Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

SOS Memória: um secretário no telhado


Ademir Médici

25/03/2018 | 07:00


 “Não se preocupe, estou acompanhando...”.
Adalberto Guazzelli, secretário de Cultura de São Bernardo, em mensagem à Memória.


A memória de São Bernardo pede socorro e o secretário Guazzelli mostra empenho pessoal, físico até, para dar um jeito no prédio que abriga uma documentação formidável que levou anos para ser reunida.

A intervenção foi iniciada na semana passada. A meta principal, e primordial, é eliminar as goteiras que podem afetar processos, mapas, plantas, fotos, fitas de gravação, coleções e recortes de jornais e revistas, livros, almanaques.

Particularmente, em nome do ex-vereador Lenildo Magdalena e do fotógrafo Rubens Fenili, Memória doou à repartição rolos de microfilmagem com cópias de documentação sobre São Bernardo desde os tempos da freguesia (século 19). Os originais encontram-se no Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Custos, prazos e forma de trabalho das reformas desta Casa da Memória não foram divulgados.

Mãos à obra
Texto: Adalberto Guazzelli

Na segunda-feira passada, 19 de março, coincidentemente ou não também data de meu aniversário e dia de São José, começamos a intervenção no prédio que abriga a Seção de Pesquisa e Documentação, na Alameda Glória, esquina com a Rua Jurubatuba, Centro de São Bernardo.

Antes disso levei ao prefeito Orlando Morando (PSDB) o relatório sobre o que eu havia solicitado ao setor de obras a respeito do espaço. O prefeito, na mesma hora, começou a movimentação para que pudéssemos o mais rápido possível conseguir as ações tão necessárias e que há mais de 15 anos não são feitas no prédio.

No dia 19, logo pela manhã, estive com os trabalhadores e com eles subi novamente no telhado, para poder elencar algumas urgências. Lembrei da minha última visita à Província de Lucca, na Itália.

Lucca é bem próxima de Chiozza, terra dos meus nonos Bechelli (mãe) e Guazzelli (pai).

Percorrendo as muralhas medievais dessa cidadela, observei uma torre, famosa e ponto turístico por conter uma ‘floresta’, árvores em seu topo. Não pude deixar de comparar com o prédio nosso da memória, só que, no nosso caso, negativamente, pois o telhado do Centro de Pesquisa e Documentação, além de ter ficado abandonado, estava sujo, com telhas, rufos, calhas e beirais completamente emendados e cheios de puxadinhos.

Espero poder, nessa minha estada na Secretaria de Cultura, contribuir um pouco para que possamos voltar a ter orgulho de nossa história e de nossos espaços, trazer e abrir para a população locais memoráveis para todo são- bernardense como o Teatro Cacilda Becker, Teatro Martins Pena, Câmara de Cultura, entre outros que também encontravam-se abandonados ou fechados e hoje estão em pleno funcionamento.

Diário há 30 anos

Sexta-feira, 25 de março de 1988 – ano 30, edição 6710
Manchete – Ministro do Planejamento, João Batista de Abreu, anuncia a suspensão da URP (Unidade de Referência de Preços) ao funcionalismo
São Bernardo – Nova favela surge em área urbanizada. Mais de 200 barracos foram construídos nos últimos dois meses no Jardim Palermo, entre as favelas do Jardim Colina e Vila Esperança.
Memória – A charrete do ‘seo’ Viana em Ribeirão Pires.
Polícia – Apreendidos 123 quilos de maconha em Mauá.

Em 25 de março de...

1918 – O advogado Joaquim Diniz, da Capital, tem visitado regularmente o distrito de Santo André, em São Bernardo, a serviço.
A guerra. Do noticiário do Estadão: a grande batalha da frente ocidental; bombardeio de Paris.
1958 – Fundado o Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano.

Santos do dia

Dimas, chamado de “o bom ladrão”. Crucificado ao lado de Cristo. Há, em São Paulo, uma paróquia a ele dedicada. Fica na Vila Nova Conceição.

Hoje

Dia da Constituição. A data remete ao ano de 1824. Faz referência à primeira Carta Constitucional do Brasil, que foi outorgada naquela data pelo Imperador Dom Pedro I.
Dia Nacional da Comunidade Árabe
Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor

Municípios brasileiros

Celebram aniversários em 25 de março:
Em São Paulo, Getulina, Itirapina e Vista Alegre do Alto
No Maranhão, Afonso Cunha
No Pará, Bagre
Em Santa Catarina, Caçador
No Espírito Santo, Cachoeiro de Itapemirim
No Ceará, Cariús, Frecheirinha, Paracuru e Porteiras
Em Goiás, Goianira
Em Pernambuco, Lagoa do Ouro e Verdejante
Em Alagoas, Mar Vermelho
No Amazonas, Maraã
No Rio Grande do Sul, Restinga Seca
No Piauí, São Miguel do Tapuio (Fonte: IBGE)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

SOS Memória: um secretário no telhado

Ademir Médici

25/03/2018 | 07:00


 “Não se preocupe, estou acompanhando...”.
Adalberto Guazzelli, secretário de Cultura de São Bernardo, em mensagem à Memória.


A memória de São Bernardo pede socorro e o secretário Guazzelli mostra empenho pessoal, físico até, para dar um jeito no prédio que abriga uma documentação formidável que levou anos para ser reunida.

A intervenção foi iniciada na semana passada. A meta principal, e primordial, é eliminar as goteiras que podem afetar processos, mapas, plantas, fotos, fitas de gravação, coleções e recortes de jornais e revistas, livros, almanaques.

Particularmente, em nome do ex-vereador Lenildo Magdalena e do fotógrafo Rubens Fenili, Memória doou à repartição rolos de microfilmagem com cópias de documentação sobre São Bernardo desde os tempos da freguesia (século 19). Os originais encontram-se no Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Custos, prazos e forma de trabalho das reformas desta Casa da Memória não foram divulgados.

Mãos à obra
Texto: Adalberto Guazzelli

Na segunda-feira passada, 19 de março, coincidentemente ou não também data de meu aniversário e dia de São José, começamos a intervenção no prédio que abriga a Seção de Pesquisa e Documentação, na Alameda Glória, esquina com a Rua Jurubatuba, Centro de São Bernardo.

Antes disso levei ao prefeito Orlando Morando (PSDB) o relatório sobre o que eu havia solicitado ao setor de obras a respeito do espaço. O prefeito, na mesma hora, começou a movimentação para que pudéssemos o mais rápido possível conseguir as ações tão necessárias e que há mais de 15 anos não são feitas no prédio.

No dia 19, logo pela manhã, estive com os trabalhadores e com eles subi novamente no telhado, para poder elencar algumas urgências. Lembrei da minha última visita à Província de Lucca, na Itália.

Lucca é bem próxima de Chiozza, terra dos meus nonos Bechelli (mãe) e Guazzelli (pai).

Percorrendo as muralhas medievais dessa cidadela, observei uma torre, famosa e ponto turístico por conter uma ‘floresta’, árvores em seu topo. Não pude deixar de comparar com o prédio nosso da memória, só que, no nosso caso, negativamente, pois o telhado do Centro de Pesquisa e Documentação, além de ter ficado abandonado, estava sujo, com telhas, rufos, calhas e beirais completamente emendados e cheios de puxadinhos.

Espero poder, nessa minha estada na Secretaria de Cultura, contribuir um pouco para que possamos voltar a ter orgulho de nossa história e de nossos espaços, trazer e abrir para a população locais memoráveis para todo são- bernardense como o Teatro Cacilda Becker, Teatro Martins Pena, Câmara de Cultura, entre outros que também encontravam-se abandonados ou fechados e hoje estão em pleno funcionamento.

Diário há 30 anos

Sexta-feira, 25 de março de 1988 – ano 30, edição 6710
Manchete – Ministro do Planejamento, João Batista de Abreu, anuncia a suspensão da URP (Unidade de Referência de Preços) ao funcionalismo
São Bernardo – Nova favela surge em área urbanizada. Mais de 200 barracos foram construídos nos últimos dois meses no Jardim Palermo, entre as favelas do Jardim Colina e Vila Esperança.
Memória – A charrete do ‘seo’ Viana em Ribeirão Pires.
Polícia – Apreendidos 123 quilos de maconha em Mauá.

Em 25 de março de...

1918 – O advogado Joaquim Diniz, da Capital, tem visitado regularmente o distrito de Santo André, em São Bernardo, a serviço.
A guerra. Do noticiário do Estadão: a grande batalha da frente ocidental; bombardeio de Paris.
1958 – Fundado o Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano.

Santos do dia

Dimas, chamado de “o bom ladrão”. Crucificado ao lado de Cristo. Há, em São Paulo, uma paróquia a ele dedicada. Fica na Vila Nova Conceição.

Hoje

Dia da Constituição. A data remete ao ano de 1824. Faz referência à primeira Carta Constitucional do Brasil, que foi outorgada naquela data pelo Imperador Dom Pedro I.
Dia Nacional da Comunidade Árabe
Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor

Municípios brasileiros

Celebram aniversários em 25 de março:
Em São Paulo, Getulina, Itirapina e Vista Alegre do Alto
No Maranhão, Afonso Cunha
No Pará, Bagre
Em Santa Catarina, Caçador
No Espírito Santo, Cachoeiro de Itapemirim
No Ceará, Cariús, Frecheirinha, Paracuru e Porteiras
Em Goiás, Goianira
Em Pernambuco, Lagoa do Ouro e Verdejante
Em Alagoas, Mar Vermelho
No Amazonas, Maraã
No Rio Grande do Sul, Restinga Seca
No Piauí, São Miguel do Tapuio (Fonte: IBGE)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;