Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Exército colombiano volta a combater guerrilheiros


Do Diário do Grande ABC

16/01/2000 | 15:21


Unidades do exército saíram em campo neste domingo para tentar encontrar os rebeldes das FARC - Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia - com as quais voltaram a entrar em combate neste sábado à noite. Os combates, os mais violentos dos últimos meses, começaram no final do sábado e se prolongaram até a manha deste domingo, provocando a morte de dezenas de guerrilheiros em Guayatebal, a 50 quilômetros de Bogotá, segundo disse o exército. O comandante das forças militares, general Fernando Tapías, disse que 44 rebeldes e cinco militares morreram.

O perímetro urbano de Guayabetal está sob controle dos militares, mas ainda há escaramuças na zona rural, informou neste domingo pela manha o exército, enquanto a polícia informava que um de seus agentes morreu ontem durante um ataque rebelde à delegacia de Guayabetal. Ainda de acordo com o exército, pelo menos 500 membros das equipes 51, 53 e 54 das FARC participaram dos combates, mas foram repelidos pelos militares, que contaram com a ajuda da força aérea.

A repórter da emissora de televisao RCN Astrid Legarda, 30 anos, que cobria os combates desde sábado, ficou levemente ferida no estômago neste domingo quando uma granada recolhida por um camponês explodiu. O camponês, ainda nao identificado, morreu enquanto a jornalista foi levada para um hospital de Guayatebal, informou William Calderon, diretor da televisao. A luta deste final de semana é uma das mais violentas desde que em julho as FARC, depois de uma outra ofensiva, sofreram pesadas perdas durante um ataque da força aérea. Depois deste ataque, o exército exibiu os corpos de 60 rebeldes mortos no combate.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exército colombiano volta a combater guerrilheiros

Do Diário do Grande ABC

16/01/2000 | 15:21


Unidades do exército saíram em campo neste domingo para tentar encontrar os rebeldes das FARC - Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia - com as quais voltaram a entrar em combate neste sábado à noite. Os combates, os mais violentos dos últimos meses, começaram no final do sábado e se prolongaram até a manha deste domingo, provocando a morte de dezenas de guerrilheiros em Guayatebal, a 50 quilômetros de Bogotá, segundo disse o exército. O comandante das forças militares, general Fernando Tapías, disse que 44 rebeldes e cinco militares morreram.

O perímetro urbano de Guayabetal está sob controle dos militares, mas ainda há escaramuças na zona rural, informou neste domingo pela manha o exército, enquanto a polícia informava que um de seus agentes morreu ontem durante um ataque rebelde à delegacia de Guayabetal. Ainda de acordo com o exército, pelo menos 500 membros das equipes 51, 53 e 54 das FARC participaram dos combates, mas foram repelidos pelos militares, que contaram com a ajuda da força aérea.

A repórter da emissora de televisao RCN Astrid Legarda, 30 anos, que cobria os combates desde sábado, ficou levemente ferida no estômago neste domingo quando uma granada recolhida por um camponês explodiu. O camponês, ainda nao identificado, morreu enquanto a jornalista foi levada para um hospital de Guayatebal, informou William Calderon, diretor da televisao. A luta deste final de semana é uma das mais violentas desde que em julho as FARC, depois de uma outra ofensiva, sofreram pesadas perdas durante um ataque da força aérea. Depois deste ataque, o exército exibiu os corpos de 60 rebeldes mortos no combate.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;