Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Com equipe 'calejada', Lula promete exigir mais da sua equipe


Da AFP

30/12/2006 | 13:30


Com a justificativa de que todo mundo da sua equipe de governo está "calejado", o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na manhã deste sábado em Brasília, durante a abertura de uma exposição de fotos sobre sua campanha à reeleição, irá cobrar resultados mais significativos neste segundo mandato.

De acordo com ele, a experiência obtida nos primeiros quatro anos de governo poderá proporcionar maiores ganhos ao país. "Obviamente que nós, com quatro anos de experiência, temos que trabalhar muito mais, temos de fazer muito mais. Todo mundo já está calejado, todo mundo já sabe o que tem de fazer", disse.

Apesar de definir uma posição mais dura, Lula preferiu não fazer planos para os 100 primeiros dias do seu novo governo, algo que ele classificou como uma "bobagem". "Acho uma bobagem alguém querer fazer um plano de 100 dias porque a história demonstra que em 100 dias as pessoas não conseguem fazer absolutamente nada. Não temos que fazer um plano de 100 dias porque não estamos começando do zero", disse.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com equipe 'calejada', Lula promete exigir mais da sua equipe

Da AFP

30/12/2006 | 13:30


Com a justificativa de que todo mundo da sua equipe de governo está "calejado", o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na manhã deste sábado em Brasília, durante a abertura de uma exposição de fotos sobre sua campanha à reeleição, irá cobrar resultados mais significativos neste segundo mandato.

De acordo com ele, a experiência obtida nos primeiros quatro anos de governo poderá proporcionar maiores ganhos ao país. "Obviamente que nós, com quatro anos de experiência, temos que trabalhar muito mais, temos de fazer muito mais. Todo mundo já está calejado, todo mundo já sabe o que tem de fazer", disse.

Apesar de definir uma posição mais dura, Lula preferiu não fazer planos para os 100 primeiros dias do seu novo governo, algo que ele classificou como uma "bobagem". "Acho uma bobagem alguém querer fazer um plano de 100 dias porque a história demonstra que em 100 dias as pessoas não conseguem fazer absolutamente nada. Não temos que fazer um plano de 100 dias porque não estamos começando do zero", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;