Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Alexandre Alvarenga não comparece a audiência


Do Diário OnLine

30/04/2003 | 14:03


O produtor musical Alexandre Alvarenga, acusado de agredir os filhos de 1 e 6 anos em fevereiro, não compareceu ao fórum de Campinas, no interior de São Paulo, para se submeter a um exame de sanidade mental. A mãe das crianças, Sara Alvarenga, também acusada de participar da dupla tentativa de homicídio qualificado, fez o exame na manhã desta quarta-feira.

Nesta tarde, 16 testemunhas de defesa serão ouvidas no processo. Sara, que vai acompanhar os depoimentos logo mais, chegou ao fórum acompanhada do pai e do advogado.

Já o advogado de Alexandre alegou que o acusado não compareceu por falta de escolta policial que o acompanhasse da Casa de Custódia de Taubaté, onde está preso. Sua mulher foi libertada da Penitenciária Feminina do Estado, na capital, no último dia 23.

No início de fevereiro, Alexandre atirou o filho de um ano contra o pára-brisa de uma caminhonete e, em seguida, bateu a cabeça da filha contra uma árvore. Sara não teria tentado defender as crianças.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alexandre Alvarenga não comparece a audiência

Do Diário OnLine

30/04/2003 | 14:03


O produtor musical Alexandre Alvarenga, acusado de agredir os filhos de 1 e 6 anos em fevereiro, não compareceu ao fórum de Campinas, no interior de São Paulo, para se submeter a um exame de sanidade mental. A mãe das crianças, Sara Alvarenga, também acusada de participar da dupla tentativa de homicídio qualificado, fez o exame na manhã desta quarta-feira.

Nesta tarde, 16 testemunhas de defesa serão ouvidas no processo. Sara, que vai acompanhar os depoimentos logo mais, chegou ao fórum acompanhada do pai e do advogado.

Já o advogado de Alexandre alegou que o acusado não compareceu por falta de escolta policial que o acompanhasse da Casa de Custódia de Taubaté, onde está preso. Sua mulher foi libertada da Penitenciária Feminina do Estado, na capital, no último dia 23.

No início de fevereiro, Alexandre atirou o filho de um ano contra o pára-brisa de uma caminhonete e, em seguida, bateu a cabeça da filha contra uma árvore. Sara não teria tentado defender as crianças.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;