Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Mudou pouca coisa

A torcida do São Paulo acendeu mais velas do que o habitual depois da vitória do Botafogo. Afinal, o Flamengo era favoritíssimo contra...


Especial para o Diário

24/11/2009 | 00:00


A torcida do São Paulo acendeu mais velas do que o habitual depois da vitória do Botafogo. Afinal, o Flamengo era favoritíssimo contra o Goiás e pouca gente acreditava que não aconteceria um triunfo do anfitrião. Se isso acontecesse, a liderança seria perdida.

O Tricolor não teve competência para vencer. Muito menos o Flamengo. O Botafogo precisava ganhar para fugir do rebaixamento. O Goiás jogou pela honra e possivelmente por um reforçado bicho dos interessados na derrota do Flamengo.

Quem se deu bem na rodada foi o Internacional, que venceu o Atlético-MG em pleno Mineirão. Com isso, a disputa pelo título continua aberta.

Faltando duas rodadas, mesmo apontando esse ou aquele time que teoricamente teria pela frente a missão mais fácil, é impossível indicar qualquer favorito.

AINDA BEM!

O Botafogo da minha Ribeirão Preto se livrou de uma boa. Dizem que Vieri não apareceu para fazer exames médicos no clube por culpa de loiras, morenas e mulatas cariocas.

Aos 36 anos, o ex-atacante da seleção italiana, por seu polêmico currículo, pouco faria pelo clube. É a comprovação da tese de que, na prática, a teoria é outra.

Se não fosse por essas e outras, se tivesse juízo, Vieri poderia ser uma grande atração para o próximo Paulistão.

LIBERTADORES E 2010

O Palmeiras tem duas prioridades neste momento: classificar para a Libertadores e remontar o grupo para o próximo ano.

A primeira iniciativa foi confirmada na semana passada pela diretoria: a manutenção de Muricy Ramalho. Agora mais familiarizado com o clube, o treinador vai oferecer a lista de novos jogadores que poderão ser contratados.

SANTO ANDRÉ E GUARANI

Enquanto os paulistas saúdam o retorno do Guarani à Série A, especula-se que será muito difícil para o Santo André se safar do descenso. Faltando duas rodadas, apenas um milagre salvará o Ramalhão.

É uma pena que isso aconteça. A pujança da região e a tradição do Santo André não serão vistos em 2010 na Série A.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mudou pouca coisa

A torcida do São Paulo acendeu mais velas do que o habitual depois da vitória do Botafogo. Afinal, o Flamengo era favoritíssimo contra...

Especial para o Diário

24/11/2009 | 00:00


A torcida do São Paulo acendeu mais velas do que o habitual depois da vitória do Botafogo. Afinal, o Flamengo era favoritíssimo contra o Goiás e pouca gente acreditava que não aconteceria um triunfo do anfitrião. Se isso acontecesse, a liderança seria perdida.

O Tricolor não teve competência para vencer. Muito menos o Flamengo. O Botafogo precisava ganhar para fugir do rebaixamento. O Goiás jogou pela honra e possivelmente por um reforçado bicho dos interessados na derrota do Flamengo.

Quem se deu bem na rodada foi o Internacional, que venceu o Atlético-MG em pleno Mineirão. Com isso, a disputa pelo título continua aberta.

Faltando duas rodadas, mesmo apontando esse ou aquele time que teoricamente teria pela frente a missão mais fácil, é impossível indicar qualquer favorito.

AINDA BEM!

O Botafogo da minha Ribeirão Preto se livrou de uma boa. Dizem que Vieri não apareceu para fazer exames médicos no clube por culpa de loiras, morenas e mulatas cariocas.

Aos 36 anos, o ex-atacante da seleção italiana, por seu polêmico currículo, pouco faria pelo clube. É a comprovação da tese de que, na prática, a teoria é outra.

Se não fosse por essas e outras, se tivesse juízo, Vieri poderia ser uma grande atração para o próximo Paulistão.

LIBERTADORES E 2010

O Palmeiras tem duas prioridades neste momento: classificar para a Libertadores e remontar o grupo para o próximo ano.

A primeira iniciativa foi confirmada na semana passada pela diretoria: a manutenção de Muricy Ramalho. Agora mais familiarizado com o clube, o treinador vai oferecer a lista de novos jogadores que poderão ser contratados.

SANTO ANDRÉ E GUARANI

Enquanto os paulistas saúdam o retorno do Guarani à Série A, especula-se que será muito difícil para o Santo André se safar do descenso. Faltando duas rodadas, apenas um milagre salvará o Ramalhão.

É uma pena que isso aconteça. A pujança da região e a tradição do Santo André não serão vistos em 2010 na Série A.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;