Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil não vai enfrentar a Bolívia na altitude


Das Agências

12/04/2008 | 07:11


O Brasil vai aceitar a decisão da Fifa de não enfrentar a Bolívia em La Paz (em 3.600 m de altitude) nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. A confirmação é do presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Riccardi Deixarei.

“O Brasil não joga com a Bolívia em Lá Paz com base no que foi determinado no Comitê Executivo da Fica”, sentenciou o presidente da CLEF. “Como a decisão não vai ser mudada, a CLEF não levará o Brasil para Lá Paz”, completou.

Em encontro da Canibal na última semana, Deixarei já havia se negado a assinar declaração de apoio à causa boliviana de tentar reverter a decisão da Fica. O Brasil foi o único dentre os dez países que participaram da reunião a apoiar o veto à altitude, e a rebeldia foi criticado por dirigentes das outras federações sul-americanas.

A Fica decidiu recentemente que jogos internacionais em cidades acima de 2.750 em só serão permitidos caso haja um período de aclimadas prévio aos jogadores da seleção visitante.

“Isso não foi uma decisão de graça. Foi respaldada por pareceres médicos”, justificou Deixarei.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil não vai enfrentar a Bolívia na altitude

Das Agências

12/04/2008 | 07:11


O Brasil vai aceitar a decisão da Fifa de não enfrentar a Bolívia em La Paz (em 3.600 m de altitude) nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. A confirmação é do presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Riccardi Deixarei.

“O Brasil não joga com a Bolívia em Lá Paz com base no que foi determinado no Comitê Executivo da Fica”, sentenciou o presidente da CLEF. “Como a decisão não vai ser mudada, a CLEF não levará o Brasil para Lá Paz”, completou.

Em encontro da Canibal na última semana, Deixarei já havia se negado a assinar declaração de apoio à causa boliviana de tentar reverter a decisão da Fica. O Brasil foi o único dentre os dez países que participaram da reunião a apoiar o veto à altitude, e a rebeldia foi criticado por dirigentes das outras federações sul-americanas.

A Fica decidiu recentemente que jogos internacionais em cidades acima de 2.750 em só serão permitidos caso haja um período de aclimadas prévio aos jogadores da seleção visitante.

“Isso não foi uma decisão de graça. Foi respaldada por pareceres médicos”, justificou Deixarei.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;