Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ambev: renda pode ser fator importante para vendas



18/10/2011 | 07:00


O gerente de Relações com Investidores da Ambev, Eduardo Salles, afirmou que o aumento de renda disponível da população brasileira será um fator importante para determinar o desempenho de vendas da companhia em 2012. "Acreditamos que da forma que o governo tem se comportado com relação às medidas para aumento de salário mínimo, a renda disponível para o ano que vem deverá ser significativa, em linha com o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 2010. Esse aumento de renda disponível será importante para o crescimento do consumo já no começo de 2011", declarou o executivo, em entrevista à Agência Estado.

Pela regra de cálculo do salário mínimo, o ajuste nominal deve ser da ordem de 14% em 2012, com base no PIB de dois anos antes e inflação do ano anterior. Salles ainda disse que, caso haja desaceleração global que afete mais intensamente o Brasil, a renda disponível pode ajudar a compensar o freio na economia. "Para a Ambev, a renda disponível é mais importante que a desaceleração da economia e poderá ajudar a compensar parte desse freio do PIB. Mas de uma maneira geral, nós ainda acreditamos no crescimento da economia no ano que vem", ressaltou o gerente.

Budweiser

Sobre as vendas da cerveja Budweiser, lançada com produção nacional em agosto, Salles informou que estão acima da expectativa inicial. "Um bom indicador do sucesso de uma inovação é a segunda compra, que representa realmente a compra do consumidor, que vem acontecendo mais rápido do que era nossa expectativa", acrescentou. "O lançamento foi um sucesso e temos boas perspectivas para a marca no Brasil."

Neste ano de lançamento, Salles avalia que não deve haver impacto significativo das vendas da Budweiser sobre o total de vendas da companhia. "Estamos começando a fazer o lançamento nacional. Começamos por São Paulo e Rio. Esperamos aumentar a participação de Budweiser no Brasil no ano que vem e o impacto mais relevante das vendas será a partir desse período", disse.

Para promover a marca Budweiser, a Ambev está trazendo shows internacionais para o País. "A plataforma inicial da marca serão os shows. O intuito é colocar o público em contato com a marca nestes eventos", acrescentou. Salles não revela o valor aportado para a marca, mas afirma que serão "investimentos significativos". "Começamos com Rio e São Paulo, mas vai ocorrer um lançamento nacional nos próximos meses", completou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ambev: renda pode ser fator importante para vendas


18/10/2011 | 07:00


O gerente de Relações com Investidores da Ambev, Eduardo Salles, afirmou que o aumento de renda disponível da população brasileira será um fator importante para determinar o desempenho de vendas da companhia em 2012. "Acreditamos que da forma que o governo tem se comportado com relação às medidas para aumento de salário mínimo, a renda disponível para o ano que vem deverá ser significativa, em linha com o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 2010. Esse aumento de renda disponível será importante para o crescimento do consumo já no começo de 2011", declarou o executivo, em entrevista à Agência Estado.

Pela regra de cálculo do salário mínimo, o ajuste nominal deve ser da ordem de 14% em 2012, com base no PIB de dois anos antes e inflação do ano anterior. Salles ainda disse que, caso haja desaceleração global que afete mais intensamente o Brasil, a renda disponível pode ajudar a compensar o freio na economia. "Para a Ambev, a renda disponível é mais importante que a desaceleração da economia e poderá ajudar a compensar parte desse freio do PIB. Mas de uma maneira geral, nós ainda acreditamos no crescimento da economia no ano que vem", ressaltou o gerente.

Budweiser

Sobre as vendas da cerveja Budweiser, lançada com produção nacional em agosto, Salles informou que estão acima da expectativa inicial. "Um bom indicador do sucesso de uma inovação é a segunda compra, que representa realmente a compra do consumidor, que vem acontecendo mais rápido do que era nossa expectativa", acrescentou. "O lançamento foi um sucesso e temos boas perspectivas para a marca no Brasil."

Neste ano de lançamento, Salles avalia que não deve haver impacto significativo das vendas da Budweiser sobre o total de vendas da companhia. "Estamos começando a fazer o lançamento nacional. Começamos por São Paulo e Rio. Esperamos aumentar a participação de Budweiser no Brasil no ano que vem e o impacto mais relevante das vendas será a partir desse período", disse.

Para promover a marca Budweiser, a Ambev está trazendo shows internacionais para o País. "A plataforma inicial da marca serão os shows. O intuito é colocar o público em contato com a marca nestes eventos", acrescentou. Salles não revela o valor aportado para a marca, mas afirma que serão "investimentos significativos". "Começamos com Rio e São Paulo, mas vai ocorrer um lançamento nacional nos próximos meses", completou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;