Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Kleber pede paciência e admite que Verdão tem elenco limitado


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

23/09/2011 | 07:08


O fim do jejum de vitórias - cinco rodadas - caiu feito bálsamo para o Palmeiras. Com a subida para o sétimo lugar na tabela do Brasileirão, os jogadores aproveitaram para desabafar contra a bronca da torcida e pediram apoio.

Kleber foi uma espécie de porta-voz do sentimento do grupo. O atacante disse entender que as cobranças ocorreram nos últimos jogos por causa da queda de rendimento do time. Pediu compreensão e admitiu que o grupo é limitado. "O torcedor tem de entender que esse é o time que temos. Temos vários jogadores guerreiros, que correm muito, mas às vezes falta mais qualidade para definir. É o que temos e vamos assim até o fim do ano."

Na avaliação do Gladiador, apesar do jejum dos últimos jogos, o torcedor palmeirense devia se dar por satisfeito, afinal a equipe está a apenas dois pontos da zona de classificação para a Libertadores. Tem 38 pontos, dois a menos que o Fluminense, o quinto. O Vasco, líder do torneio, já está classificado por conquistar a Copa do Brasil. "Sabemos que não tem sido fácil, mas não é hora de pegar no pé. Com todas as dificuldades, estamos perto dos que brigam por vaga. Também vamos lutar por isso", prometeu o atacante.

Para o zagueiro Henrique, o espírito guerreiro do Alviverde fez a diferença. "Eles estavam muito fechados. O importante é que, mesmo não tendo feito jogo brilhante, vencemos", disse o defensor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Kleber pede paciência e admite que Verdão tem elenco limitado

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

23/09/2011 | 07:08


O fim do jejum de vitórias - cinco rodadas - caiu feito bálsamo para o Palmeiras. Com a subida para o sétimo lugar na tabela do Brasileirão, os jogadores aproveitaram para desabafar contra a bronca da torcida e pediram apoio.

Kleber foi uma espécie de porta-voz do sentimento do grupo. O atacante disse entender que as cobranças ocorreram nos últimos jogos por causa da queda de rendimento do time. Pediu compreensão e admitiu que o grupo é limitado. "O torcedor tem de entender que esse é o time que temos. Temos vários jogadores guerreiros, que correm muito, mas às vezes falta mais qualidade para definir. É o que temos e vamos assim até o fim do ano."

Na avaliação do Gladiador, apesar do jejum dos últimos jogos, o torcedor palmeirense devia se dar por satisfeito, afinal a equipe está a apenas dois pontos da zona de classificação para a Libertadores. Tem 38 pontos, dois a menos que o Fluminense, o quinto. O Vasco, líder do torneio, já está classificado por conquistar a Copa do Brasil. "Sabemos que não tem sido fácil, mas não é hora de pegar no pé. Com todas as dificuldades, estamos perto dos que brigam por vaga. Também vamos lutar por isso", prometeu o atacante.

Para o zagueiro Henrique, o espírito guerreiro do Alviverde fez a diferença. "Eles estavam muito fechados. O importante é que, mesmo não tendo feito jogo brilhante, vencemos", disse o defensor.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;