Fechar
Publicidade

Sábado, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Goleiro Danilo também sobrevive a acidente aéreo



29/11/2016 | 06:02


A imprensa colombiana informa que o goleiro Marcos Danilo Padilha, de 31 anos, é o terceiro jogador da Chapecoense que sobreviveu à queda do avião que levava a equipe a Medellín, na noite de ontem. O goleiro reserva Jackson Follmann, de 24 anos, e o lateral Alan Ruschel, de 27, também estão sendo atendidos em hospitais da região. Uma tripulante também teria sido resgatada com vida.

Não há informações sobre vítimas fatais. A aeronave, com 81 pessoas a bordo, caiu em uma região de difícil acesso nas cercanias de Medellín.

A Chapecoense disputaria a final da Copa sul-americana amanhã, em Medellín, contra o Atlético Nacional.

O voo da companhia Lamia partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín, mas se acidentou pouco antes de chegar à segunda maior cidade da Colômbia. (João Paulo Nucci)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Goleiro Danilo também sobrevive a acidente aéreo


29/11/2016 | 06:02


A imprensa colombiana informa que o goleiro Marcos Danilo Padilha, de 31 anos, é o terceiro jogador da Chapecoense que sobreviveu à queda do avião que levava a equipe a Medellín, na noite de ontem. O goleiro reserva Jackson Follmann, de 24 anos, e o lateral Alan Ruschel, de 27, também estão sendo atendidos em hospitais da região. Uma tripulante também teria sido resgatada com vida.

Não há informações sobre vítimas fatais. A aeronave, com 81 pessoas a bordo, caiu em uma região de difícil acesso nas cercanias de Medellín.

A Chapecoense disputaria a final da Copa sul-americana amanhã, em Medellín, contra o Atlético Nacional.

O voo da companhia Lamia partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín, mas se acidentou pouco antes de chegar à segunda maior cidade da Colômbia. (João Paulo Nucci)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;