Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São-bernardense defende cinturão de kickboxing em Nova York

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alex ‘Poatan’ Pereira terá pela frente nos EUA holandês que acusa ser medroso e de jogar sujo


Anderson Fattori

20/07/2018 | 07:00


Único brasileiro campeão do Glory Kickboxing, Alex ‘Poatan'''' Pereira, de São Bernardo, defende o cinturão dos pesos médios da organização pela segunda vez contra o holandês Yousri Belgaroui, no principal evento da edição 55, nesta sexta-feira, no Madison Square Garden, em Nova York, nos Estados Unidos – o canal Combate transmite ao vivo, a partir das 20h.

Invicto há três lutas, o desafio configurará a trilogia com o adversário holandês de origem tunisiana. O placar aponta um triunfo para cada lado e a atuação mais recente do brasileiro, inclusive, foi uma vitória por nocaute técnico no terceiro round sobre Belgaroui, no Glory 49.

“No geral, ele (Belgaroui) é bom em aplicar volume de golpes, mas não tem pegada. O jogo é mais focado em apenas três rounds (as disputas de cinturão são disputadas em cinco assaltos). Ele joga sujo e gosta de tirar vantagem de algumas situações que fogem às regras”, analisa Poatan. “É o típico lutador medroso, que aplica jabs e já quer fugir ou abafar a luta. Se não consegue conectar golpes bons, logo se frustra e cansa. Aí dá para fazer a festa.”

Conhecido pela envergadura avantajada, Poatan ressaltou a importância da luta. “Vou para este desafio renovado em todos os sentidos. Quero seguir fazendo história”, finalizou o são-bernardense. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São-bernardense defende cinturão de kickboxing em Nova York

Alex ‘Poatan’ Pereira terá pela frente nos EUA holandês que acusa ser medroso e de jogar sujo

Anderson Fattori

20/07/2018 | 07:00


Único brasileiro campeão do Glory Kickboxing, Alex ‘Poatan'''' Pereira, de São Bernardo, defende o cinturão dos pesos médios da organização pela segunda vez contra o holandês Yousri Belgaroui, no principal evento da edição 55, nesta sexta-feira, no Madison Square Garden, em Nova York, nos Estados Unidos – o canal Combate transmite ao vivo, a partir das 20h.

Invicto há três lutas, o desafio configurará a trilogia com o adversário holandês de origem tunisiana. O placar aponta um triunfo para cada lado e a atuação mais recente do brasileiro, inclusive, foi uma vitória por nocaute técnico no terceiro round sobre Belgaroui, no Glory 49.

“No geral, ele (Belgaroui) é bom em aplicar volume de golpes, mas não tem pegada. O jogo é mais focado em apenas três rounds (as disputas de cinturão são disputadas em cinco assaltos). Ele joga sujo e gosta de tirar vantagem de algumas situações que fogem às regras”, analisa Poatan. “É o típico lutador medroso, que aplica jabs e já quer fugir ou abafar a luta. Se não consegue conectar golpes bons, logo se frustra e cansa. Aí dá para fazer a festa.”

Conhecido pela envergadura avantajada, Poatan ressaltou a importância da luta. “Vou para este desafio renovado em todos os sentidos. Quero seguir fazendo história”, finalizou o são-bernardense. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;