Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Terceiro cartão amarelo vira arma do S.Bernardo


Thiago Silva
Do Diário do Grande ABC

24/09/2011 | 07:25


Buscar a vitória hoje, às 15h, diante do Audax no Estádio Nicolau Alayon, e confirmar a classificação em primeiro lugar do Grupo 4 servem apenas como panos de fundo para o São Bernardo. Com vaga garantida na segunda fase, o Tigre tem objetivo maior no duelo: levar cartão amarelo.

O motivo é simples. O lateral Thiago Gasparino, os volantes Marcelo Godri, Paulinho e Dirceu e o atacante Diogo Acosta estão pendurados com dois cartões e se levarem o terceiro hoje, desfalcarão a equipe na última rodada, contra o Taubaté, mas estarão em campo no primeiro jogo da segunda fase.

Caso não levem o cartão, continuariam pendurados, principalmente porque a contagem será mantida na segunda fase.

Politicamente corretos, os jogadores do Tigre não admitem forçar o cartão, mas deixaram nas entrelinhas que pode acontecer. "Vamos fazer como nosso professor (técnico Luís Carlos Martins) pediu: jogar naturalmente, sem nos preocupar em levar cartão", revelou Dirceu. "Mas, como sou jogador de marcação, estou propício a levar", frisou.

O treinador preferiu despistar sobre o assunto, mas pediu cuidado aos jogadores. "O que não podemos é cometer bobeira e levar o cartão vermelho porque vai complicar mais. Porém, claro que temos que analisar a próxima fase", explicou.

COBRANÇA

O presidente do São Bernardo, Luiz Fernando Teixeira, se reuniu com o elenco ontem e cobrou melhora da equipe, após queda de rendimento nos últimos cinco jogos - apenas quatro pontos em 15 possíveis.

Segundo o mandatário, o time precisa voltar a atuar igual ao no início do torneio, quando venceu sete vezes em oito partidas.

"Se voltarmos a jogar aquilo que já jogamos no primeiro turno, o São Bernardo será o campeão da Copa Paulista", disse Teixeira, em comunicado divulgado pelo clube.

No entanto, Martins não vê os últimos resultados como queda de rendimento. "Se analisarmos todos os jogos, fomos bem, mas pecamos por detalhes. Lógico que ficamos chateados com os resultados negativos, mas somos a equipe que mais venceu e a única classificada da nossa chave", ressaltou ele, logo após o empate (1 a 1) com o Corinthians B, na quarta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Terceiro cartão amarelo vira arma do S.Bernardo

Thiago Silva
Do Diário do Grande ABC

24/09/2011 | 07:25


Buscar a vitória hoje, às 15h, diante do Audax no Estádio Nicolau Alayon, e confirmar a classificação em primeiro lugar do Grupo 4 servem apenas como panos de fundo para o São Bernardo. Com vaga garantida na segunda fase, o Tigre tem objetivo maior no duelo: levar cartão amarelo.

O motivo é simples. O lateral Thiago Gasparino, os volantes Marcelo Godri, Paulinho e Dirceu e o atacante Diogo Acosta estão pendurados com dois cartões e se levarem o terceiro hoje, desfalcarão a equipe na última rodada, contra o Taubaté, mas estarão em campo no primeiro jogo da segunda fase.

Caso não levem o cartão, continuariam pendurados, principalmente porque a contagem será mantida na segunda fase.

Politicamente corretos, os jogadores do Tigre não admitem forçar o cartão, mas deixaram nas entrelinhas que pode acontecer. "Vamos fazer como nosso professor (técnico Luís Carlos Martins) pediu: jogar naturalmente, sem nos preocupar em levar cartão", revelou Dirceu. "Mas, como sou jogador de marcação, estou propício a levar", frisou.

O treinador preferiu despistar sobre o assunto, mas pediu cuidado aos jogadores. "O que não podemos é cometer bobeira e levar o cartão vermelho porque vai complicar mais. Porém, claro que temos que analisar a próxima fase", explicou.

COBRANÇA

O presidente do São Bernardo, Luiz Fernando Teixeira, se reuniu com o elenco ontem e cobrou melhora da equipe, após queda de rendimento nos últimos cinco jogos - apenas quatro pontos em 15 possíveis.

Segundo o mandatário, o time precisa voltar a atuar igual ao no início do torneio, quando venceu sete vezes em oito partidas.

"Se voltarmos a jogar aquilo que já jogamos no primeiro turno, o São Bernardo será o campeão da Copa Paulista", disse Teixeira, em comunicado divulgado pelo clube.

No entanto, Martins não vê os últimos resultados como queda de rendimento. "Se analisarmos todos os jogos, fomos bem, mas pecamos por detalhes. Lógico que ficamos chateados com os resultados negativos, mas somos a equipe que mais venceu e a única classificada da nossa chave", ressaltou ele, logo após o empate (1 a 1) com o Corinthians B, na quarta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;