Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil garante medalha no badminton do Pan



18/10/2011 | 00:02


O badminton vai render apenas uma medalha para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Nesta segunda-feira, o único brasileiro a vencer foi Daniel Paiola. Ele passou pelo mexicano Lino Muñoz por 2 sets a 0 (parciais de 21/12 e 21/16) e avançou às semifinais, garantindo a primeira medalha individual para o Brasil nas história do Pan.

Na terça-feira, Paiola encara o guatemalteco Kevin Cordon. Se vencer, o brasileiro vai à final e disputa o ouro contra quem passar do confronto entre o cubano Osleni Guerrero e o jamaicano Charles Pyne. Se perder, Paiola fica com o bronze, uma vez que no badminton não há disputa de terceiro e quartos lugares.

Outro brasileiro que estava vivo no individual masculino, Alex Tjong fez uma partida equilibrada contra Charles Pyne, mas perdeu para o jamaicano em três sets, parciais de 21/14, 19/21 e 21/19.

Paiola, melhor atleta do continente no ranking mundial, depois voltou à quadra para jogar ao lado de Hugo Arthuso pelas quartas de final das duplas masculinas. Mas os brasileiros não foram bem e perderam para os norte-americanos Halim Ho e Sattawat Pongnaiart por 2 sets a 0, parciais de 21/17 e 21/15, sendo eliminados.

No feminino, a jovem Lohaynny Vicente, de apenas 15 anos, não foi páreo para a canadense Joycelyn Ko, dez anos mais velha, e que venceu por 2 sets a 0, com 21/11 e 21/12.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil garante medalha no badminton do Pan


18/10/2011 | 00:02


O badminton vai render apenas uma medalha para o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Nesta segunda-feira, o único brasileiro a vencer foi Daniel Paiola. Ele passou pelo mexicano Lino Muñoz por 2 sets a 0 (parciais de 21/12 e 21/16) e avançou às semifinais, garantindo a primeira medalha individual para o Brasil nas história do Pan.

Na terça-feira, Paiola encara o guatemalteco Kevin Cordon. Se vencer, o brasileiro vai à final e disputa o ouro contra quem passar do confronto entre o cubano Osleni Guerrero e o jamaicano Charles Pyne. Se perder, Paiola fica com o bronze, uma vez que no badminton não há disputa de terceiro e quartos lugares.

Outro brasileiro que estava vivo no individual masculino, Alex Tjong fez uma partida equilibrada contra Charles Pyne, mas perdeu para o jamaicano em três sets, parciais de 21/14, 19/21 e 21/19.

Paiola, melhor atleta do continente no ranking mundial, depois voltou à quadra para jogar ao lado de Hugo Arthuso pelas quartas de final das duplas masculinas. Mas os brasileiros não foram bem e perderam para os norte-americanos Halim Ho e Sattawat Pongnaiart por 2 sets a 0, parciais de 21/17 e 21/15, sendo eliminados.

No feminino, a jovem Lohaynny Vicente, de apenas 15 anos, não foi páreo para a canadense Joycelyn Ko, dez anos mais velha, e que venceu por 2 sets a 0, com 21/11 e 21/12.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;