Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Operaçao detém 90 travestis em Santo André


Alexandre Hisayasu
Da Redaçao

15/04/2000 | 00:09


A Polícia Civil de Santo André organizou uma grande operaçao na noite desta sexta na avenida Industrial, no bairro Campestre, que terminou com a detençao de cerca de 90 travestis. O objetivo da açao, segundo o delegado seccional Dejar Gomes Neto, foi recolher pessoas que nao portavam documentos e levá-las até os distritos para averiguaçao. A via é um conhecido ponto de prostituiçao na cidade.

A açao foi coordenada pelo delegado Antonio da Costa Pereira Neto. Por volta das 20h, cerca de 80 policiais divididos em 15 viaturas saíram do prédio da Delegacia Seccional em direçao à avenida Industrial, que ficou cercada. Em menos de 30 minutos todas as viaturas estavam lotadas de travestis, a maioria sem documento de identidade. "Mesmo aqueles que possuem documentaçao foram levados para a identidade ser confirmada por meio das impressoes digitais", disse Costa. A Polícia Militar também acompanhou a operaçao.

Além de identificar os travestis sem documento, a operaçao quis reprimir os atos de vandalismo que acontecem nas imediaçoes da UniABC e nas casas próximas à avenida Industrial, onde é freqüente o número de roubos a mao armada, principalmente de carros.

A medida que as viaturas lotavam, se dirigiam aos distritos, deixavam os travestis e retornavam à avenida Industrial. No Drive In Recanto, cerca de 15 foram detidos quando faziam programas com clientes, sendo que alguns se esconderam no local ao avistar a polícia na avenida. Alguns travestis foram encontrados embaixo de carros que estavam estacionados nas vagas. Entre os objetos apreendidos, vários preservativos, estiletes e vibradores.

Na saída do estabelecimento, o Corsa verde placa CLE-4971, de Sao Paulo, tentou furar o bloqueio da polícia, e o motorista foi preso. No carro, os policiais encontraram uma pistola semi-automática. O motorista do veículo foi autuado por porte ilegal de arma no 4º DP de Santo André.

No fim da operaçao, que se encerrou por volta das 22h, os três distritos que ficam de plantao (1º, 2º e 4º DPs) estavam lotados de travestis. Todos seriam liberados após a identificaçao por meio das impressoes digitais. A previsao é de que a liberaçao aconteceria apenas no fim da madrugada deste sábado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Operaçao detém 90 travestis em Santo André

Alexandre Hisayasu
Da Redaçao

15/04/2000 | 00:09


A Polícia Civil de Santo André organizou uma grande operaçao na noite desta sexta na avenida Industrial, no bairro Campestre, que terminou com a detençao de cerca de 90 travestis. O objetivo da açao, segundo o delegado seccional Dejar Gomes Neto, foi recolher pessoas que nao portavam documentos e levá-las até os distritos para averiguaçao. A via é um conhecido ponto de prostituiçao na cidade.

A açao foi coordenada pelo delegado Antonio da Costa Pereira Neto. Por volta das 20h, cerca de 80 policiais divididos em 15 viaturas saíram do prédio da Delegacia Seccional em direçao à avenida Industrial, que ficou cercada. Em menos de 30 minutos todas as viaturas estavam lotadas de travestis, a maioria sem documento de identidade. "Mesmo aqueles que possuem documentaçao foram levados para a identidade ser confirmada por meio das impressoes digitais", disse Costa. A Polícia Militar também acompanhou a operaçao.

Além de identificar os travestis sem documento, a operaçao quis reprimir os atos de vandalismo que acontecem nas imediaçoes da UniABC e nas casas próximas à avenida Industrial, onde é freqüente o número de roubos a mao armada, principalmente de carros.

A medida que as viaturas lotavam, se dirigiam aos distritos, deixavam os travestis e retornavam à avenida Industrial. No Drive In Recanto, cerca de 15 foram detidos quando faziam programas com clientes, sendo que alguns se esconderam no local ao avistar a polícia na avenida. Alguns travestis foram encontrados embaixo de carros que estavam estacionados nas vagas. Entre os objetos apreendidos, vários preservativos, estiletes e vibradores.

Na saída do estabelecimento, o Corsa verde placa CLE-4971, de Sao Paulo, tentou furar o bloqueio da polícia, e o motorista foi preso. No carro, os policiais encontraram uma pistola semi-automática. O motorista do veículo foi autuado por porte ilegal de arma no 4º DP de Santo André.

No fim da operaçao, que se encerrou por volta das 22h, os três distritos que ficam de plantao (1º, 2º e 4º DPs) estavam lotados de travestis. Todos seriam liberados após a identificaçao por meio das impressoes digitais. A previsao é de que a liberaçao aconteceria apenas no fim da madrugada deste sábado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;