Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Com oposição desarticulada, Câmara enterra CPI da Tecsau

empresa venceu parte de licitação milionária tem diretor ligado a governistas


Mark Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

05/09/2012 | 06:50


A oposição de Mauá bem que tentou, mas não conseguiu instaurar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Tecsau. A desarticulação do bloco durante a sessão de ontem na Câmara impediu o êxito do requerimento protocolado pelo vereador Edgard Grecco (PMDB).

Conforme o publicado pelo Diário domingo, a empresa venceu parte de licitação milionária para o fornecimento de remédios à rede municipal de Saúde. O diretor da companhia é Ailton José Teixeira, que se declarou apoiador da candidatura governista de Donisete Braga (PT) a prefeito. O petista nega a participação do empresário em sua campanha.

Os oposicionistas conseguiram seis assinaturas para colocar a matéria em votação. No plenário, porém, foram derrotados, conseguindo apenas quatro votos. Um dos que assinaram em favor da CPI mas não votou foi o vereador e candidato a prefeito Edimar da Reciclagem (PSDB). "Dei uma saidinha e, quando voltei, já tinha terminado a votação", disse o tucano. Edgard admitiu que não teria votos para aprovar a CPI. "Foi mais para marcar posição."

O presidente da Casa, Rogério Santana (PT, aliado de Donisete), criticou a manobra. "Foi ato mais eleitoral do que pela necessidade de investigar. Se a licitação é legal, vai investigar o quê?"

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;