate de valores.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Faenac debate redução da maioridade penal

Bruno Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

15/04/2007 | 07:14


A Faenac (Faculdade Editora Nacional) de São Caetano promoveu neste sábado um debate organizado pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para tratar da redução da maioridade penal. As discussões se concentraram entre o diretor da instituição de ensino, Márcio Magalhães Fontoura, e o ativista Jorge Damus, pai de Rodrigo Damus, estudante de jornalismo morto por um menor durante um latrocínio (assalto seguido de assassinato) em São Paulo, em 1999. O evento ocorreu no campus Guido Aliberti da faculdade.

O debate teve por objetivo mostrar pontos de vista diferentes sobre o assunto. Fontoura e Damos concordaram na vontade de ter uma sociedade mais segura e justa, mas têm visões diferentes quanto ao método mais adequado para resolver as questões relativas à segurança da população.

Damus acredita que é preciso reformular a legislação existente, separando menores que cometeram infrações leves daqueles que cometem crimes cruéis. Ele disse que é preciso, antes de tudo, uma mudança dura para coibir a prática de crimes. Já Fontoura, citando sociedades antigas, demonstrou que espera, antes de qualquer medida punitiva, esforços para o resgate de valores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;