Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Botafogo e Fluminense lutam por título que Rio não ganha desde 2000


Divanei Guazzelli
Do Diário do Grande ABC

16/04/2006 | 12:16


Mais três jogos completam a primeira rodada do Campeoanto Brasileiro. Em dois, Botafogo e Fluminense iniciam trajetória na tentativa de de devolver ao Rio de Janeiro um título que não consegue desde 2000. Na ocasião, o Vasco foi o campeão da Copa João Havelange, torneio criado às pressas para substituir o Brasileiro, cancelado por causa de conflitos jurídicos que envolveram o Gama, de Brasília, neste domingo na Série B nacional.

Pelo que tem feito nos últimos meses, Botafogo e Fluminense são os representantes do Rio de Janeiro mais credenciados a uma campanha favorável. O Botafogo é o atual campeão estadual, e o Fluminense só não foi para a Libertadores da América por causa da derrota para o Palmeiras na última rodada de 2005.

Na rodada de abertura, o Botafogo recebe o Fortaleza às 16h, no Maracanã, e o técnico Carlos Roberto tem no atacante Dodô, ex-São Paulo e Santos, o seu principal trunfo. Dodô foi considerado o melhor jogador do Campeonato Carioca, e o treinador vai repetir o time da decisão com o Madureira, domingo, quando o Botafogo venceu por 3 a 1 e voltou a comemorar um título estadual após nove anos.

O Fortaleza, ao contrário, vive momento desfavorável. Há uma semana, perdeu o título cearense para o maior rival, o Ceará, o que provocou a saída do técnico Jair Picerni, ex-São Caetano, substituído interinamente por Toninho Cecílio. O volante Galeano (ex-Palmeiras e Ponte Preta) e o atacante Finazzi (ex-América, de São José do Rio Preto, e Atlético-PR) estão entre os principais destaques.

Técnicos – No jogo da Arena da Baixada, a partir das 18h10, Atlético-PR e Fluminense têm novos treinadores em relação ao Brasileiro do ano passado. O técnico do Atlético, campeão nacional de 2001, é Givanildo Oliveira, e o do Fluminense, Oswaldo de Oliveira, ex-Corinthians, São Paulo e Santos. O atacante Rodrigão, que passou pelo Santo André em 2005, é um dos principais titulares do time paranaense, e o Fluminense busca na habilidade dos meias Pedrinho (ex-Palmeiras) e Petkovic e no atacante Cláudio Pitbull a possibilidade de uma campanha que o conduza pelo menos à Libertadores. O jogo Santa Cruz x Figueirense, que completa a rodada, está marcado para as 18h10, no estádio do Arruda, em Recife.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Botafogo e Fluminense lutam por título que Rio não ganha desde 2000

Divanei Guazzelli
Do Diário do Grande ABC

16/04/2006 | 12:16


Mais três jogos completam a primeira rodada do Campeoanto Brasileiro. Em dois, Botafogo e Fluminense iniciam trajetória na tentativa de de devolver ao Rio de Janeiro um título que não consegue desde 2000. Na ocasião, o Vasco foi o campeão da Copa João Havelange, torneio criado às pressas para substituir o Brasileiro, cancelado por causa de conflitos jurídicos que envolveram o Gama, de Brasília, neste domingo na Série B nacional.

Pelo que tem feito nos últimos meses, Botafogo e Fluminense são os representantes do Rio de Janeiro mais credenciados a uma campanha favorável. O Botafogo é o atual campeão estadual, e o Fluminense só não foi para a Libertadores da América por causa da derrota para o Palmeiras na última rodada de 2005.

Na rodada de abertura, o Botafogo recebe o Fortaleza às 16h, no Maracanã, e o técnico Carlos Roberto tem no atacante Dodô, ex-São Paulo e Santos, o seu principal trunfo. Dodô foi considerado o melhor jogador do Campeonato Carioca, e o treinador vai repetir o time da decisão com o Madureira, domingo, quando o Botafogo venceu por 3 a 1 e voltou a comemorar um título estadual após nove anos.

O Fortaleza, ao contrário, vive momento desfavorável. Há uma semana, perdeu o título cearense para o maior rival, o Ceará, o que provocou a saída do técnico Jair Picerni, ex-São Caetano, substituído interinamente por Toninho Cecílio. O volante Galeano (ex-Palmeiras e Ponte Preta) e o atacante Finazzi (ex-América, de São José do Rio Preto, e Atlético-PR) estão entre os principais destaques.

Técnicos – No jogo da Arena da Baixada, a partir das 18h10, Atlético-PR e Fluminense têm novos treinadores em relação ao Brasileiro do ano passado. O técnico do Atlético, campeão nacional de 2001, é Givanildo Oliveira, e o do Fluminense, Oswaldo de Oliveira, ex-Corinthians, São Paulo e Santos. O atacante Rodrigão, que passou pelo Santo André em 2005, é um dos principais titulares do time paranaense, e o Fluminense busca na habilidade dos meias Pedrinho (ex-Palmeiras) e Petkovic e no atacante Cláudio Pitbull a possibilidade de uma campanha que o conduza pelo menos à Libertadores. O jogo Santa Cruz x Figueirense, que completa a rodada, está marcado para as 18h10, no estádio do Arruda, em Recife.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;