Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Lleyton Hewitt ameaça processar a ATP


Da AFP

15/04/2003 | 09:13


O australiano Lleyton Hewitt, número um do ranking mundial, deve abrir um processo contra a Associação de Tenistas Profissionais (ATP), anunciou a própria organização nesta terça-feira em Sydney.

"Podemos confirmar que recebemos uma carta dos advogados de Lleyton Hewitt afirmando que planeja levar a ATP aos tribunais", declarou um representante da ATP neste país à agência de notícias australiana (AAP).

A ATP tinha multado o jogador em US$ 103 mil por não ter se apresentado a uma entrevista para a televisão no Torneio de Cincinnati (Estados Unidos) em agosto de 2002.

O jogador afirmou sempre que não concordou com a entrevista à tevê ESPN. Esta, por sua vez, garante que recebeu uma resposta afirmativa do agente de Hewitt. No final, a multa foi reduzida depois da apelação a US$ 19.800.

O número um mundial afirma que sua reputação foi afetada e que a ATP tinha interferido "intencionalmente e sem justificativa" em seus assuntos, segundo a AAP. Ele deve pedir uma US$ 1,5 milhão, de acordo com a mesma fonte.

"O valor da multa, reduzida em apelação, foi definido de acordo com a natureza da infração. Seria uma pena que este assunto, que pode ser resolvido de outra maneira, vá parar na Justiça", declarou o representante da ATP na Austrália.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lleyton Hewitt ameaça processar a ATP

Da AFP

15/04/2003 | 09:13


O australiano Lleyton Hewitt, número um do ranking mundial, deve abrir um processo contra a Associação de Tenistas Profissionais (ATP), anunciou a própria organização nesta terça-feira em Sydney.

"Podemos confirmar que recebemos uma carta dos advogados de Lleyton Hewitt afirmando que planeja levar a ATP aos tribunais", declarou um representante da ATP neste país à agência de notícias australiana (AAP).

A ATP tinha multado o jogador em US$ 103 mil por não ter se apresentado a uma entrevista para a televisão no Torneio de Cincinnati (Estados Unidos) em agosto de 2002.

O jogador afirmou sempre que não concordou com a entrevista à tevê ESPN. Esta, por sua vez, garante que recebeu uma resposta afirmativa do agente de Hewitt. No final, a multa foi reduzida depois da apelação a US$ 19.800.

O número um mundial afirma que sua reputação foi afetada e que a ATP tinha interferido "intencionalmente e sem justificativa" em seus assuntos, segundo a AAP. Ele deve pedir uma US$ 1,5 milhão, de acordo com a mesma fonte.

"O valor da multa, reduzida em apelação, foi definido de acordo com a natureza da infração. Seria uma pena que este assunto, que pode ser resolvido de outra maneira, vá parar na Justiça", declarou o representante da ATP na Austrália.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;