Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Altamiro e orquestra ao ar livre


Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

30/04/2006 | 09:25


Virtuose da flauta transversal e um dos chorões mais conhecidos pelo grande público, Altamiro Carrilho divide o palco hoje, às 11h, no Parque Central, com a Orquestra Sinfônica de Santo André. A regência é de Flavio Florence. O concerto é gratuito e faz parte da programação da Terceira Mostra de Música Instrumental Brasileira de Santo André.

Carrilho iniciou sua trajetória artística na década de 40, quando, munido de uma flauta de segunda mão, inscreveu-se para participar do programa de Ary Barroso. Nele conquistou o primeiro lugar.

A habilidade e a capacidade de improvisação fizeram com que o músico fosse convidado a integrar os grupos de ícones como Canhoto, Rogério Guimarães e César Moreno. Sua estréia no mercado fonográfico foi em 1943, quando participou da gravação de um compacto de 78 rotações do cantor Moreira da Silva.

Cinco anos depois, gravou o primeiro disco, Flauteando na Chacrinha. Tornou-se conhecido internacionalmente na década de 60, quando se apresentou em diversos países como Portugal, Espanha, Alemanha, Inglaterra, França, Egito, México, Estados Unidos e União Soviética. O sucesso no exterior foi tanto que chegou a ficar um ano no México – a princípio seria uma temporada de apenas 20 dias.

Em 1972, apresentou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro o Concerto em Sol, de Mozart, performance que lhe rendeu muitos elogios da crítica especializada.

Compositor versátil, Altamiro já escreveu cerca de 200 canções nos mais variados estilos, com destaque para o choro. Suas interpretações de pérolas do cancioneiro popular como Tico-Tico no Fubá, Brasileirinho e Apanhei-te Cavaquinho contagiam qualquer platéia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Altamiro e orquestra ao ar livre

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

30/04/2006 | 09:25


Virtuose da flauta transversal e um dos chorões mais conhecidos pelo grande público, Altamiro Carrilho divide o palco hoje, às 11h, no Parque Central, com a Orquestra Sinfônica de Santo André. A regência é de Flavio Florence. O concerto é gratuito e faz parte da programação da Terceira Mostra de Música Instrumental Brasileira de Santo André.

Carrilho iniciou sua trajetória artística na década de 40, quando, munido de uma flauta de segunda mão, inscreveu-se para participar do programa de Ary Barroso. Nele conquistou o primeiro lugar.

A habilidade e a capacidade de improvisação fizeram com que o músico fosse convidado a integrar os grupos de ícones como Canhoto, Rogério Guimarães e César Moreno. Sua estréia no mercado fonográfico foi em 1943, quando participou da gravação de um compacto de 78 rotações do cantor Moreira da Silva.

Cinco anos depois, gravou o primeiro disco, Flauteando na Chacrinha. Tornou-se conhecido internacionalmente na década de 60, quando se apresentou em diversos países como Portugal, Espanha, Alemanha, Inglaterra, França, Egito, México, Estados Unidos e União Soviética. O sucesso no exterior foi tanto que chegou a ficar um ano no México – a princípio seria uma temporada de apenas 20 dias.

Em 1972, apresentou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro o Concerto em Sol, de Mozart, performance que lhe rendeu muitos elogios da crítica especializada.

Compositor versátil, Altamiro já escreveu cerca de 200 canções nos mais variados estilos, com destaque para o choro. Suas interpretações de pérolas do cancioneiro popular como Tico-Tico no Fubá, Brasileirinho e Apanhei-te Cavaquinho contagiam qualquer platéia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;