Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Leonel Damo nega apoio à candidatura de Volpi em Mauá


Paula Cabrera
Do Diário do Grande ABC

22/03/2009 | 07:07


A possível candidatura do prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV) à Prefeitura de Mauá, não deve contar com o apoio do ex-prefeito Leonel Damo (PV). "Se amanhã ele quiser ser prefeito em Mauá, ele pode ser prefeito. Mas jamais terá meu apoio. Minha candidata é a Vanessa Damo", diz o ex-prefeito de Mauá, pai da atual deputada estadual.

Damo reclama que Volpi não ajudou Vanessa na eleição de 2006, quando ela conquistou cadeira na Assembleia. "Ela pediu ajuda ao Volpi durante um evento. Ele disse que tinha outro candidato e virou as costas", lembra o ex-chefe do Executivo.

Sem o apoio de Volpi em Ribeirão Pires, Vanessa contou com a ajuda do ex-prefeito Valdírio Prisco (PSDB), a quem retribuiu na eleição de prefeito do ano passado. "Com as portas fechadas em Ribeirão, Valdírio nos ajudou. Vanessa é muito leal. Valdírio pediu ajuda na eleição municipal e ela ajudou", argumenta Damo.

Volpi nega a desavença com a deputada, mas não confirma apoio a candidata em 2010. "Não me lembro de ter negado apoio na última eleição. Pode ser que a ajude, quem sabe."

Apesar das afirmações do ex-prefeito de Mauá, Volpi afirma que o relacionamento com a família Damo é de amizade. "Tenho grande respeito pelo ex-prefeito. Somos amigos, muito amigos ainda", defende.

Damo, no entanto, diz não nutrir o mesmo sentimento em relação ao colega de partido. "Tinha o Clóvis como amigo, como irmão. Não perdi a amizade, mas não tenho o mesmo sentimento por ele", justifica.

Sobre uma possível prévia no partido entre Volpi e Vanessa para decidir o candidato à Prefeitura de Mauá, Damo diz que a deputada estadual tem todas as chances de vencer o possível adversário. "Ela tem toda a capacidade de vencer. Vanessa está preparada para ser prefeita, não importa contra quem dispute."

EXPULSÃO
O estremecimento de relações entre os prefeitos aconteceu após os rumores de que Volpi trabalhava pela expulsão de Damo do PV.

O ex-prefeito foi convocado pela Comissão de Ética do partido para esclarecer denúncias encaminhadas à sigla. Damo apresentará a defesa à Executiva do partido amanhã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Leonel Damo nega apoio à candidatura de Volpi em Mauá

Paula Cabrera
Do Diário do Grande ABC

22/03/2009 | 07:07


A possível candidatura do prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PV) à Prefeitura de Mauá, não deve contar com o apoio do ex-prefeito Leonel Damo (PV). "Se amanhã ele quiser ser prefeito em Mauá, ele pode ser prefeito. Mas jamais terá meu apoio. Minha candidata é a Vanessa Damo", diz o ex-prefeito de Mauá, pai da atual deputada estadual.

Damo reclama que Volpi não ajudou Vanessa na eleição de 2006, quando ela conquistou cadeira na Assembleia. "Ela pediu ajuda ao Volpi durante um evento. Ele disse que tinha outro candidato e virou as costas", lembra o ex-chefe do Executivo.

Sem o apoio de Volpi em Ribeirão Pires, Vanessa contou com a ajuda do ex-prefeito Valdírio Prisco (PSDB), a quem retribuiu na eleição de prefeito do ano passado. "Com as portas fechadas em Ribeirão, Valdírio nos ajudou. Vanessa é muito leal. Valdírio pediu ajuda na eleição municipal e ela ajudou", argumenta Damo.

Volpi nega a desavença com a deputada, mas não confirma apoio a candidata em 2010. "Não me lembro de ter negado apoio na última eleição. Pode ser que a ajude, quem sabe."

Apesar das afirmações do ex-prefeito de Mauá, Volpi afirma que o relacionamento com a família Damo é de amizade. "Tenho grande respeito pelo ex-prefeito. Somos amigos, muito amigos ainda", defende.

Damo, no entanto, diz não nutrir o mesmo sentimento em relação ao colega de partido. "Tinha o Clóvis como amigo, como irmão. Não perdi a amizade, mas não tenho o mesmo sentimento por ele", justifica.

Sobre uma possível prévia no partido entre Volpi e Vanessa para decidir o candidato à Prefeitura de Mauá, Damo diz que a deputada estadual tem todas as chances de vencer o possível adversário. "Ela tem toda a capacidade de vencer. Vanessa está preparada para ser prefeita, não importa contra quem dispute."

EXPULSÃO
O estremecimento de relações entre os prefeitos aconteceu após os rumores de que Volpi trabalhava pela expulsão de Damo do PV.

O ex-prefeito foi convocado pela Comissão de Ética do partido para esclarecer denúncias encaminhadas à sigla. Damo apresentará a defesa à Executiva do partido amanhã.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;