Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Cabo Júlio ainda nao apresentou renúncia ao TRE


Do Diário do Grande ABC

09/09/2000 | 15:04


O candidato do PL à prefeitura da capital mineira, Júlio César Gomes, o cabo Júlio, ainda nao apresentou no Tribunal Regional Eleitoral seu comunicado de renúncia, conforme decisao anunciada nesta sexta-feira. Enquanto isso nao acontecer, oficialmente, cabo Júlio continua candidato e a propaganda eleitoral no rádio e na TV permanece com programaçao inalterada.

Cabo Júlio possui o maior tempo de propaganda entre todos os outros nove candidatos a prefeito por causa de sua coligaçao com o PFL, que lhe rendeu 20 minutos diários. Apesar da renúncia, o nome do candidato estará na cédula eletrônica das 3600 urnas de votaçao de Belo Horizonte.

De acordo com o TRE, o PL tem um prazo de 10 dias para apresentar outro candidato, o que poderá ser feito por outro partido da coligaçao também, desde que o PL renuncie ao direito de preferência e que a legenda interessada tenha o apoio da maioria dos partidos coligados. É exatamente esse prazo de 10 dias que tem que ser respeitado pelo TRE que inviabiliza a retirada do nome do cabo Júlio das cédulas eletrônicas.

As urnas começarao a ser "inseminadas" e lacradas na próxima semana, pois, caso contrário nao haverá tempo hábil para que todos os procedimentos sejam feitos até o dia da eleiçao. Com isso, se a coligaçao apresentar um outro candidato para substituir cabo Júlio, ele terá que concorrer com o nome do candidato que renunciou.

O Foro Eleitoral do TRE poderá receber a renúncia do cabo Júlio a qualquer momento neste final de semana, porque está em permanente plantao. Cabo Júlio, que vinha figurando nas pesquisas eleitorais com uma porcentagem de 12% a 15% na preferência do eleitorado, renunciou nesta sexta-feira alegando falta de recursos financeiros para continuar mantendo a campanha. No mesmo dia ele, declarou seu apoio ao prefeito Célio de Castro (PSB), candidato à reeleiçao numa coligaçao que tem o PT como vice.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cabo Júlio ainda nao apresentou renúncia ao TRE

Do Diário do Grande ABC

09/09/2000 | 15:04


O candidato do PL à prefeitura da capital mineira, Júlio César Gomes, o cabo Júlio, ainda nao apresentou no Tribunal Regional Eleitoral seu comunicado de renúncia, conforme decisao anunciada nesta sexta-feira. Enquanto isso nao acontecer, oficialmente, cabo Júlio continua candidato e a propaganda eleitoral no rádio e na TV permanece com programaçao inalterada.

Cabo Júlio possui o maior tempo de propaganda entre todos os outros nove candidatos a prefeito por causa de sua coligaçao com o PFL, que lhe rendeu 20 minutos diários. Apesar da renúncia, o nome do candidato estará na cédula eletrônica das 3600 urnas de votaçao de Belo Horizonte.

De acordo com o TRE, o PL tem um prazo de 10 dias para apresentar outro candidato, o que poderá ser feito por outro partido da coligaçao também, desde que o PL renuncie ao direito de preferência e que a legenda interessada tenha o apoio da maioria dos partidos coligados. É exatamente esse prazo de 10 dias que tem que ser respeitado pelo TRE que inviabiliza a retirada do nome do cabo Júlio das cédulas eletrônicas.

As urnas começarao a ser "inseminadas" e lacradas na próxima semana, pois, caso contrário nao haverá tempo hábil para que todos os procedimentos sejam feitos até o dia da eleiçao. Com isso, se a coligaçao apresentar um outro candidato para substituir cabo Júlio, ele terá que concorrer com o nome do candidato que renunciou.

O Foro Eleitoral do TRE poderá receber a renúncia do cabo Júlio a qualquer momento neste final de semana, porque está em permanente plantao. Cabo Júlio, que vinha figurando nas pesquisas eleitorais com uma porcentagem de 12% a 15% na preferência do eleitorado, renunciou nesta sexta-feira alegando falta de recursos financeiros para continuar mantendo a campanha. No mesmo dia ele, declarou seu apoio ao prefeito Célio de Castro (PSB), candidato à reeleiçao numa coligaçao que tem o PT como vice.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;