Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Oito aeroportos administrados pela Infraero ainda sofrem com falta de combustível

EBC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/05/2018 | 10:57


Dos 54 aeroportos do País administrados pela Infraero, oito ainda sofrem com a falta de combustível nesta quarta-feira (30), segundo dados da empresa atualizados ás 9h20. São eles: Imperatriz (MA), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG), Campina Grande (PB), Juazeiro do Norte (CE), Palmas (TO), Londrina (PR) e Montes Claros (MG).

Em nota, a Infraero diz que alertou aos operadores de aeronaves que avaliem seus planejamentos de voos para que cada um possa definir a melhor estratégia de abastecimento de acordo com o estoque disponível nos terminais de origem e destino.

"Os aeroportos estão abertos e têm condições de receber pousos e decolagens. Nos terminais em que o abastecimento está indisponível no momento, as aeronaves que chegarem só poderão decolar se tiverem combustível suficiente para a próxima etapa do voo", diz a Infraero.

A empresa mantém a recomendação aos passageiros para que procurem as companhias aéreas para consultar a situação dos voos. Segundo balanço atualizado da Infraero na manhã desta quarta-feira, nos 54 aeroportos foram registrados 25 cancelamentos de voos, o que corresponde a um total de 5,95% do programado.

Brasília

O Aeroporto de Brasília, administrado pela concessionária Inframerica, não registrou nenhum cancelamento de voo nesta manhã. Até às 10h, o terminal teve 107 movimentos entre pousos e decolagens e apenas dois atrasos.

Na terça-feira, 29, o Aeroporto de Brasília recebeu um total de 19 caminhões de combustível, que abasteceram o terminal com 1 milhão de litros de querosene de aviação. Segundo a Inframerica, com as remessas de combustível recebidas nos últimos dias, os níveis do reservatório do terminal estão se regularizando.

"A expectativa é de normalização das operações se os abastecimentos se mantiverem contínuos. Algumas medidas estão sendo realizadas para garantir os volumes dos reservatórios permaneçam estáveis", disse a concessionária em nota.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Oito aeroportos administrados pela Infraero ainda sofrem com falta de combustível


30/05/2018 | 10:57


Dos 54 aeroportos do País administrados pela Infraero, oito ainda sofrem com a falta de combustível nesta quarta-feira (30), segundo dados da empresa atualizados ás 9h20. São eles: Imperatriz (MA), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG), Campina Grande (PB), Juazeiro do Norte (CE), Palmas (TO), Londrina (PR) e Montes Claros (MG).

Em nota, a Infraero diz que alertou aos operadores de aeronaves que avaliem seus planejamentos de voos para que cada um possa definir a melhor estratégia de abastecimento de acordo com o estoque disponível nos terminais de origem e destino.

"Os aeroportos estão abertos e têm condições de receber pousos e decolagens. Nos terminais em que o abastecimento está indisponível no momento, as aeronaves que chegarem só poderão decolar se tiverem combustível suficiente para a próxima etapa do voo", diz a Infraero.

A empresa mantém a recomendação aos passageiros para que procurem as companhias aéreas para consultar a situação dos voos. Segundo balanço atualizado da Infraero na manhã desta quarta-feira, nos 54 aeroportos foram registrados 25 cancelamentos de voos, o que corresponde a um total de 5,95% do programado.

Brasília

O Aeroporto de Brasília, administrado pela concessionária Inframerica, não registrou nenhum cancelamento de voo nesta manhã. Até às 10h, o terminal teve 107 movimentos entre pousos e decolagens e apenas dois atrasos.

Na terça-feira, 29, o Aeroporto de Brasília recebeu um total de 19 caminhões de combustível, que abasteceram o terminal com 1 milhão de litros de querosene de aviação. Segundo a Inframerica, com as remessas de combustível recebidas nos últimos dias, os níveis do reservatório do terminal estão se regularizando.

"A expectativa é de normalização das operações se os abastecimentos se mantiverem contínuos. Algumas medidas estão sendo realizadas para garantir os volumes dos reservatórios permaneçam estáveis", disse a concessionária em nota.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;