Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Globo quer discutir valores em 'Cobras e Lagartos'


Luiz Almeida
Da TV Press

23/04/2006 | 08:11


Com uma história que procura explorar as diferenças entre ricos e pobres, a Globo estréia amanhã a nova novela das sete, Cobras & Lagartos. Escrita por João Emanuel Carneiro e com direção geral de Wolf Maya, a trama traz elementos bastante folhetinescos e retrata a oposição de dois universos bem distintos. De um lado, luxo e ostentação, onde a busca desenfreada por dinheiro dá a tônica. De outro, valores como ética, lealdade e companheirismo. Além desse ingrediente, é claro, uma boa dose de romances, traições e luta de poder.

\n\n

A futilidade estará representada, entre outros personagens, pela dupla de vilões Estevão e Leona, interpretados por Henri Castelli e Carolina Dieckmann. Os dois, aliás, farão de tudo para ficar com a herança de Omar Pasquim e prometem aprontar diversas armações. Henri Castelli faz questão de explicar que seu personagem é bem diferente do vilão Jorge Junqueira de Como Uma Onda, já que Estevão é um verdadeiro dissimulado, sempre pronto a enganar a namorada Bel, de Mariana Ximenes. "Ele fará de tudo para passar a perna nela e ficar com a herança", conta. A personagem de Carolina Dieckmann, por sua vez, também não fará por menos e será um tanto mau-caráter. A atriz confessa que aguardava ansiosa o seu primeiro papel de vilã e torce para fazer com que o público sinta realmente raiva da inescrupulosa Leona. "Sóespero dar conta do recado. Será minha estréia, o que representa uma grande responsabilidade", afirma. A novela marca também a estréia de Lázaro Ramos na TV, que dará vida ao humilde Foguinho. Sonhador e trapalhão, o personagem nutre uma paixão desde os tempos de infância pela ambiciosa Ellen, papel de Taís Araújo (sua mulher na vida real), mas sem ser correspondido. ",1]);//-->

Com mocinhos e vilões bem definidos, a novela tentará varrer a poeira deixada por Bang Bang, que não ultrapassou os 30 pontos - no horário, a emissora trabalha com média de 35. "Nossa intenção é trazer de volta o público que, por acaso, nos abandonou", explicita o diretor Wolf Maya. Cobras & Lagartos contará os últimos dias do milionário Omar Pasquim, vivido por Francisco Cuoco, que passou toda a vida juntando dinheiro até conseguir amealhar uma grande fortuna. O personagem é o dono da loja de departamentos Luxus, um sinônimo de sofisticação e referência para endinheirados consumidores. Sem filhos, o milionário terá a companhia da irmã Milu, de Marília Pêra, e das sobrinhas Bel e Leona, de Mariana Ximenes e Carolina Dieckmann. Um dia, porém, Pasquim ficará sabendo que terá pouco tempo de vida e tentará encontrar um herdeiro digno de sua fortuna. "Através dele faremos uma crítica à escravidão do consumo desenfreado. Vamos mostrar esse lado um tanto fútil da nossa sociedade", diz o autor João Emanuel Carneiro.

A futilidade estará representada, entre outros personagens, pela dupla de vilões Estevão e Leona, interpretados por Henri Castelli e Carolina Dieckmann. Os dois, aliás, farão de tudo para ficar com a herança de Omar Pasquim e prometem aprontar diversas armações. Henri Castelli faz questão de explicar que seu personagem é bem diferente do vilão Jorge Junqueira de Como Uma Onda, já que Estevão é um verdadeiro dissimulado, sempre pronto a enganar a namorada Bel, de Mariana Ximenes. "Ele fará de tudo para passar a perna nela e ficar com a herança", conta. A personagem de Carolina Dieckmann, por sua vez, também não fará por menos e será um tanto mau-caráter. A atriz confessa que aguardava ansiosa o seu primeiro papel de vilã e torce para fazer com que o público sinta realmente raiva da inescrupulosa Leona. "Sóespero dar conta do recado. Será minha estréia, o que representa uma grande responsabilidade", afirma. A novela marca também a estréia de Lázaro Ramos na TV, que dará vida ao humilde Foguinho. Sonhador e trapalhão, o personagem nutre uma paixão desde os tempos de infância pela ambiciosa Ellen, papel de Taís Araújo (sua mulher na vida real), mas sem ser correspondido.

Dupla afinada - Além de abordar e criticar o consumismo exacerbado, a trama de Cobras & Lagartos também contará com uma boa dose de romances. O principal deles será protagonizado por Bel e Duda, personagens de Mariana Ximenes e Daniel de Oliveira. O encontro dos dois, no entanto, deverá levar algum tempo para acontecer, uma vez que Bel é namorada do vilão Estevão, personagem de Henri Castelli, e não saberá que está sendo enganada pelo mau caráter. Mas ao longo da trama, Bel e Duda viverão uma grande história de amor. Será um par bem musical. Bel, além de perfumista, toca violoncelo, enquanto o economista Duda arranha instrumentos de sopro, como saxofone e clarinete. Para dar vida aos personagens, a dupla vem se dedicando arduamente. Mariana Ximenes conta que nunca teve nenhum contato com o violoncelo. "O instrumento tem um som único e é lindo. Ao mesmo tempo, é cansativo aprender a tocá-lo. Chego a ficar com os ombros doloridos", conta.

Já Daniel Oliveira não enfrentou dificuldades físicas durante as aulas de saxofone, clarinete e flauta. Muito pelo contrário. O ator conta que nas horas de folga tem se dedicado aos instrumentos e se orgulha de já estar tocando algumas músicas, como Assum Preto, de Luiz Gonzaga, e Summertime, de George Gershiwn.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Globo quer discutir valores em 'Cobras e Lagartos'

Luiz Almeida
Da TV Press

23/04/2006 | 08:11


Com uma história que procura explorar as diferenças entre ricos e pobres, a Globo estréia amanhã a nova novela das sete, Cobras & Lagartos. Escrita por João Emanuel Carneiro e com direção geral de Wolf Maya, a trama traz elementos bastante folhetinescos e retrata a oposição de dois universos bem distintos. De um lado, luxo e ostentação, onde a busca desenfreada por dinheiro dá a tônica. De outro, valores como ética, lealdade e companheirismo. Além desse ingrediente, é claro, uma boa dose de romances, traições e luta de poder.

\n\n

A futilidade estará representada, entre outros personagens, pela dupla de vilões Estevão e Leona, interpretados por Henri Castelli e Carolina Dieckmann. Os dois, aliás, farão de tudo para ficar com a herança de Omar Pasquim e prometem aprontar diversas armações. Henri Castelli faz questão de explicar que seu personagem é bem diferente do vilão Jorge Junqueira de Como Uma Onda, já que Estevão é um verdadeiro dissimulado, sempre pronto a enganar a namorada Bel, de Mariana Ximenes. "Ele fará de tudo para passar a perna nela e ficar com a herança", conta. A personagem de Carolina Dieckmann, por sua vez, também não fará por menos e será um tanto mau-caráter. A atriz confessa que aguardava ansiosa o seu primeiro papel de vilã e torce para fazer com que o público sinta realmente raiva da inescrupulosa Leona. "Sóespero dar conta do recado. Será minha estréia, o que representa uma grande responsabilidade", afirma. A novela marca também a estréia de Lázaro Ramos na TV, que dará vida ao humilde Foguinho. Sonhador e trapalhão, o personagem nutre uma paixão desde os tempos de infância pela ambiciosa Ellen, papel de Taís Araújo (sua mulher na vida real), mas sem ser correspondido. ",1]);//-->

Com mocinhos e vilões bem definidos, a novela tentará varrer a poeira deixada por Bang Bang, que não ultrapassou os 30 pontos - no horário, a emissora trabalha com média de 35. "Nossa intenção é trazer de volta o público que, por acaso, nos abandonou", explicita o diretor Wolf Maya. Cobras & Lagartos contará os últimos dias do milionário Omar Pasquim, vivido por Francisco Cuoco, que passou toda a vida juntando dinheiro até conseguir amealhar uma grande fortuna. O personagem é o dono da loja de departamentos Luxus, um sinônimo de sofisticação e referência para endinheirados consumidores. Sem filhos, o milionário terá a companhia da irmã Milu, de Marília Pêra, e das sobrinhas Bel e Leona, de Mariana Ximenes e Carolina Dieckmann. Um dia, porém, Pasquim ficará sabendo que terá pouco tempo de vida e tentará encontrar um herdeiro digno de sua fortuna. "Através dele faremos uma crítica à escravidão do consumo desenfreado. Vamos mostrar esse lado um tanto fútil da nossa sociedade", diz o autor João Emanuel Carneiro.

A futilidade estará representada, entre outros personagens, pela dupla de vilões Estevão e Leona, interpretados por Henri Castelli e Carolina Dieckmann. Os dois, aliás, farão de tudo para ficar com a herança de Omar Pasquim e prometem aprontar diversas armações. Henri Castelli faz questão de explicar que seu personagem é bem diferente do vilão Jorge Junqueira de Como Uma Onda, já que Estevão é um verdadeiro dissimulado, sempre pronto a enganar a namorada Bel, de Mariana Ximenes. "Ele fará de tudo para passar a perna nela e ficar com a herança", conta. A personagem de Carolina Dieckmann, por sua vez, também não fará por menos e será um tanto mau-caráter. A atriz confessa que aguardava ansiosa o seu primeiro papel de vilã e torce para fazer com que o público sinta realmente raiva da inescrupulosa Leona. "Sóespero dar conta do recado. Será minha estréia, o que representa uma grande responsabilidade", afirma. A novela marca também a estréia de Lázaro Ramos na TV, que dará vida ao humilde Foguinho. Sonhador e trapalhão, o personagem nutre uma paixão desde os tempos de infância pela ambiciosa Ellen, papel de Taís Araújo (sua mulher na vida real), mas sem ser correspondido.

Dupla afinada - Além de abordar e criticar o consumismo exacerbado, a trama de Cobras & Lagartos também contará com uma boa dose de romances. O principal deles será protagonizado por Bel e Duda, personagens de Mariana Ximenes e Daniel de Oliveira. O encontro dos dois, no entanto, deverá levar algum tempo para acontecer, uma vez que Bel é namorada do vilão Estevão, personagem de Henri Castelli, e não saberá que está sendo enganada pelo mau caráter. Mas ao longo da trama, Bel e Duda viverão uma grande história de amor. Será um par bem musical. Bel, além de perfumista, toca violoncelo, enquanto o economista Duda arranha instrumentos de sopro, como saxofone e clarinete. Para dar vida aos personagens, a dupla vem se dedicando arduamente. Mariana Ximenes conta que nunca teve nenhum contato com o violoncelo. "O instrumento tem um som único e é lindo. Ao mesmo tempo, é cansativo aprender a tocá-lo. Chego a ficar com os ombros doloridos", conta.

Já Daniel Oliveira não enfrentou dificuldades físicas durante as aulas de saxofone, clarinete e flauta. Muito pelo contrário. O ator conta que nas horas de folga tem se dedicado aos instrumentos e se orgulha de já estar tocando algumas músicas, como Assum Preto, de Luiz Gonzaga, e Summertime, de George Gershiwn.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;