Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Paulo quer seguir líder no Grupo 7 da Libertadores



10/04/2008 | 07:02


Com um elenco bastante reduzido em razão das contusões e das punições internas para Carlos Alberto e Fábio Santos, a diretoria do São Paulo resolveu voltar atrás e reintegrou o meia Hugo, que tinha sido afastado do elenco há duas semanas. Assim, o técnico Muricy Ramalho ganhou mais uma opção para o jogo desta quinta-feira, contra o Audax Italiano, a partir das 22h30 (horário de Brasília), em Santiago, no Chile, pela Copa Libertadores.

Se não levasse Hugo, apontado pela diretoria são-paulina como um jogador “desmotivado”, Muricy ficaria sem opções até para formar o banco de reservas.

“Precisávamos dele para completar o elenco e espero que ele aproveite essa nova oportunidade”, disse o diretor de Futebol, Carlos Augusto de Barros e Silva.

Independente dos desfalques, o São Paulo precisa apenas de um empate em Santiago para conseguir a classificação às oitavas-de-final da Libertadores. Afinal, depois de quatro rodadas disputadas, o time ocupa a liderança do Grupo 7, com oito pontos, contra três do lanterna Audax Italiano – as outras duas equipes da chave, Atletico Nacional (Colômbia) e Sportivo Luqueño (Paraguai), ambas com quatro pontos, se enfrentam também nesta quinta-feira.

Apesar do empate ser suficiente, o São Paulo promete buscar a vitória e tentar terminar a primeira fase entre os times de melhor campanha, o que lhe garantiria a vantagem de decidir em casa nas etapas seguintes.

“Os três pontos vão nos deixar numa situação bastante confortável na classificação, sendo que ainda faremos o último jogo desta fase no Morumbi (dia 23, contra o Sportivo Luqueño)”, afirmou o goleiro Rogério Ceni.

Além dos jogadores contundidos há algum tempo, casos do zagueiro Juninho e do centroavante Aloísio, Muricy não poderá contar com o volante Zé Luís, vetado pelos médicos do clube ontem em razão de uma lesão muscular.

Assim, Muricy deve escalar Hernanes e Richarlyson no meio-campo, dando uma nova chance para Júnior na lateral-esquerda. Já o lateral-direito Éder e o meia-atacante Éder Luís, inscritos apenas na Libertadores, deverão ser titulares em Santiago. Outra novidade é o zagueiro Alex Silva. Ele ficará na reserva.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Paulo quer seguir líder no Grupo 7 da Libertadores


10/04/2008 | 07:02


Com um elenco bastante reduzido em razão das contusões e das punições internas para Carlos Alberto e Fábio Santos, a diretoria do São Paulo resolveu voltar atrás e reintegrou o meia Hugo, que tinha sido afastado do elenco há duas semanas. Assim, o técnico Muricy Ramalho ganhou mais uma opção para o jogo desta quinta-feira, contra o Audax Italiano, a partir das 22h30 (horário de Brasília), em Santiago, no Chile, pela Copa Libertadores.

Se não levasse Hugo, apontado pela diretoria são-paulina como um jogador “desmotivado”, Muricy ficaria sem opções até para formar o banco de reservas.

“Precisávamos dele para completar o elenco e espero que ele aproveite essa nova oportunidade”, disse o diretor de Futebol, Carlos Augusto de Barros e Silva.

Independente dos desfalques, o São Paulo precisa apenas de um empate em Santiago para conseguir a classificação às oitavas-de-final da Libertadores. Afinal, depois de quatro rodadas disputadas, o time ocupa a liderança do Grupo 7, com oito pontos, contra três do lanterna Audax Italiano – as outras duas equipes da chave, Atletico Nacional (Colômbia) e Sportivo Luqueño (Paraguai), ambas com quatro pontos, se enfrentam também nesta quinta-feira.

Apesar do empate ser suficiente, o São Paulo promete buscar a vitória e tentar terminar a primeira fase entre os times de melhor campanha, o que lhe garantiria a vantagem de decidir em casa nas etapas seguintes.

“Os três pontos vão nos deixar numa situação bastante confortável na classificação, sendo que ainda faremos o último jogo desta fase no Morumbi (dia 23, contra o Sportivo Luqueño)”, afirmou o goleiro Rogério Ceni.

Além dos jogadores contundidos há algum tempo, casos do zagueiro Juninho e do centroavante Aloísio, Muricy não poderá contar com o volante Zé Luís, vetado pelos médicos do clube ontem em razão de uma lesão muscular.

Assim, Muricy deve escalar Hernanes e Richarlyson no meio-campo, dando uma nova chance para Júnior na lateral-esquerda. Já o lateral-direito Éder e o meia-atacante Éder Luís, inscritos apenas na Libertadores, deverão ser titulares em Santiago. Outra novidade é o zagueiro Alex Silva. Ele ficará na reserva.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;